31 de jul de 2006

TOQUE DE RECOLHER

Uma equipe que está promovendo reuniões políticas na periferia de Porto Velho esteve esta semana no bairro Flamboyant, na zona leste da cidade. A reunião, que estava marcada para se iniciar às 20 horas, teve um pequeno atraso. Com isso as pessoas começaram a ir embora. Os donos da casa explicaram que a partir das 21 horas todos se recolhem às suas casas, para não serem assaltados nas ruas. “Nóis fica em casa, que é mais seguro. Na rua eles roba nóis, roba bicicreta, celular e até o cartão do ônibus”.

CIÊNCIA

Fico cada dia mais impressionado com a Ciência e com a Imprensa. Desta vez a grande “novidade” é a descoberta por uma pesquisadora da UFRJ, divulgada por jornalistas da Folha On Line, de que a resina da copaíba é antiinflamatória. Qualquer Chico, Maria, Mané, Raimundo ou Sabá da beira do rio já sabiam disso.

CHARGES

Os chargistas dos principais jornais de Porto Velho, me parece, resolveram se vingar dos candidatos a governador e a senador e desenharam as caricaturas para ilustrar as agendas da pior maneira possível. Alguns desenhos precisam de legendas para que o “homenageado” ser reconhecido.

INFILTRAÇÃO

Um candidato a deputado estadual do PSDB infiltrou “formiguinhas” na passeata promovida pela coligação “Juntos por Rondônia” (PL/PSB/PTB), na tarde de sexta-feira no centro de Porto Velho. Fica a dúvida se foi traição, oportunismo ou desinformação.

ENXOVAL

Maio já foi o mês das noivas. Agora é em julho, agosto e setembro que os noivos estão ganhando enxovais completos para se casarem. Aqueles que comeram o bolo antes da festa também ganham o colchão para o menino. Interessados não precisam ir longe não. São apenas 20 km de Porto Velho, no sentido Cuiabá. A promoção é até o fim do estoque ou a descoberta pela Justiça Eleitoral. O que acontecer primeiro.

DEFICIÊNCIA

Representantes da Federação dos Deficientes Físicos de Rondônia reclamam da morosidade das autoridades na solução dos problemas da categoria. Dizem que o processo para liberação de uma cadeira de rodas é longo e penoso. Também afirmam que o descredenciamento das Irmãs Marcelinas, que antes distribuíam próteses, muletas e outros equipamentos, dificultou ainda mais a vida dos portadores de necessidades especiais.

28 de jul de 2006

INACREDITÁVEL

Exagerei no título, mas dá para pensar isso mesmo. Leio n’O Globo que a Polícia Federal cumpriu, na quarta-feira, 26, mandatos de prisões e de busca e apreensões de documentos em órgãos como a Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), no Ministério da Justiça, no Senado e no Departamento de Produção Mineral, do Ministério de Minas e Energia. Motivo? Fraude em licitações. Apenas três empresas venciam, por rodízio, as licitações destes locais. Isso é coisa que não acontece em Rondônia, aqui as licitações são limpas e transparentes (hahahahaha).

PACTO

Depois de anos de negociação, o governo federal, através do IBAMA, e o governo estadual, representado pela SEDAM assinaram o pacto federativo. A nossa Imprensa, como sempre, noticia, mas não comenta. Na prática, o IBAMA repassa ao Estado suas atribuições de fiscalizar, emitir documentos e multar. Tudo relacionado à gestão florestal. Em entrevista a uma emissora de TV, o superintendente do IBAMA disse que o órgão vai sair gradualmente de cena, assim que a SEDAM se estruturar. Deve-se reconhecer que o IBAMA, quando quer, é eficientíssimo, Os madeireiros que o digam.

++++
PACTO – 2

Um grupo de empresários do setor florestal, liderados pelo presidente do Sindicato da Indústria Madeireira de Rondônia e vice-presidente da FIERO, Avalone Sossai, anuncia apoio formal à candidatura do governador Ivo Cassol à reeleição. O anúncio será feito na noite de hoje em um jantar a ser realizado em Ariquemes.

++++
E POR FALAR NISSO

E por falar em FIERO, a entidade realiza hoje, 28, reunião de diretoria e dos Conselhos do SESI e do SENAI em Ariquemes.

26 de jul de 2006

REAÇÃO

A denúncia de que está havendo maracutaia nas loterias da Caixa Econômica finalmente provocou uma reação. A Caixa diz que é uma onda de denuncismo e má fé. Tá, viu?

HISTÓRIA

(chupado do http://blog.controversia.com.br/)
O caso das ambulâncias superfaturadas, também chamada de sanguessugas, já é considerado o maior escândalo político da história do Brasil. Esta modesta e-coluna, no primeiro dia em que o assunto veio à baila (prisão de assessores e ex-parlamentares) publicou que o “valerioduto” seria fichinha perto do caso. Como diz o Galvão Bueno, “eu não disse? Eu sabia!”

++++
EX-VIRGEM

O PSB, donzela até então em assuntos de corrupção, aparece no escândalo dos sanguessugas com dois representantes: deputados Marcondes Gadelha (PB) e Josias Quintal (RJ). Já era a virgindade. É mais um arauto da moralidade que mostra o discurso distante da realidade.

LIXO

Um terreno baldio existente na rua Paulo Leal, onde deveria ser o número 153 ou 173, no centro de Porto Velho, é um grande depósito de lixo. Neste final de semana alguém fez uma limpeza em “casa” e jogou tudo que não servia naquele local, inclusive uma cadeira de rodas. Não satisfeita com o exemplo de incivilidade, a criatura ateou fogo em papéis e outras coisas, poluindo a vizinhança de fumaça e fuligem. A palavra casa está entre aspas, pois viver num local onde era armazenado tanta tranqueira não deve ser fácil.

