30 de nov de 2010

COLHER DE PET

Na época do ambientalmente correto e do desenvolvimento sustentável (seja lá o que for isso), atitudes simples e úteis, como a reciclagem das garrafas PET, fazem a diferença, como dizia o Cassol. Na foto do Cléris Muniz, da Agência Imagem News, uma colher improvisada. Pode não parecer, mas um instrumento desse faz par perfeito com um marmitex...

A LUTA DO ANO

Há dias, em diferentes telejornais, acompanho o "esquenta" para a luta de box entre o veterano "Killing" (os repórteres pronunciam Quilingui) e o lutador "Bibil", que acontece dia 19 de dezembro, no ginásio Claúdio Coutinho.
(Rasputin X Ted Boy Marino)
Eu acho estas matérias prévias, com provocações, tão irreais. Me faz lembrar quando eu era menino e assistíamos ao "Telecatch Montila", em que os lutadores faziam um esforço miserável para parecer que aquilo era para valer. Na imitação, em casa, os socos trocados com meu irmão doiam. (Foto oglobo.globo.com/cultura/kogut/nostalgia/post)

NO COMPLEXO DO ALEMÃO

(Foto Felipe Dana, publicada no www.boston.com)

É CADA UMA...

Os ingressos para o trem que leva os visitantes ao alto do Corcovado, tem em seu verso dois avisos: "Guarde este ingresso para reembarcar" e "Invalidado eletronicamente".
Quando fui reembarcar para descer, entreguei o ingresso, que foi invalidado na minha frente. Não eletronicamente, mas rasgado na área do código de barras.
É o Brasil.

NÃO ESCAPA NADA

Há dias recortei uma matéria da Folha de S.Paulo, para comentar, mas guardei em uma revista e esqueci (que novidade!), É sobre a invasão de bandeiras brasileiras "Made in China", que segundo a matéria, começaram a "invadir o país a partir da Copa do Mundo de 2006 e tomaram o mercado".
Pela foto do Carlos Cecconello/Folhapress, dá para ver a bandeira fake, bordada só em uma face do tecido, contrariando os padrões estabelecidos em lei. Ah, a bandeira chinesa tem um preço de 40% a 60% menor que a produzida no Brasil.

VALEU A PENA

Foi boa a palestra do André Telles sobre a "A Revolução das Mídias Sociais"; auditório cheio e muitas novidades para mim, que sou iniciante no ramo. Como sempre, o Fred Perillo promovendo bons eventos.
Falando nisso, tem "Sempre um Papo", hoje ànoite, 19hs30, no auditório da Faculdade São Lucas com a presenças da atriz e escritora Denise Fraga, falando sobre o mais recente livro "Travessuras de Mãe”. A entrada é gratuita, mediante a doação de 2 livros novos ou usados, que podem ser trocados por senhas na Livraria Exclusiva do Porto Velho Shopping, no Caffé Cravo e Canela e na Coordenação de Extensão da Faculdade São Lucas. Informações: 8115 0545  (Foto JCarlos)

29 de nov de 2010

MÍDIAS SOCIAIS

O Fred Perillo convida para a palestra e lançamento do livro "A Revolução das Mídias Sociais", e é ele quem conta o causo: "O publicitário André Telles ministra palestra e lança seu mais recente livro “A Revolução das Mídias Sociais” em Porto Velho nesta segunda-feira (29), às 19h30. O workshop acontecerá no salão Rio Madeira do Aquarius Selva Hotel e as inscrições são gratuitas. Maiores informações: 8115 0545 e fredperillo@gmail.com O patrocínio é da Livraria Exclusiva, com apoio cultural do Aquarius Selva Hotel e realização de Fred Perillo Comunicação.
O Brasil tem mais de 65 milhões de usuários com acesso à internet. O Ibope, em recente pesquisa, divulgou que 85% dos usuários que acessam a internet no Brasil estão em alguma mídia social. Cerca de 56% das pessoas afirmam que só concretizam um negócio após pesquisar na internet."

DICA DE BLOG

Os amigos Mara Paraguassu, Abdoral "Bidu" Cardoso, Jota Gomes e Ana Aranda estão no site Amazônia da Gente, com notícias relacionadas à região e muito mais. Vale visitar. Clique aqui.

28 de nov de 2010

CENAS DE SANTO ANTÔNIO

CONTRA A VIOLÊNCIA

O Diário da Amazônia de hoje traz a Mar como personagem na campanha contra a violência. A foto é do colaborador deste blog, repórter-fotográfico Eliênio Nascimento.

