31 de jul de 2013

UM RONDON ESQUECIDO

A locomotiva Marechal Rondon (ainda não encontrei o histórico dela) deverá ter melhores dias em futuro próximo. Estacionada ao lado da rotunda, assiste à recuperação do seu entorno. As obras no virador, rotunda e oficina ficam prontas em 60 dias, quando haverá uma destinação melhor ao local. Com a reativação de um trecho de 7 quilômetros até Santo Antônio, a manutenção das locomotivas deverá ser feita na rotunda.
Espero que a Marechal Rondon também seja lembrada pelo Iphan. (Fotos JCarlos)

ONTEM E HOJE

 Lembram desta foto? Já a utilizei por aqui. Ela foi tirada dia 03 de novembro de 2011.
Agora veja a fisionomia do lugar hoje, 31 de julho de 2013 (Fotos JCarlos)

DEU NA IMPRENSA

Gostei dos nome dos personagens desta notícia, que seria banal, não fosse a imaginação de quem registrou os filhos com nomes diferentes. Em resumo, "Andiemerson" foi morto pela irmã dele "Demissandra". O fato se deu em Jaru.

30 de jul de 2013

OS NOVOS PORTOS

A Prefeitura de Porto Velho está concluindo os debates internos sobre a ocupação da margem esquerda do rio Madeira e a construção dos portos da Transportadora Bertolin, do Grupo Maggi (em Cujubim Grande) e o novo porto oficial, na localidade de Porto Chuelo, no baixo rio Madeira.
Um dos assuntos incluídos no Plano Plurianual (PPA) é a questão da estrada ligando os terminais fluviais à BR-364, na altura do Hospital Santa Marcelina, no distrito Industrial de Porto Velho.
 Obras de terraplanagem do porto da Transportadora Bertolin
 
 As obras chegaram primeiro que a infraestrutura pública
Há duas semanas estivemos em Cujubim Grande e vimos obras de terraplenagem para instalação de um dos portos. Com a velocidade "supersônica" da prefeitura, o porto estará pronto e nada da infraestrutura necessária, especialmente para proteger as comunidades ribeirinhas e o entorno do lugar, que possui um lago de aproximadamente 6 quilômetros de extensão.
Lago de Cujubim (Fotos Marcela Ximenes e JCarlos 
Vamos ver se o rigor usado para fiscalizar asuzina será equânime. Acorda, Porto Velho!

GREVE NO AEROPORTOS

Recebo informação que o Sindicato Nacional dos Aeroportuários (Sina - que nome!) marcou para esta quarta-feira, 31 de julho, greve nos 63 aeroportos administrados pela Infraero. A paralisação é por tempo indeterminado, mas ainda não há notícias de voos cancelados, o que não quer dizer nada, já que as operações de pouso, decolagens, embarque e desembarque são feitas pelos futuros grevistas.

WOLVERINE BERADERO

Soube pela Agência Imagem News que socorrista do Samu foi agredido por um paciente e familiares, quando estava sendo atendido depois de sofrer acidente e ia ser imobilizado, conforme as normas vigentes naquele serviço de urgência.
Pela narrativa da história, o paciente deve ser algum parente do Wolverine, mas ao invés do adamantium, o que lhe dava força durante o surto era a "mardita", tendo ainda tentado agredir policiais que atendiam a segunda ocorrência.
Wolverine, no filme, quando foi imobilizado virou bicho     
(Ilustra Blog Shopping BeiramMar.Com)

REVIRAVOLTA NAS OPINIÕES CONSOLIDADAS

Bastou o STJ ter negado liminar em habeas corpus ao deputado Hermínio Coelho para retornar ao cargo de onde foi afastado, para que a certeza pétrea na inocência fosse substituída pelas dúvidas sobre a culpa do presidente da Assembleia Legislativa, afastado desde o dia 4 de julho pela Justiça.
Defensores do parlamentar agora cobram coerência e cumprimento das palavras, ditas enquanto derramava lágrimas, de renunciar em caso da culpa ser provada.
É cedo para isso, pois o processo é longo e trilhará por caminhos que podem levar a uma agonia lenta ou dar em nada.