++++
ATITUDE

Podem falar o que quiserem do Newton Cardoso, ex-prefeito de Contagem – MG duas vezes, ex-governador de Minas Gerais e ex-deputado federal, candidato, agora, ao Senado Federal. Quando eleito pela primeira vez como prefeito, baixou decreto dando prazo para quem tinha lote vago murá-los e manterem-nos limpos. Esgotado o prazo, fiscais da Prefeitura saíram às ruas com o talão de multas. Deu resultado. Depois de mais de vinte anos da administração do Newtão, a cidade continua uma beleza.

ECA

Cresce o movimento que defende revisão do Estatuto da Criança e do Adolescente. Com pouco mais de dez anos de existência, o ECA contribuiu para o aumento da criminalidade praticada por “menores”. A impunibilidade destas “crionças” incentiva a prática do crime. Há poucos dias um empresário de Porto Velho não foi morto por marginas “de menor” por que os bandidos se desentenderam entre si.

SEM DISCURSO

Uma “marcha” iniciada em Ponta do Abunã chega hoje à capital. Os manifestantes protestam contra as tarifas cobradas pelas empresas fornecedoras de energia e água. Também protestam contra a construção das hidrelétricas do rio Madeira. O interessante deste movimento é que seus líderes, em entrevistas à Imprensa, não falam coisa com coisa. O discurso deles é distante da realidade. A impressão que dá é que foram arregimentadas, mas não receberam as informações sobre o que defendem ou pelo que protestam.

24 de jul de 2006

Hein?

EXPOARI – 2



Durante a cavalgada/carreata que antecedeu a abertura da feira, sábado, os candidatos locais e de outros municípios fizeram a festa. Se a eleição tivesse sido naquele dia, ia faltar eleitor para tanto candidato.

EXPOARI

A Expoari, que foi iniciada dia 22, sábado, está ficando com os mesmos vícios da exposição de Porto Velho. Preços elevados para serviços ruins. Cerveja a três reais a lata; água mineral, dois reais; uma porção de carne de sol, com macaxeira e vinagrete, quinze reais por cabeça; fazer xixi em um banheiro sujo e fedorento, cinquenta centavos.

ROUPAS

A nossa mania de importar costumes de outros países leva muita gente ao ridículo. Vejo por aí, nas festas agropecuárias, pessoas vestidas como se estivessem no inverno do Texas. E estamos no verão amazônico.

ELEIÇÕES

A mini-reforma eleitoral fez com que os marqueteiros colocassem a imaginação para funcionar para adaptar às novas exigências da legislação. Como ninguém sabe o que pode e o que não pode, acontecem casos como a campanha pela internet. Recebi uma carta do deputado Anselmo de Jesus convidando a fazer parte da “corrente do 13”.

QUIZ

Você sabia que há mais impostos embutidos no preço da água mineral do que nos preços da cerveja e do uísque? É por isso que adoto o grito de guerra de uma pessoa que conheci em Brasília: “Vâmo bebê, vâmo bebê, vâmo bebê!!!”

POEIRA

Durante o verão o fenômeno da poeira e da fumaça faz parte do cotidiano da população de Porto Velho. Este ano para incrementar as partículas que flutuam sobre a cidade, o governante realizou uma operação de limpeza e agora falta água para abaixar o pó. A chuvinha que caiu no final da tarde de domingo em algumas regiões da cidade foi insuficiente para resolver o problema.

LIXO

Em determinados setores da cidade, para saber se o caminhão da coleta de lixo já passou é só olhar para a rua. Se tiver um rastro de sujeira é por que já passou por ali.

GUERRILHA

Já ouvi boatos sobre um grupo de guerrilha instalado em acampamentos de “sem-terras” no interior do Estado. Neste final de semana soube de fatos que comprovam os boatos. Numa determina localidade, na região de Ariquemes, homens encapuzados e armados com metralhadoras e espingardas calibre .12, de repetição, botaram para correr agentes (para não dar nomes aos bois) de órgãos públicos de segurança e ambiental. Eu sempre repito: se o governo não tomar o controle da situação agora, ficaremos reféns de bandidos, como estão a população do Rio de Janeiro e São Paulo, para usar exemplos nacionais.

21 de jul de 2006

PESAR

Registro, com pesar, o falecimento, em Manaus, do amigo Raimar da Silva Aguiar, vice presidente da Federação das Indústrias do Amazonas e presidente do Sindicato das Indústrias de Madeiras do Amazonas. Internado desde o dia
12, Raimar morreu de parada cardíaca na manhã de terça-feira. Uma de suas bandeiras era desmascarar os falsos ambientalistas.

SEGURANÇA?

O traficante Fernandinho Beira-Mar negociou, de dentro da cadeia, a compra de 230 quilos de cocaína, seis quilos de haxixe e 30 quilos de crack. Só a cocaína renderia US$ 3 milhões. Ele estava recolhido na sede da Polícia Federal em Brasília.

CAMELÔS

Um desentendimento entre as diversas associações de camelôs (ou melhor, micro e pequenos empreendedores informais) e a Prefeitura de Porto Velho promete. É que a prefeitura retirou os camelôs da praça Jonathas Pedrosa e os instalou na praça dos Engraxates. O pessoal foi treinado e recebeu uma barraquinha padronizada. Porém (aí, porém) as barracas melhor localizadas foram destinadas para artesãos que não faziam parte do grupo da Jonathas Pedrosa, que, por sua vez, se sentiram prejudicados. A tentativa de retorno para a praça anterior também se deve à queda nos negócios.

PIRATA

Encontro, na periferia de Porto Velho, uma loja chamada: “Baxinho Emportados”. Por dúvida das vias, é bom verificar a origem dos produtos desta “emportadora”...