'PRACAS'

O Emerson Castro envia duas contribuições no combate ao analfabetismo "funcional". (Fotos Emerson Castro)

O convite e o efeito do convite. Esses "pessoal são fogos".

26 de nov de 2010

ESSES TURISTAS...

Passei um dia de turista, como contei anteriormente, mas não deixo de olhar para tudo e ver a leseiras que acontecem para todo lado. (Fotos JCarlos)
Em uma parada do trem que leva os turistas ao Corcovado, entra no vagão um grupo de sambistas: "O Bom do Samba". Distribuem instrumentos de percussão e cantam pupurri de sambas de enredo e os indefectíveis choros "Tico-tico no fubá" e "Brasileirinho". Na foto, um indiano faz 'bonito' no chocalho.
Subi menos de 50 degraus de 222. O restante fui escada rolante.
Olhei para cima e vi que tinha chegado aos pés do "Cristo"
A "vista" é linda. Aí, a lagoa Rodrigo de Freitas

Turistas em pleno exercício da função

Beco e Largo do Boticário, nas Laranjeiras. Os sem-teto ocuparam o sobrado e convidam os turistas a "visitarem" o local
Solar dos Abacaxis, construído em 1850. Nome se deve à decoração das sacadas com esta fruta
Jornalistas rondonienses fazem pose para as lentes dos paparazzi caripunas e panarás (MT)

Essa mão apareceu quando "revelei" as fotos. Ao fundo, a Baía da Guanabara
Composição com o "Cristo"
Agora é só alegria!

DICA DE EVENTO


O Sebrae Rondônia está comemorando 30 anos de existência e um dos eventos programado é a exposição Artesanato Regional em Madeira. A mostra acontece só nesta sexta-feira no Mercado Cultural, até às 20hs. Vale a pena dar uma passadinha por lá.

25 de nov de 2010

NATUREZA X TECNOLOGIA

(Alex e Marc Valentin, na Vila de Teotônio Foto JCarlos)
A televisão estatal francesa, France 5, está realizando o documentário "Amazônia - A Última Fronteira", gravando imagens e depoimentos em várias cidades da região amazônica.O elo entre as diferentes realidades é "como as novas tecnologias estão influindo na vida das pessoas na Amazônia", disse o diretor Alexandre "Alex" Valenti, um argentino-francês, em conversa com este blogueiro.
A equipe é formada pelo carioca Jean Robert (produtor do "Mad Maria"e Amazônia, de Galvez a Chico Mendes"), pelo brasileiro-francês Marc Valentin (2ª câmera) e por Fabian Oliveira, uruguaio, operador de som.

DICA DE EVENTO EM SÃO PAULO

Recebi do amigo, fotógrafo Pisco Del Gaiso, o e-convite abaixo. O Pisco é responsável pelos textos e documentário sobre o autor, Miro. O Flávio Gonçalves me representará no evento.

24 de nov de 2010

DIÁLOGOS INSÓLITOS

- E aí? Deu tudo certo?
- Bem... tivemos um problema, para não dizer que deu merd@!

HEIN?

Qual será o
?

ASSIM NÃO DÁ

O bandidão Marcinho VP, que pode estar por trás dos ataques a postos policiais e incêndios de veículos e ônibus, desde a madrugada de segunda-feira, no Rio de Janeiro, já está de malas prontas para vir passar o inverno em Porto Velho, mais precisamente no quilômetro 58 da BR-364, sentido Rio Branco.
A culpa não é dasuzina. (Catimba.Blogspot.Com)

22 de nov de 2010

TURISTA POR UM DIA (E QUE DIA!)

Este domingo vai ficar marcado na história da minha vida. Mesmo trabalhando, tive um dia de turista com tudo de bom e ruim que são inerentes. Revi lugares visitados há mais de 30 anos e fui em outro onde imaginava nunca conseguir ir. Total superação pessoal.
Acompanhei uma galera de jornalistas de Porto Velho em uma viagem de serviço ao Rio de Janeiro. Como chegamos um dia antes do compromisso, fui encarregado, junto com o colega Wilson França (Furnas), de levármos o pessoal a um passeio pela Cidade Maravilhosa.
Primeira parada, Corcovado. A emoção, acho, foi a mesma que senti quando estive lá em 1977. Quase tudo igual, mas a idade não permitiu que eu subisse os 222 degraus que levam ao Cristo Redentor. Subi uma parte, os seguintes, uma escada rolante ajudou.
A segunda visita foi ao Pão de Açucar. Primeira vez que fui lá. Tenho medo de altura e lá é muuuuito alto. Foi uma verdadeira odisséia para mim. Dei parabéns a mim mesmo. Abaixo algumas fotos. Voltarei ao assunto depois. (Fotos Beto Grutzmarcher, Wilson França e JCarlos)
Aguardando o ônibus
No "Cristo"
No bondinho do Pão de Açucar
Todos sobrevivemos.