FRASE

"Não existe Ciência nos trópicos". Advogado Rodolfo Jacarandá, presidente da Comissão dos Direitos Humanos da OAB-RO, ao sugerir que não há certezas definitivas nesta região em que morarmos e que todo estudo pode apresentar falhas decorrentes da dinâmica da natureza.
É.

CENAS DA CIDADE

 Olha como esse miserável estacionou.
 Erro?
'Entapetado'
 Esse coelho, da "plei-boy", não sei não
 Transporte de peças dasuzina...
... lenta e gradualmente (Fotos JCarlos)
 Turbina vista por dentro
De novo (Fotos Alex Araújo)

SOU POP?

Durante reuniões realizadas nas sedes do Incra e na Emater, semana passada, me senti o Brad Pitt do beradão. Fui fotografado muitas vezes e, em algumas delas, consegui "retribuir" a gentileza.
O homem de óculos, que aparece na foto inferior, deve ter tirado umas 20 fotos minhas, não sei se para apreciar ou para fazer vodu. (Fotos JCarlos)

29 de jul de 2013

BASTIDORES DO ACAMPAMENTO

Um grupo de agricultores está desde o dia 12 de julho acampado na rua Tabajara, em frente ao escritório dasuzina de Santo Antônio. Reivindicam serem retirados do Projeto de Assentamento Joana D'Arc e levados para a localidade de União Bandeirantes. As despesas com indenizações seriam assumidas pelasuzina.
Abaixo, flagrantes do acampamento, captados pelas lentes rápidas da câmara do Cléris Muniz.
 O vendedor ambulante aproveita para fazer um troquinho, vendendo lanches 
 Este aqui vende tapetes e redes
 Varal com direito a reflexo
Acelerando a secagem.

INAUGURANDO SEMÁFORO

O jornalismo abriu um grande espaço no "Rondônia TV" desta tarde - transmitindo com link ao vivo e tudo - a "inauguração" do semáforo instalado na esquina da estrada da Penal com avenidas Rio Madeira e Tiradentes. Lembrei-me da inauguração de outro semáforo há alguns anos em Ariquemes, quando teve até discurso do prefeito.
Curioso, fui até o local para verificar se tudo estava feito dentro dos conformes. Até todo mundo se acostumar com a nova situação, é preciso ter muito cuidado. (Foto JCarlos)

26 de jul de 2013

O PAPA NA SEXTA

A cobertura da sexta-feira sobre a visita do papa Francisco ao Brasil foi extremamente melhor no Jornal da Band em comparação ao Jornal Nacional.
Entrevistaram até um predestinado, que seria um dos coroinhas de uma missa: Matheus Lucas de Jesus.

25 de jul de 2013

VISITANDO O PURGATÓRIO

 Presídio Federal - BR-364 (Foto Beto Grutzmarcher)
Por razões profissionais, visitei o Presídio Federal de Porto Velho esta semana. Fiquei impressionado com tudo. O local tem capacidade para 200 presos e atualmente abriga mais de 120 "hóspedes". Cerca de 150 profissionais - entre agentes penitenciários e técnicos trabalham no local.
Tudo é vigiado eletronicamente, tanto dentro como fora dos prédios. A exceção é o interior das celas. O presídio funciona em regime disciplinar diferenciado (RDD), com muita rigidez. Todas as atividades são previamente estipuladas e os sentenciados não têm alternativa.

ALGEMAS
Para ir ao serviço médico ou a outro lugar qualquer, o preso é algemado. As visitas, depois de revistadas e submetidas ao raios-x, têm que observar a cor das roupas. Não podem ser das mesmas cores que os uniformes dos agentes, funcionários, dos terceirizados ou dos internos. Em dias especiais - aniversários, dia dos pais e natal - os visitantes podem levar bolo (sem recheio nem cobertura) e o refrigerante só pode ser Sprite, por ser transparente.
O atendimento de advogados aos presos é feito através do parlatório, com uma divisão de acrílico resistente a pancadas. Todas as conversas são gravadas em áudio e vídeo. Também há o sistema de visita e audiência a distância, através da internet. Ficamos sabendo que muitos presos preferem ver a família por este sistema, para poupá-los do desconforto da revista íntima, quando da visita física ao presídio ou pela distância geográfica, evitando despesas.