GLOBO

Foi só a senadora Heloísa Helena (P-SOL AL) subir uns pontinhos nas pesquisas para a Rede Globo dar a ela um tratamento diferenciado. Nas coberturas de agendas dos candidatos à presidência da República, o locutor acrescentou que Heloísa Helena tinha votado contra o Pró-Uni,( que nada tinha a ver com a matéria), e disse sobre a promessa dela de aplicar na área social 170 bilhões provenientes da redução dos juros, que ela não explicou como o faria sem aumentar a inflação. Jornal Nacional de 20 de julho.

MEDO

A campanha eleitoral da maioria dos candidatos ainda não saiu às ruas. Não se vê “formiguinhas”, que agora são chamadas de “multiplicadoras”, nem cabos eleitorais. A propaganda está restrita, neste momento, à pintura de muros e adesivação de veículos. Todo mundo está economizando, ao mesmo tempo em que evita problemas com a Justiça Eleitoral.

17 de jul de 2006

ARITMÉTICA

Li e não entendi. A matéria diz textualmente: “o prefeito de Ouro Preto do Oeste, Irandir de Oliveira Souza (PMN), foi absolvido por 4 votos a favor e 5 contra.” O endereço da coluna está lá embaixo, no roda-pé.

PRESÍDIO CINCO ESTRELAS








O jornal “Diário de Pernambuco”, na edição de quinta-feira, 13, denunciou matéria sobre as “mordomias e facilidades de que dispõem uma parcela dos detentos do Presídio Professor Aníbal Bruno, o maior do Brasil e o segundo da América Latina. Os presos dispostos a pagar valores que podem chegar a R$ 3 mil podem usufruir de suítes de luxo com direito a luz neon, cerâmica, aparelho de televisão de tela plana e home theater, TV por assinatura e até chuveirões. Além de serviços como entrega de pizza “em domicílio” e plantação particular de maconha”.

++++
PRESÍDIO SEM ESTRELAS

“Na contramão dos que dispõem de tanto luxo, outras centenas de internos do mesmo presídio são obrigadas a conviver em celas apertadas e alguns chegam a dormir no banheiro por falta de espaço. O diretor do presido, tenente-coronel Evandro Carvalho, que achava a existência de celas diferenciadas normal, caiu”.

LIXO

Durante esta semana o tema “licitação-da-coleta-do-lixo-de-Porto-Velho” foi muito comentado nas colunas dos jornais. Meias palavras, insinuações, recados nas entrelinhas, etc. Ninguém fala mais nada sobre o aterro sanitário, assunto que levou autoridades municipais e estaduais a São Paulo – em passado não muito distante – com direito a passagens aéreas, hospedagem e ‘acompanhantes’.

LIXÃO

E por falar em lixo, os moradores da Vila Princesa, instalada próxima ao local onde é jogado o lixo de Porto Velho, vivem um drama peculiar. É que estas pessoas são objeto de centenas de projetos universitários. Para todo lado que olham tem alguém com uma prancheta e um questionário para aplicar. Um morador uma vez disse para os pesquisadores: “Pelamor de Deus, me deixem trabalhar. Se eu ficar respondendo estes ‘papel’ eu não como!” Um professor da Unir ficou desesperado quando soube, há algum tempo, que a Prefeitura iria adotar o aterro sanitário, acabando com a função dos catadores de lixo. Com as mãos na cabeça o professor dizia: “Eles não podem fazer isso comigo! E a minha pesquisa de doutorado???”.

EU TAMBÉM

Na manhã de domingo, um “cabo eleitoral” colava praguinhas com o nome e número de seu candidato, nos freqüentadores da feira do km 1, quando chegaram duas senhoras. Ele se dirigiu a uma delas, pediu licença e colou o adesivo na blusa dela. A outra mulher, erguendo o peito disse: “Cola no meu também, meu filho!”.

CORONELISMO

Ao ouvir comentários sobre o clima de medo vivido por funcionários públicos que não são partidários da reeleição do governador Ivo Cassol, um aposentado do ex-Território falou: “Eita, tá parecendo o tempo do coronel Aluízio Ferreira. Ou era “cutuba” ou “pele curta”, quem perdia a eleição tava lascado”. Para quem não sabe, “cutubas” eram os partidários do coronel Aluízio Ferreira, diretor da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, primeiro governador do Território e, depois, deputado Federal. “Peles Curtas” eram partidários do deputado Renato Medeiros, também ferroviário e adversário de Aloízio Ferreira.

14 de jul de 2006

MEGA SENA

Há alguns dias comentei, aqui nos Banzeiros, sobre os sorteios das loterias. O ex-blog do César Maia publicou ontem (13): “MEGA SENA! Fraudes? A Polícia Federal investiga fraudes em sorteios da mega sena. Há casos em que os 15 ganhadores foram de cidades do Nordeste, o que seria estatisticamente impossível de acontecer. E muito mais. A Polícia Federal age com cuidado porque os primeiros nomes são graúdos.” Eu não disse?

MAIS DO MESMO

Conversava mais cedo com o companheiro Roberto Kuppê, que está em Brasília, sobre as eleições deste ano e o aparente clima de renovação. Apareceram muitos candidatos novos, apostando na exclusão dos políticos com mandato ou já antigos na vida pública. Mas, com pouquíssimas exceções, os novos não acrescentam nada, não propõem nada plausível ou factível. É só discurso vazio. Recebi material de um candidato do interior em três versões e, em nenhuma delas, uma proposta de trabalho sequer. Só auto-elogio.

RELEASES

O Sindicato dos Jornalistas de Rondônia foi criticado por exigir a reserva de mercado para os profissionais da área. Não discuto o mérito e os métodos. Mas chegam releases assinados (são assinados mesmo) por escrivães, engenheiros, cabos de policia, delegados, serventuários da Justiça e muitos outros profissionais. Tente colocar uma banca de advogado, um consultório médico ou odontológico. É exercício ilegal da profissão, irmãozinho.