20 de nov de 2010

DIÁLOGOS INSÓLITOS

- Táxi!
...
- Boa tarde. O senhor me leva, por favor, na rua Tal. Mas antes preciso passar em uma agência do Banco do Brasil. Tem alguma no caminho?
- Tem uma na esquina da rua São João Batista com São João Nepomuceno...
- Então, o senhor dá uma parada para mim...
- É assim. Para ir lá é preciso ir em frente, dar um balão, voltar pela outra rua e entrar assim...
- Então não é no caminho!
- Eu falei que tem uma agência na esquina da rua São João Batista com São João Nepomuceno...
- Tá. Deixa prá lá.

DO AR

Abaixo, fotos que fiz com celular e com a câmera na madrugada de hoje e na chegada ao Rio de Janeiro. Não ficou estas Brastemp, mas... Obrigado pela paciência, leitores. (Fotos JCarlos)
O sol tenta quebrar a 'barra'
Chegando a Brasília
Nascer do sol no Aeroporto JK
Minsss, quas Ridijanêro
Cidade que não sei o nome.
O Maracanã sob reforma para a Copa 2014, diz-que.
Navio cargueiro no porto vazio
Panorâmica, com a turbina em primeiro plano (quase escrevo turbina bulbo)
 Lá de cima Ele vê tudo
Baía da Guanabara ao fundo
Morro da Urca ou do bondinho
Essa porr@ vai cair na água!!!!!



REVOLTA DA CHIBATA, O NAVIO SATÉLITE E NÓS

Mais um centenário* e, mais uma vez, relacionado à região onde é hoje o Estado de Rondônia. Dia 28 é a vez da Revolta da Chibata fazer 100 anos de acontecida. Foi o Lúcio Albuquerque quem me contou a triste história do Navio Satélite e o destino daqueles que sobreviveram à viagem desde o Rio de Janeiro até as barrancas da cachoeira de Santo Antônio, no Alto Rio Madeira. Depois li o livro "Da Chibata ao Inferno", do professor Amizael Silva e fui procurando e pesquisando mais sobre o assunto.
Assisti hoje a uma matéria do RJ TV em que apenas o marinheiro João Cândido é ressaltado. Ele foi o líder da revolta, sem dúvida, mas os desdobramentos do motim ficaram escondidos nas dobras da Histórian e nas fímbrias (eita!) da floresta amazônica.
Haverá alguma manifestação por parte dos nossos Acadêmicos, Lúcio?
(Ilustração do livro em HQ "Chibata! João Cândido e a Revolta que abalou o Brasil - Olinto Gadelha Neto (roteiro) e Hemerterio (arte))
*Centenário da chegada de Rondon a estas plagas e da vinda de Oswaldo Cruz e Belisário Penna.

MAL COMPARANDO

Na minha adolescência cogitei ir para a luta armada. Fui recusado por ser "dimenor". Com a maturidade e o distanciamento temporal e histórico daqueles dias quentes do início da década de 1970, vejo que não "tomaríamos" nem a 'República do Peru', uma famosa república de estudantes, existente até hoje em Ouro Preto (MG).
A Folha publicou hoje o arsenal da organização VAL-Palmares, da qual a presidente eleita Dilma Rousseff fazia parte: "Entre os armamentos, havia 58 fuzis Mauser, 4 metralhadoras Ina, 2 revólveres, 3 carabinas, 3 latas de pólvora, 10 bombas de efeito moral, 100 gramas de clorofórmio, 1 rojão de fabricação caseira, 4 latas de "dinamite granulada" e 30 frascos com substâncias para "confecção de matérias explosivas", como ácido nítrico. Além de caixas com centenas de munições."
O pessoal, aqui do Complexo do Alemão, não pára de rir desde que a notícia chegou no morro.