ESTRUTURA
São quatro presídios federais existentes no Brasil: Em Porto Velho, funcionando desde 2009; Mossoró - RN; Catanduvas - PR e Campo Grande - MS. A quinta unidade está sendo construída em Brasília . Entre os presos "residentes" em Porto Velho estão um chefe do PCC, os acusados pelo assassinato da juíza Patrícia Acioli e um índio que participou de uma rebelião de presos no Maranhão. A revolta resultou da morte de internos, alguns foram decapitados.
É um lugar para não ficar.

24 de jul de 2013

NEM ROSA NEM AZUL

Menino e menina brincam sem preconceito. No distrito de São Carlos, no Baixo Madeira, o que importa é a diversão de empinar papagaio. (Fotos: Marcela Ximenes)


CLASSIFICADOS BANZEIROS

E funciona! (Via Facebook)

DEVASSA DA CAIXA

Não estou falando da cerveja da Sandy, mas da chamada à responsabilidade de ex-prefeitos que estão em débito com a Caixa Econômica Federal. O jornal Estadão do Norte publica, na edição de hoje, notificações do Tribunal de Contas Especial (este eu não conhecia) dando 30 dias para regularização de pendências.
Estão sendo notificados os senhores Braz Rezende (3 contratos), Irandir Oliveira Souza (2 contratos), Romeu Reolon (2 contratos),  ex-prefeitos de Ouro Preto do Oeste; Altamiro Souza da Silva (2 contratos), ex-prefeito de Alto Paraíso.
Vem pra Caixa!

CATÁSTROFES POLICIAIS

Numa leitura rápida ("na diagonal", como diz o meu amigo Fajardo) de colunas políticas de ontem, vi as previsões catastróficas da iminência da segunda fase da Operação Apocalipse, de uma outra para pegar políticos, com enfoque diferente e uma terceira operação contra comunicadores (recuso-me a chamá-los de jornalistas).
Vamos ver se acontecem e o que vai dar. Os suspeitos são os de sempre, já diziam om roteiristas de "Casablanca", 'O' filme. (Ilustra Forçavoluntária.Org)

23 de jul de 2013

PESAR

Lamento a morte do cantor e compositor Dominguinhos. Ele tinha o seu estilo próprio, além de manter viva a música nordestina de raiz. Sempre que podia assistia  "O Milagre de Santa Luzia", na TV Cultura, programa que ele apresentava outras feras da música popular brasileira, nas sua acepção mais pura.
Vai se encontrar com Gonzagão para animarem um forrózão lá em cima.
Puxa o fole! (Ilustra Elifas Andreatto)

HEIN?

Eu perdi esta apresentação. Será que foi música erudita ou popular?

CLASSIFICADOS BANZEIROS

Agende visita (Foto JCarlos)

PONTOS DE VISTA



Sem comentário, por enquanto. (Reprodução, via Facebook)

DIÁLOGOS INSÓLITOS

Os dois colegas - Carla e Maurício - chegam simultaneamente à minha mesa. Mais gaiata, a Carla desafia:
- Atende primeiro a quem você gosta mais!
- Sentem-se, os dois.
- Isso é que é ser político!" Ressalta o Maurício.
Quero não, ó.

21 de jul de 2013

ESPÍRITO DE CORPO

Nunca antes na história das operações político-policiais deste Estado, teve tanta nota trocada entre instituições no ataque e na defesa. Estou confuso sobre quem tem e quem não tem razão, mesmo acompanhando diariamente o desenrolar dos fatos. Imagino a que conclusões chegam as pessoas que se "informam" apenas pela imprensa caripuna, seja qual for a plataforma - eletrônica ou papel. Estão confusos e não adianta tentar explicar por que a confusão aumenta. (Ilustra Gartic.Uol.Com)

FIM DE UMA NOVELA

 A madeireira era um enclave no espaço do shopping (Foto Jandi Costa)

 (Fotos JCarlos)
Depois de mais de cinco anos de negociação com o Porto Velho Shopping, a madeireira que ocupava um lote do terreno adquirido pela Ancar para a construção do empreendimento, finalmente cedeu.
 Banzeiros levou "barriga" e disse que assunto tinha sido resolvido. SQN.
As partes, como dizem os operadores do Direito (Éeeegua!), chegaram a um entendimento. O terreno foi cedido para ampliação do estacionamento, mediante aluguel. A madeireira, desmontada, foi levada para outro local.
FIM.