FORA DE ÉPOCA

O carnaval fora de época de Porto Velho sempre provoca discussões. Não tenho nada contra nem a favor. Há os argumentos de que o dinheiro dos abadás e das bandas vai para Salvador, mas há também o argumento dos hotéis cheios e dos ambulantes “bamburrando” de vender cerveja, além das costureiras faturarem um pouco a mais reformando os abadás.

++++
FORA DE ÉPOCA – 2

No refluxo dos Banzeiros, o espaço para uma leitora da coluna desabafar(tal e qual foi recebido): “É a primeira vez na história das rodovias !!!!! que vão ser palco de carnaval!!!!! Barbaridade, coitado dos pf estavam doidos mantendo a ordem na citada rodovia. Aliás, este carnaval desmantela todo o transito. Barbaridade. Márcia Martins”. Tá dito.

NOVA VERSÃO

A prisão ontem (13) de mais um dos sentenciados que fugiram do Urso Branco, na quinta-feira da semana passada com o “Birrinha”, colocou mais lenha na fogueira e mais dúvidas no ar. Segundo o apenado Dário, a fuga custou R$ 50 mil mesmo e o acerto foi feito por um agente penitenciário. Os fugitivos teriam saído pelo portão principal e não “pescados” pelo muro. Esta novela promete.

NOSSA VOZ

Recebi o novo número da revista bimensal “Nossa Voz”, editada em Porto Velho, por Vanderlei Coelho. Destaque para duas matérias: a cronologia histórica de Rondônia nos meses de junho e Julho, desde 1776 e o texto sobre a professora Marise Castiel, assinado por Francisco Matias. Imperdível.

13 de jul de 2006

O Cara

Que Romário nada, que Maradona coisa nenhuma. O cara é o Aristeu!

GUERRA


O clima de guerra civil a que o candidato à presidência da República Cristovam Buarque se referiu ontem, 12, voltou às ruas de São Paulo, com mortes e atentados a alvos civis. Os bandidos reagem ao tratamento mais severo por parte das autoridades. Mas a sensação de insegurança que a população vive é maior, quando os policiais se entrincheiram nos quartéis e delegacias e interditam o acesso a estes prédios.

SECA

A seca na Amazônia já começou. Um navio panamenho, carregado com seis mil toneladas de gasolina, está encalhado no rio Solimões.

ONDE ESTÃO?

Um caminhão carregado de óleo diesel capotou na BR-364, nas proximidades de Ariquemes, ontem. Toda a carga do caminhão derramou em um igarapé. Onde estão os ambientalistas que se mobilizam contra o projeto de Furnas, que é virtual, e não aparecem quando o problema é real? Não li uma linha sequer sobre este acidente ecológico, cuja extensão ainda é desconhecida, pois o igarapé deve ser afluente de algum rio e o rio corre para algum lugar.

AUTO-AFIRMAÇÃO

Um colega de redação mandou fazer uma tatuagem no antebraço com a palavra “MACHO”, assim mesmo, em caixa alta. Não sabemos se é necessidade de auto-afirmação ou homenagem a alguém. A tatuagem é feita com henna (lawsonia inermis linné), temporária, para o caso de mudar de idéia. Ah, bom.

ALGO DE NOVO

A edição do jornal “Folha de Rondônia” foi aguardada ansiosamente, pois todos queriam ver a repercussão do depoimento do empresário-sanguessuga Darci José Vedoin, dono da Planan, no trecho em que afirmou que o senador Amir Lando também apresentou emenda para ambulâncias. Mas para surpresa geral, o diário tratou o assunto de forma “pró-Amir”. Dá para entender?

12 de jul de 2006

O QUÊ ELES TÊM EM COMUM?

Res: Não enxergam nada!
(Foto O Globo)

EXPLICADO

O motivo da fuga do condenado Ednildo Paula Souza, o “Birrinha”, no último final de semana, pode ter sido o nascimento de um filho dele, ocorrido há poucos dias. Poderia ter economizado. Segundo as denúncias que chegaram a esta redação, uma saída com escolta custa só R$ 125,00 enquanto uma fuga R$ 50 mil.

BOATOS

A onda de boatos está forte na campanha eleitoral de Rondônia. Jornalistas se dão ao trabalho de passar o dia todo tentando plantar matérias para desestabilizar adversários de seus assessorados. É compreensível que defendam os interesses deles, mas ao invés de espalhar boatos, poderiam gastar o mesmo tempo e falar das propostas de seus chefes, que lhes pagam os emolumentos mensais.

HIPOCRISIA

Os candidatos de primeira viagem ou aqueles que já se candidataram e não foram eleitos, apostam na tese da renovação para angariar votos. Mas já tem gente colocando o pé no chão. Depois das reuniões, onde os políticos profissionais são chamados de corruptos, mentirosos e etc., as mesmas pessoas que aplaudem os discursos “moralizantes” chegam até os candidatos para pedir dinheiro, remédios... Ninguém quer mudar nada. É pura hipocrisia.

SHOWMÍCIO

Depois que a Inês é morta, os músicos se despertaram para os prejuízos que terão na campanha eleitoral deste ano, com a proibição dos showmícios e só agora entram com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade junto ao Supremo Tribunal Federal. O assunto foi debatido durante meses no Congresso e, depois, no STE. São sei se conseguirão reverter o quadro.

MESA DE BAR

O jornal O Estadão do Norte prepara uma reportagem especial sobre o programa Mesa de Bar, que completou três anos de atividades em janeiro. O criador do programa, Samuel Castiel, fará uma retrospectiva dos nomes que passaram pela “Calçada da Fama” do Bar do Bigode, como Dedim Gouveia, Roice do Cavaco e Evanildo do Sax; além dos “pratas da casa”: Fátima Miranda, César Carimbo, João Carteiro, Lairton, Esmeralda, Anjos da Madrugadas, Ernesto Melo, Rubem Parada e Lito Casara; músicos professora Rose (Flauta). Paulinho da Flauta. Nico Sete Cordas, Genésio, Fernando Pessoa, Enio Castiel, Professora Meire (Afoxé), Augusta do cavaco, Maria do Pandeiro, Zezinho do Violão (já falecido), Bainha e tantos mais. Samuel tem a colaboração de Hokney França e professor Colombo. O radialista Lucivaldo Souza levou o som do encontro para a Rádio Transamazônica.

