1 de out de 2006

BOCA DE URNA


Petistas foram flagrados fazendo boca de urna, como antigamente. Mas isso aconteceu lá em Lisboa, Portugal. Aqui, em Porto Velho, nem sinal dos petistas.

ANULA, CRISTÃO

Atrás de mim, na fila da votação, o cidadão desabafava sua ira contra todos os políticos: “Todo político é ladrão, não conheço nenhum em Porto Velho, que seja honesto...” Depois de ouvir por cinco minutos esta ladainha, me voltei e lhe perguntei: “O senhor vai anular o seu voto?” “Claro que não". "Então gostaria de saber quem são estas exceções à regra, já que o senhor disse que todos são corruptos?” Ele não respondeu, mas também não falou mais nada.

VAI SER O QUÊ?

Nos últimos momentos de campanha, a carreata do candidato Hiran Marques passava pela avenida Amazonas, quando o locutor soltou essa pérola: “Vote em Hiran Marques, que vai limpar a casa, e arrumar as ruas de Porto Velho, Porto Velho vai ser outra cidade”. Aí fiquei na dúvida, se o Hiran é candidato a deputado federal (atendendo a um chamamento dele mesmo) ou a vereador ou prefeito?

ONDE MESMO?

Numa matéria toda truncada, a agência Carta Maior publicou diversas opiniões sobre a construção das hidrelétricas do Rio Madeira. Um dos entrevistados, o companheiro Iremar Ferreira, coordenador do Fórum de Debates de Energia de Rondônia – Foren, “(..) calcula que, entre ribeirinhos e moradores de Altamira, o número de atingidos ultrapasse 5 mil”. Altamira, que eu saiba é no Pará, ou o Foren expandiu sua base de ação?

SUJEIRA

Os garis da Prefeitura de Porto Velho não deram conta de limpar a cidade, depois do sujeiraço que os candidatos promoveram na cidade desde sexta-feira. O pior é que com a chuva que caiu na manhã deste domingo, muitos bueiros ficaram entupidos.

DÍZIMO

Um candidato saia da missa, antes de se dirigir à sessão eleitoral, quando foi abordado por um senhor de idade avançada: “Já votei no senhor, não dava para me dar um ‘dízimozinho’, não?”

FERIADO

Amanhã, segunda-feira, 2, é feriado municipal em Porto Velho. É a primeira vez, em muitos anos, que aguardo com ansiedade uma folga, afinal foram três meses de trabalho intenso, sem finais de semana ou feriados.