20 de jul de 2013

DIÁLOGO FAMILIAR

De castigo, sem acesso ao computador, JP devairava:
- Mãe, quando a senhora vai comprar o XBox 3 para mim?
- Quando cair neve em Porto Velho, às 5 da tarde...
- Ñam... Porto Velho não neva, pior, às 5 horas da tarde, tem sol ainda...

CALHAU ELETRÔNICO

Não sei se os cinegrafistas não foram avisados ou não estavam atentos. O que sei é que a cada nova reportagem exibida sobre os desdobramentos da "Operação Apocalipse" são usadas as MESMAS imagens todos os dias. Eu já sei a sequência e vou antecipando o que vai aparecer na telinha. A Mar nem assiste mais ao telejornal comigo.
 
A imagem que ilustra este pôste é de uma policial conferindo documentos no dia 4 de julho, quando a operação foi deflagrada. Pelo tempo que ela está no vídeo, já deve saber tudo de cor. Falo isso porque na reportagem exibida domingo no Fantástico, não se repetiu uma cena. Vocês podem dizer, "é, o programa é exibido uma vez na semana e o telejornal três vezes ao dia, sete dias na semana...". Sim, mas os caras passaram poucos dias aqui e nós estamos aqui. Só esta a diferença. (Imagem TV Rondônia via G1-RO)

FRASE

"(...) Em junho, quando as manifestações populares eclodiram em todo o País, a população não sabia direito quem era o quê, o que separava o democrático do criminoso, que gigante é este que tinha acordado?" Revista Isto É, na matéria "O absurdo do vandalismo profissional no Rio"; edição que está nas bancas.
A imprensa, a polícia e os tais especialistas em segurança, estão todos pasmos. Nós também. (Ilustra - Revista Isto É - Nº 2279 - 19/07/2013)

LINHA DO TEMPO

Volto ao assunto, pois o estado em que se encontra este prédio me incomoda imensamente. O pior é que só vejo o desmoronamento total das paredes como o futuro próximo deste monumento esquecido. 
No final da década de 1980 o Sindicato dos Jornalistas funcionava lá, e eu cheguei a frequentar as instalações umas poucas vezes. No dia que fiz a foto, não tive coragem de entrar novamente. 

(Fotos: Em cima, esq., posse do prefeito Ruy Catanhede, 1948 - Acervo Arquivo Público de Rondônia; abaixo, Câmara Municipal em funcionamento - via Facebook/Saudosismo Portovelhense; JCarlos - 29/06/13)

19 de jul de 2013

SEM MEDO DA "MALDIÇÃO DA CADEIRA"

Antes de ser ofuscada, brilhantemente, pela coletiva do MP, a notícia relacionada à "Operação Apocalipse" do momento então era a especulação da "suposta" manobra do deputado Maurão de Carvalho para ficar definitivamente com a cadeira de presidente da ALE, que ocupa provisoriamente. A Justiça afastou o deputado Hermínio Coelho por 15 dias, e, agora, prorrogou o afastamento por outros 15. O deputado Maurão, segundo boas e más línguas, quer permanecer presidente até o final do mandato.
ARMADILHA
Talvez ele não esteja lembrando que o "visgo" existente no assento da cadeira de presidente da Assembleia Legislativa provoca alucinações (pode já estar contaminado), faz o ocupante ter visagens, delírios. O efeito deletério só passa após um grande susto, que é seguido da desmoralização pública. Aí já é tarde demais.
CURA
O único antídoto conhecido é um conjunto simples de 'exercícios', utilizados a toda hora, sem ser exatamente numa ordem, nem individual ou premeditadamente. Também não pode fingir, pois provoca recaída. O remédio usado como antídoto ao "visgo" é um coquetel formado pela humildade, ética, respeito ao que não é seu, obediência às leis - inclusive ao Regimento Interno da ALE -, e outras regras que definem uma pessoa honesta e proba, que devem ser usados sem moderação.
Fora isso não há salvação! (Foto Imagem News)