11 de jul de 2006

PERDA



Morreu há três dias na Inglaterra, o músico Syd Barrett, fundador do Pink Floyd. Fui fã da banda – que conheci já com David Gilmour – colecionando os discos em sociedade com meu irmão. Tínhamos, inclusive, um disco solo do Syd Barrett (deprimente), gravado sem que ele soubesse. Syd tinha problemas mentais potencializados pela droga e estas gravações causavam pena. Barrett morreu de causas não informadas na residência da família.

(Fotos: esquerda, em 1970; à direita, em 1990)

CODINOME

Por curiosidade comecei a explorar a lista dos candidatos a deputados estaduais de Rondônia. Entre outros, encontro conhecidos escondidos atrás de codinomes e apelidos. Cito dois, o sargento Mendonça, o “Zeca Pagodinho”; Antônio Barros, o “Poeta da Transposição”.

TOMA QUE O FILHO É TEU

Ao invés de concentrarem a atenção na captura dos presos que fugiram, a Secretaria de Administração Penitenciária e a Polícia Militar empurram, um para o outro, a culpa pela fuga. Parece o paradoxo da Tostines (É fresquinho porque vende mais ou vende mais porque é fresquinho?). Um diz: “Chegou à guarita porque saiu da carceragem” e o outro responde: “saiu da penitenciária porque foi pescado”.

++++
MITO

E por falar nisso, a imprensa local está mistificando o fugitivo conhecido como “Birrinha”. Para vender jornal tem funcionado muito bem.

ESTRANHO

Um agente penitenciário contratado há uma semana, foi baleado na porta de casa com sua própria arma, uma pistola .380. Enquanto em São Paulo, onde os agentes penitenciários são alvos móveis e o governo está pedindo autorização especial para que eles portem armas fora do serviço, aqui, com uma semana de trabalho e sem ter passado por nenhum treinamento – a contratação foi feita no último dia permitido pela Lei Eleitoral –, o camarada já anda “berrado”.

INÚTIL

Segundo a grande Imprensa, o candidato à presidência da República pelo PSDB, Geraldo Alkimin, esteve ontem com o presidente de Portugal, Cavaco Silva. Dois assuntos que teriam sido abordados na conversa: a atuação das seleções dos dois países e a aproximação do Mercosul com a União Européia. Tempo perdido. As duas seleções foram para o brejo e Alkimin não é presidente e não pode decidir nada.

DISCRIMINAÇÃO


Um vendedor de pão de queijo que faz ponto no centro da cidade tem um comportamento estranho. Todas as manhãs ele corta um pãozinho em migalhas, joga na pista e fica admirando os tico-ticos (ou pardais?) se alimentarem. Quando chega um pombo – existem muitos na região – ele os espanta com um pano. É um caso para a associação de proteção aos animais ou para a sociedade psiquiátrica?

10 de jul de 2006

NACIONALIZAÇÃO DA EFMM


Comemoram hoje os 75 anos da “nacionalização” da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré. Na época, a ferrovia dava prejuízos e a empresa concessionária queria repassar o prejuízo para o Governo Federal. Para ficar livre do pepino, os americanos suspenderam o tráfego entre Porto Velho e Guajará-Mirim, fazendo com que as autoridades brasileiras cancelassem a concessão do serviço público. Aluísio Ferreira assumiu a direção da EFMM, reiniciando o serviço de transporte de passageiros e carga, contando com subsídios federais. Escrevi “nacionalização” entre aspas por que há controvérsias. Se o serviço era concessão, a ferrovia nunca deixou de ser nacional. Ou não? (Mais detalhes no livro “Ferrovia do Diabo”, de Manuel Rodrigues Ferreira)

INFORMAL

Informal só no nome. Atrás de um vendedor de cachorro quente tem uma quantidade enorme de pessoas e tudo muito organizado. São dezenas de empregos gerados e o giro de muito dinheiro, especialmente em época de festas como a “Flor do Maracujá”, carnaval fora de época e Expovel.

FORTUNA

O jornalista Ruy Fabiano, ao analisar a evolução dos bens do presidente Lula, disse que não há nada demais. Como a maior parte da grana é aplicação bancária e os bancos foram quem mais faturaram no período, não há nada a estranhar. Eu completo: E a ética?

POBREZA

Eleitores do PSol estão apreensivos, pois a candidata do partido à presidência da República talvez não venha a Rondônia. Além de pedir a cada filiado do partido que contribua com R$ 10 para a campanha dela, a senadora Heloisa Helena só irá a outros Estados (além de Alagoas e Brasília) se tiver passagem de ida e volta e estadia (pode ser na cada de alguém) pagas pelos simpatizantes. Com os bens avaliados em R$ 16 mil, o candidato a governador do PSol em Rondônia, professor Adilson Siqueira terá que fazer uma “vaquinha”, para vermos Heloisa Helena em Porto Velho.

CANDEIAS

O Arraial “Flor do Candeias” foi encerrado ontem com a premiação das quadrilhas vencedoras. As barracas de comidas e bebidas cobravam o preço justo e, por isso, venderam muito. Nada parecido com a exploração que aconteceu no “Arraial Flor do Maracujá”. Na festa de encerramento circulavam no arraial o deputado federal Miguel de Souza, o deputado estadual Everton Leoni e o vereador Pelézinho, além dos candidatos Lindomar Garçon e dr. José Augusto.

SAIA JUSTA

Partidários das candidaturas do governador Ivo Cassol e Carlinhos Camurça se encontraram no stand de uma empresa na Expojipa, na noite de sábado em Ji-Paraná. Houve mal-estar, mas todos se cumprimentaram civilizadamente.