(O fuzil Mauser era sobra da Segunda Guerra Mundial, dava um tiro de cada vez; a metralhadora INA, também da 2ª Guerra, passou a ser fabricada no Brasil. ao contrário do fuzil Mauser, atirava em rajadas descontroladas)

BEM BOLADO

Não teria lugar mais apropriado do que Porto Velho para lançarem uma campanha em defesa do urso polar, que está em extinção. A temperatura hoje, por exemplo, está em 35°, clima ideal para a preservação da espécie. As queimadas de Rondônia provocam o aquecimento global e blá, blá, blá...
Quando voltar a Porto Velho, farei questão de me fotografar ao lado dos ursos, para registrar minha adesão à esta incrível causa. Parabéns ao autor da idéia.
É cada uma... (Foto PVShopping)

PARA NÃO PASSAR BATIDO

Eu desembarquei no aeroporto Santos Dumont disposto a elogiar a TAM pela pontualidade - o vôo saiu exatamente às 1h40 de Manaus e chegou em Brasília 6hs24, seis minutos antes do previsto. Embarcamos e logo depois decolamos, também dentro do programado. Às 9hs já estávamos no Rio de Janeiro.
Os lanches servidos nos trechos foram adequados e as tripulações passaram perguntando se alguém queria mais. Até o clima contribuiu, não havia muitas nuvens ou vento e, por isso, não houve turbulência. Quem consegue dormir em avião, se deliciou.
Já estava com isso tudo anotado na cabeça quando, para não escapar à regra, ficamos quase uma hora aguardando as bagagens. Até parece um aeroporto (inter)nacional que conheço em algum lugar no norte.

ESTRANHA TRILHA SONORA

Estive poucas horas em Manaus nesta sexta-feira e fiz uso de quatro taxis para me descolar pela cidade. Do aeroporto ao hotel fui ouvindo Seu Jorge e Gloria Gaynor; do hotel ao meu compromisso, hinos de louvor a Deus e o motorista contando - sem que eu perguntasse - que mantinha relações com uma adolescente há três anos, mas que agora ela completou os 18 anos. Na volta para o hotel, Roberta Miranda "animou" a viagem, que ficou melhor quando fui para o aeroporto ouvindo o rádio, onde os motoristas se xingavam por causa de pontos e corridas.
Preferia ouvir toadas de boi. Cadê o Arlindo Jr? Cadê o David Assayag?

19 de nov de 2010

MADEIRÃO ASSOREADO

Rio Madeira, pouco abaixo do Belmont. (Foto JCarlos)

A MIGUEL O QUE É DE MIGUEL

Com a conclusão das obras na avenida Farquhar, entre a avenida Migrantes (BR-319) e a estrada do Belmont, mais uma iniciativa do ex-deputado federal Miguel de Souza é entregue à população. Para aqueles que têm memória curta, nos quatro anos em que passou pela Câmara Federal, Miguel destinou milhões de reais em emendas, principalmente para Porto Velho. A Farquhar e a duplicaçãod a BR, entre Candeias e Unir, são exemplos disso. Apareceram outros pais (duplicação) ou a paternidade foi omitida (avenida Farquhar), mas o DNA é do Miguel. (Foto Quintela/Condecom)

DIA DE QUÊ, MESMO?

Talvez nos quartéis; talvez em alguma escola onde diretores, orientadores e professores ainda se importem com isso; talvez em algum Grupo Escoteiro ou em uma Loja Maçônica, o dia 19 de novembro será lembrado como o dia de homenagem à Bandeira Nacional. Também pode ser que em nenhum destes lugares aconteça nada. Como não é feriado, não haverá repórteres perguntando para incautos cidadãos: "Você sabe que dia é hoje?" e receber como resposta uma cara de tacho.
Quando me aposentar (diz-que) vou fazer uma pesquisa para saber em que momento da história contemporânea o brasileiro deixou de ser brasileiro, deixou de saber cantar os hinos e ser patriota. Um dia descubro, enquanto isso, só lamento. (Foto Internet)

18 de nov de 2010

OAB - 80 ANOS

Desde cedo era para postar os meus parabéns à OAB pelos 80 anos de luta pela democracia, que sempre liderou junto com outras importantes entidades como a ABI e CNBB, por exemplo. Parabéns aos bons advogados do Brasil.

Ô DÓ

Aprontou, aprontou, agora posa de passarim na gaiola. Tá com dó? Leva procê! (Foto JCarlos)