VALIDADE VENCIDA

Postada hoje em um saite, uma matéria que li há quatro meses no G1-RO, época em que a Mar era a coordenadora. O texto ficou marcado pois as personagens citadas na reportagem criaram caso.
Estava navegando, procurando alguma coisa, quando li a chamada: "Agentes de trânsito dobram o salário aplicando multas em Cacoal, RO". Me interessei pelas razões acima e porque queria saber do desdobramento do assunto.
Decepção total. Era só Ctrl C + Crtl V. Ainda bem que citaram a fonte.
Acho que queriam "compartilhar" esta matéria aqui, que é mais recente e, ainda, não está vencida.

COINCIDÊNCIA?*

Como não vimos até agora, em outra publicação a ligação óbvia entre as postagem no perfil do secretário Marcelo Bessa no Facebook com o aviso nem tão cifrado (**) e a deflagração da "Operação Apocalipse",  poucas horas depois, o comentário destes Banzeiros pode "supostamente" ter contribuído com a gota d'água que entornou o pote "até aqui de mágoas" do Ministério Público Estadual sobre essa 'embuança' político-policial toda, especialmente sobre a parte que cabe ao MP.
A partir da entrevista coletiva concedida na tarde de hoje, uma parte da Imprensa Caripuna torce pela  possibilidade da anulação dos efeitos da Operação, com o retorno ao status quo anterior. Bom proveito.

(*Seguindo uma tendência local, esta postagem é uma self promotion. ** Como a postagem foi apagada, utilizo o print que publiquei)

CENAS DA CIDADE

 Este bairro não é antigo, mas as casas se parecem com aquelas que eram construídas nos anos 60, 70...
 Os medidores de energia jaoeram (foram substituídos), pois a situação era precária
 Aqui, os puxadinhos. Os pés direitos das casas são a partir de 1,7m, deve ser um calor infernal!
Não sei o que é mais perigoso: a escada ou o corrimão! (Fotos Marcela Ximenes/JCarlos)

18 de jul de 2013

FALANDO NISSO

Por falar em 'xeretamento' ianque, desde que cheguei a Porto Velho, ouço falar de uma "célula" de espionagem instalada na estrada do Belmont, onde o trabalho missionário era o disfarce para os agentes da CIA. O que me intrigava é que as nossa tais "autoridades competentes" - Polícia Federal e SNI (à época) - não tomavam nem conhecimento daquela ameaça lesa-pátria, infiltrada nas terras de Rondon.
Agora, que há indícios de que a NSA (sigla em inglês da Agência de Segurança Nacional dos EUA) estava realmente espionando o Brasil, pergunto: Eram os missionários do Belmont uma vanguarda? Investigavam a identidade secreta do Velho Pimentel ou a missão deles era evangélica mesmo?
Quanta leseira eu já ouvi (e ouço) e acreditei!

ATRAPALHANDO OS ESPIÕES (TAMBÉM)

Coincidência ou não, pouco depois dessa conversa de espionagem norte-americana no Brasil, a turma da TI da firma instalou em todos os computadores, especialmente nos portáteis, um "software de criptografia PGP" altamente internacional.
O negócio é tão internacional que depois de digitar a senha na tela preta, abre uma tela azul. Você digita novamente a senha na tela azul e o computador... trava. (Ilustra Mariano.DelegadoDePolicia.Com)

PORTO VELHO, RO, RR OU MG?

Ver documentos oficiais, notícias nos principais veículos de comunicação ou autoridades confundirem Rondônia com Roraima e as siglas que distinguem os dois estados RO e RR, já está ficando "normal", como quase é "normal" saber que o "Rio de Janeiro é a capital da Argentina", segundo os norte americanos.

O que causou surpresa foi ver um texto publicado na respeitada revista "Ideal Comunitário", que levou Porto Velho para Minas Gerais.
Particularmente para mim, isso seria o ideal. Mas não posso deixar passar este..., digamos, engano. Porto Velho é capital de Rondônia. Se mesmo quem fugiu da escola tem a obrigação de saber, para jornalista, revisor e editor, não tem desculpa. (Nº 22 - Edição Junho 2013)