PESQUE-PAGUE

O seis detentos que fugiram do Urso Branco, de sexta-feira para sábado usaram um método original: foram “pescados” para cima do muro. O quilo do pescado teria sido R$ 50 mil. Ô pescaria cara, sô!

8 de jul de 2006

Campanha

AGORA, JÁ ERA


Demorei a comentar e recomendar o blog do “Pero Vaz de Caminha”. A Justiça Eleitoral tirou o blog do ar a pedido do candidato do PMDB de lá, Sérgio Cabral. A autoria dos textos é atribuída ao prefeito da Cidade Maravilhosa, César Maia, que pega no pé do Anthony Garotinho e do senador Sérgio Cabral, denunciando as trapalhadas em que os dois se meteram.

REGISTRO

Mesmo tendo deixado de ser transmitido pela Rádio Comunitária FM Transamazônica (105.9), desde o dia 10 de junho, o Programa “Mesa de Bar” continua reunindo, nas tardes/noites de sábado, os amantes da música popular brasileira no Bar do Bigode, na esquina das ruas Elias Gorayeb com José Camacho. Coordenação e apresentação do médico, músico e radialista Samuel Castiel.

++++
REGISTRO II

E por falar no Samuel Castiel, na última sexta, 30, os amigos se reuniram no “Arraiá do Samué”, que aconteceu na sua chácara. Os convidados foram recebidos por Samuel Castiel e Adna Soriano com muita simpatia, bem no espírito junino.

O PARAGUAI É AQUI

Policia Rodoviária apreendeu em Rondônia, só este ano, mais de cinco mil itens de mercadorias contrabandeadas; já a Polícia Civil apreendeu, no mesmo período, 83 mil e 900 itens, tirando motores de popa, pneus de caminhão. A maior incidência é de discos virgens de DVD e CD, com respectivas capas.

ANOTEM

Um órgão ambiental lança, nos próximos dias, mais uma operação para combater o desmate ilegal. Nesta operação prevê-se o flagrante de retirada de madeira de áreas protegidas. Aguardem.

MAIS UMA

Rondônia não sai mais do calendário brasileiro de eventos desportivos. Depois de sucessos como o Motocross, o Fuscacross e a Corrida de Jiricos, agora é a vez da “1ª Corrida de Carrinhos de Rolimã”, que será realizada na ladeira da Avenida Presidente Dutra, em frente ao prédio da Unir, até por muita falta de opção de declives. A Rede Globo está preocupada se terá equipes para cobrir tão variada agenda de eventos.

VOCÊ SABIA?

O local onde será realizada a corrida de carrinhos de rolimã é histórico (ladeira da Presidente Dutra). Ali foi feita a primeira pavimentação asfáltica da Capital. Os tambores de betume foram despejados e, por gravidade, o produto escorreu até a frente do prédio dos Correios, onde ficou depositado.

O PREÇO

25 milhões de euros é o que teria recebido a CBF para entregar o jogo contra a FrançaFrança, o dobro do prêmio para a seleção que for campeã do torneio. Veja em Minhas Notícias, no site www.ig.com.br.

7 de jul de 2006

E COMEÇOU A CAMPANHA

Começou a corrida eleitoral de forma ligth, em Rondônia. O governador Cassol transferiu aos auxiliares a responsabilidade por possíveis desobediências à lei eleitoral; Fátima Cleide foi às ruas; Amir Lando permaneceu em Brasília, mas o PMDB e PSDB traçaram estratégias; Camurça se reuniu com a equipe de Marketing e dá os primeiros passos da campanha amanhã, em Ji-Paraná, na abertura da Expojipa. Não tivemos notícias dos outros candidatos.

POSE

Em nível nacional, os quatro principais candidatos fizeram pose para as câmeras: Lula despachando em Palácio (resposta a quem dizia que ele não trabalha); Heloisa Helena condenando a mentira (“Sou mulher e não gosto de mentiras”. Há,há,há... Duas de uma vez); Cristóvam Buarque esteve no Congresso de Jornalistas, em Ouro Preto-MG e Alckmin tentou se misturar ao povo.

++++
PARÊNTESES

Antes de me jogarem na fogueira, explico a referência a senador Heloisa Helena. É só uma questão de axioma, ditado pela cultura popular. Política – mulher – mentira. Já dizia o filósofo baiano Caetano Veloso, “como pode querer que a mulher/vá viver sem mentir” (Dom de Iludir).

LÁ COMO CÁ

A Polícia Federal prendeu oito dos 15 vereadores de Montes Claros – MG, por fraude no recebimento de verba indenizatória. Essa é uma moda que podia pegar.

ERA O QUE EU DIZIA

Algumas pessoas não entenderam meu comentário sobre o aumento das áreas de preservação na Amazônia. Os sites divulgaram ontem esta informação: “O sueco Johan Eliasch, presidente da empresa de material esportivo Head, propôs ontem, durante uma reunião de empresários em Londres, a compra da Amazônia para garantir sua preservação. Segundo Eliasch, com US$ 18 bilhões é possível comprar toda a floresta”.

DEU NA BBC

“Lista de candidatos a Melhor da Copa não inclui brasileiros - Nome do vencedor do troféu "Bola de Ouro" sairá somente na segunda-feira.” Alguém esperava coisa diferente?

O QUE FAZER ?

Em Araraquara, depois de quebrar todo o presídio, centenas de sentenciados estão ao ar livre. O apagão no sistema penitenciário nos últimos anos (10, 20, 30?) produziu esta anomalia que é a superlotação. Os presos reagem e o Estado não tem condições de responder rapidamente ao problema. Não só por causa das leis que burocratizam tudo, como pela má vontade. Há um projeto tramitando no Congresso, dando o direto de voto àqueles que estão cumprindo penas em regime forçado. Se a lei for aprovada, querem apostar que tudo muda?

6 de jul de 2006

TREM FANTASMA


Anunciam que a locomotiva da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré voltará a funcionar “ainda este ano”. Eu não consigo entender como o Estado ou o Município deixam de ganhar dinheiro explorando o turismo histórico. Cidades do interior de Minas Gerais e São Paulo, por exemplo, apuram mais de cem mil reais por final de semana, em passeios turísticos em trechos de ferrovias que não têm o mesmo apelo histórico que a nossa Madeira-Mamoré tem.
(foto: José Carlos Sá)

GAME


Só podia ser coisa de argentino. Na internet apareceu o jogo “Corra Ronaldo, corra”, onde um bonequinho rechonchudo e dentuço corre atrás da bola, perseguido por um jogador argentino. O problema é que sempre aparece na frente do Ronalducho uma taça de milk-shake ou um sanduíche. Confiram:
http://www.2dplay.com/run-ronaldo-run/run-ronaldo-run.swf

PM

A ação rápida de uma dupla de motociclistas da Polícia Militar impediu que dois marginais fugissem após assaltar um posto avançado do Banespa. Um dos assaltantes tinha sido colocado em liberdade na sexta-feira passada, depois de cumprir pena por assalto à mão armada. O policiamento motorizado é uma iniciativa que deu certo e precisa ser implementada em todo Estado.

NOME

Já devia esta explicação há tempos e a Yalle Dantas cobrou-me hoje. Banzeiros são as ondas formadas no rio ou lago depois que um barco passa ou por ação do vento. No sul é chamado de marola. Não tem nada a ver com “banzo”, que é tristeza e saudade. O título da coluna é uma homenagem aos amigos Selmo Vasconcellos e José Ailton Ferreira, o saudoso Bahia, que tinham uma coluna na página “Momento Lítero-Cultural”, no Alto Madeira, chamada “Revertendo Banzeiros”. O estilo irônico é herdado de um jornal interno que eu escrevia na FIERO, o “COREC na Rede”.

EM APURAÇÃO

Estamos apurando a veracidade da denúncia que internos dos presídios de Porto Velho têm que pagar para serem escoltados quando precisam vir até a cidade em funerais de parentes, por exemplo. Estranho, muito estranho.

5 de jul de 2006

Aniversário do Biducho - 3

Turma do Barulho - Primeiro plano - Selma, Eliete e Ériton. Atrás, Elizabeth, Alex, Eude, Jacinto (pai do Eude) e André

Aniversário do Biducho - 2

Clube da Luluzinha (reforçado) Em pé - Elizabeth França, Isabel França e Selma Lima.
Sentadas - Eliete Souza e Tatiana Nunes.

Aniversário do Biducho - 1

Clube do Bolinha (reforçado) - Marcelo Souza, Eude Santos, André Costa e Alex Wendel

BAIXA

Mais uma baixa no “time” de jornalistas que vai disputar as eleições em outubro de 2006. Rubens Coutinho está fora, por distração, esqueceu de sair oficialmente do partido a que pertencia e ficou com dupla filiação.

DESISTÊNCIA

Quem também ficou fora da disputa eleitoral foi o professor Mário Jorge. Na convenção do PDT ele disse que não lutaria na mesma trincheira que “mensaleiros e sanguessugas”. Adiou os projetos políticos para 2008.

TOLERÂNCIA ZERO

Não tenho paciência alguma e saio do sério quando preciso resolver algum problema e sou tratado como uma bola de ping-pong, de um lado para outro. Na manhã de hoje passei em um cartório parei no balcão enfrente a um funcionário que se dirigiu a mim. Antes de eu dizer o que queria, ele apontou para a outra funcionária alguns metros adiante. Fui até ela, que olhou superficialmente o papel que estendi e apontou para o fundo da sala. O Fulano é que mexe com isso ele não chegou ainda. Espere ali. Recolhi o papel e me dirigi para a saída. Neste momento, o dono do cartório que assistia a cena, chamou-me, pegou o ofício, informou-me o preço do serviço e resolveu a parada. Simples, não? Quando se quer.

DOIS PESOS

A Imprensa ataca o Congresso e pede votações. Aí o Senado limpa a pauta e a mesma Imprensa critica. Não dá para entender. Ou dá.

CAERD

Assumiu a presidência da Caerd a professora Rose Sena, que atuava como assessora técnica da Seduc. Rose é esposa do ex-presidente da Caerd, Miguel Sena e exerceu cargos na administração Cassol em Rolim de Moura. Marley Muniz deixou a presidência da entidade por conta das idas e vindas do irmão, deputado Agnaldo Muniz.

XERIBABOS

O Conselho Nacional de Meio-Ambiente – Conama decide hoje sobre os casos em que animais silvestres apreendidos não podem ser retirados no momento da apreensão para ser enviado ao seu habitat natural ou para jardins zoológicos, fundações ambientalistas ou entidades assemelhadas. Pode não parecer, mas esta decisão vai influenciar na vida de muitas pessoas, especialmente na Amazônia, que criam animais silvestres, como araras e macacos, que são os mais usuais. Até este momento, a ordem é que o Ibama apreendesse os bichos e soltassem no mato ou entregasse para os zoológicos.

4 de jul de 2006

Porto de Jacy-Paraná

Porto de Jacy-Paraná - Porto Velho - RO (Foto José Carlos Sá)

Escada de Pedra

Porto de Jacy Paraná - Porto Velho - RO (Foto José Carlos Sá)

PARANÓIA?

Recebi ontem, 7, um e-mail dizendo que a Seleção foi “comprada” pela Nike. Lembrei da velha “teoria da conspiração” e deletei a mensagem. Só que hoje o assunto está nas páginas dos jornais. O artigo do jornalista/fotógrafo Cláudio Versiani (ex-Veja, IstoÉ, Correio Brasiliense, etc.) trata o assunto com indignação. Quem quiser ler, está no www.congressoemfoco.com.br

VERDE AMARELO

O Alexandre Garcia, a quem não admiro, disse hoje uma coisa certa. Nós que nos fantasiamos de verde-amarelo para torcer pela seleção brasileira não devemos nos desmobilizar. Vamos ficar aguardando as eleições com o mesmo espírito patriótico que encarnamos para o futebol.

++++
E POR FALAR NISSO

As lojas tentam se livrar de camisetas, bonés e outros acessórios em verde-amarelo. As bancas de oferta estão repletas.

PESQUISA

O jornal Folha de Rondônia traz hoje uma informação interessante. Segundo a matéria o governador Ivo Cassol, candidato à reeleição tem 54% das intenções de voto. Ora a notícia seria excelente se o mesmo jornal não tivesse publicado domingo que o mesmo candidato tinha 88% das intenções de voto. O que aconteceu neste curto período de tempo para despencar 32%? Caiu mais que as ações da Varig.

ANIVERSÁRIO

Há 230 anos os Estados Unidos ficaram independentes da Inglaterra. Os tempos mudaram e de colônia passaram a colonizadores.

VIAGEM

Falei ontem da viagem que o presidente Lula faz hoje à Venezuela. O presidente chega às 16hs a Caracas e retorna às 23hs. O motivo é a assinatura da adesão da Venezuela ao moribundo Mercosul.

BOMBA

Colocaram uma bomba no portão da casa do jornalista Rubens Coutinho, do site TudoRondôniaPontoCom. Ainda não se sabe a motivação do atentado. Rubinho é um jornalista polêmico e é pré-candidato a deputado federal pelo PSol. Receba minha solidariedade, Rubinho.

3 de jul de 2006

Fortaleza do Abunã


Cachoeira no Rio Abunã, em Fortaleza do Abunã - RO (foto José Carlos Sá)

FRASE

“Este time [seleção brasileira] se jogasse contra o Shallon, perdia”. João Taveiro, do Rondoniagora TV. Para quem não sabe, o Shallon é um time de Porto Velho que levou uma pisa de 21 a zero do time da Ulbra, dia 14 de maio de 2006.

PESQUISAS

O prefeito do Rio, César Maia, comemora o crescimento de Geraldo Alkimin nas últimas pesquisas divulgadas. Maia, há tempos vinha insistindo que o presidente Lula não era imbatível.

VIAGEM

Depois de uma breve estada no país, o presidente Lula viaja nesta terça-feira para a Venezuela. A agenda das atividades em Caracas ainda não foi divulgada. E por falar em Lula, o péssimo desempenho da seleção brasileira já está sendo atribuído a ele, que teria “secado” o Ronaldo.

POEIRA

A principal queixa de quem foi ao Arraial Flor de Maracujá foi a poeira, presente em toda parte, inclusive nos alimentos.

CAMPANHAS

Passada a fase das convenções, vamos partir para a campanha eleitoral. A baixaria vai ser a normal, a diferença será o acompanhamento de perto da Justiça Eleitoral. Os promotores estão sedentos, querem pegar alguém que esteja tentando se reeleger, para servir de exemplo.

ÁLCOOL

A Polícia Rodoviária Federal está iniciando a Operação Férias Escolares. No texto encaminhado à Imprensa, a falta de atenção foi o fator que mais contribuiu para a ocorrência de acidentes em 2005, com 28,65%; seguido de excesso de velocidade (9,30%); desobediência à sinalização (4,09%); não manter distância segura (3,57%);ultrapassagem indevida (3,35%); defeito na via (2,17%) e ingestão de álcool (0,85%)

1 de jul de 2006

RUMUAL ÉKISSA

POLÍTICA


Vou esperar a poeira baixar para comentar o Frankstein formado pelas coligações dos partidos políticos em Rondônia. Por enquanto só dá para ver um monstro construído com pedaços mal costurados.

DEFINIÇÃO

“(...) Imunidade parlamentar é uma coisa que os políticos adquirem depois de eleitos e ficam imunes a você, eleitor (...)” Trecho de um folheto apócrifo deixado na minha caixa de correio.

TEMPOS DOS PARTIDOS

Verificando a distribuição do tempo para a propaganda eleitoral gratuita no rádio e na tv, fiquei imaginando a solução que os marketeiros encontrarão para os partidos que têm um tempo muito exíguo. Faço o seguinte exercício de imaginação: Para anunciar o candidato ao senado, por exemplo, o PPS disporá de 16 segundos, tempo suficiente para o candidato dizer “Meu nome é Expedito!”. Já o candidato do PC do B terá que ser veloz para, em 9 segundos, dizer “Kruger Darwich” (Diria, já que o vereador não será mais candidato a senador). Os candidatos do PSC e PSL, porém, com um segundo cada, só dirão: “Oi!”

GUIA TURÍSTICO

A sugestão é do jornalista Lúcio Barros, desde Beagá: Que tal se o web designer do portal da Prefeitura de Porto Velho na internet colocasse as imagens do Guia Turístico, ao invés de fotos do prefeito e do secretariado? Está dado recado.

ORKUT

O companheiro Roberto Kuppê alerta na coluna “Porta Voz – Direto de Brasília” para os perigos de vírus disseminados pelo MSN e pelo Orkut. Neste último caso ele avisa que se uma mensagem pedindo para que um cidadão seja adicionado, desconfie. Eu desconfiaria mesmo se o Kuppê não tivesse avisado, pois o nome do cara é “Jacinto Leite Aquino Rego”. Me inclua fora.

ERRO DE ORIGEM

O tesoureiro da campanha à reeleição do presidente Lula, o prefeito de Diadema, José de Filippi Junior, é acusado de envolvimento em escândalos nas administrações do ex-ministro Antônio Palocci, quando prefeito de Ribeirão Preto, e de Marta Suplicy, na prefeitura de São Paulo.A especialidade dele é, segundo a Agência Estado, fazer o caixa 2.