31 de jul de 2009

ESTUDANTADA

Vejam essa: Uma pessoa mandou uma mensagem para o programa Câmera 11 onde narra que o caos se instalou (se instalou?) na Unir. As aulas teriam sido iniciadas na segunda-feira, mas em alguns cursos nenhum professor apareceu em sala. O informante completa a história dizendo que o DCE "cogita" entrar em greve.
Se não tem aula, entrar em greve? É o que chamam de "sem solução de continuidade"...

TÁ FEIO

Há poucos dias o Diário da Amazônia abriu manchete denunciando a prostituição infantil no distrito de Jacy-Paraná. Soube que a coisa está pior do que se imaginava. Amanhã, por exemplo, será inaugurado um... como direi... uma casa de tolerância. Os convidados serão recebidos pelos proprietários com um churrasco e muita bebida. Atentai, pois, ó autoridades.

AGORA ENTENDI

Deu no Estadão de S. Paulo: "A mudança de discurso do presidente Lula em relação ao presidente do Senado, José Sarney, começou a ser ensaiada na semana passada, quando o Palácio do Planalto recebeu uma pesquisa mostrando os efeitos da crise política sobre o governo. A consulta revelou que a blindagem de Sarney não era bem assimilada pela opinião pública e, pior, estava "pegando mal" tanto para Lula como para a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, pré-candidata do PT à Presidência, em 2010." (Via ex-blog do César Maia)

SEM ALTRUÍSMO

"Os pais têm de entender que não são eles que têm o direito de ter um filho, é a criança que tem o direito de ter pais, uma família", Michelina Della Porta, da Associação Amigos das Crianças, na revista Época da semana passada. A reportagem 'O lado B da adoção' relata casos de famílias que devolveram crianças, assim, como se fossem uma coisa. Cansei, não tenho tempo, pega o menino aí de volta. Triste, de revoltar. Conheço muitos pais biológicos que têm vontade de pegar a criança, colocar numa mala e mandar de volta pra maternidade. Mas não fazem isso, porque é uma "aquisição" sem volta e sem manual de instrução. Os adotantes que levam criança para casa e depois de alguns anos a devolvem à instituição estavam à procura de um produto dentro dos seus critérios. Como a coitada não foi fabricada por uma máquina, é abandonada de novo. Até a próxima família, ou não. Então, se for para adotar crianças "por bondade", é melhor abrir um orfanato. Porque adoção não é altruísmo. Criança precisa de amor e não de caridade, para os pais ficarem bonitos na coluna social.

NÓIS É NÓIS

Enquanto brigam o prefeito e o governador, Porto Velho bate dois recordes nacionais: A cidade com o maior número de acidentes de trânsito por mil habitantes e a única (disse única) capital brasileira que não tem fiscalização eletrônica ou humana.

FRASE

"Es una verguneza". Presidente Lula, fazendo graça para a presidente do Chile, Michelle Bachelet

É O NEVES?

O senador Francisco Dornelles (PP-RJ) dormiu e acordou como presumível sucessor de José Sarney na presidência do Senado. Sobrinho de Tancredo Neves, ministro nos governos Sarney e FHC, membro da tropa de choque sarneysista, Dornelles é um bagre ensaboado. Ou seja, o candidato ideal para todo mundo, pois não vai mover uma palha para punir ninguém. Como dizem. "the show must go on". (Foto Agência Senado)

30 de jul de 2009

NA BERLINDA

A Operação Awina, do Ibama, deflagrada hoje cedo, tem a Sedam como a principal suspeita de parceria nas operações de exploração de madeira em terras indígenas no município de Espigão do Oeste.
Espero que os índios também venham a ser responsabilizados. Não haveria esta exploração sem anuência e complacência.
E nem hipocrisa.

ESSE PESSOAL É RÁPIDO

Foi só eu falar do meu desencanto com o pmdb e os tucanos me enviaram sinais, acenos...
Tô fora!

SUPER MAGRA

Participei como ouvinte, e depois como falante, da reunião do Ministério Público sobre o trânsito de Porto Velho. Eu, que admirava a postura da secretária Fernanda Moreira, da Semtran, saí da reunião com outra impressão. Melhor. A mulher é de ferro. Não passou recibo de nada. Levou porrada do promotor, dos representantes do Detran e de participantes, mas não passou recibo. Gostei quissó.

SEGURANÇA (DIZ QUE)

Está sendo realizada em Porto Velho a Conferência Estadual de Segurança Pública. Na entrevista, o cara diz que a finalidade do evento é conhecer a opinião das pessoas sobre a
(in)segurança no Estado. Precisava gastar este dinheiro em passagens e diárias para saber o óbvio?
Em evento paralelo à Conferência, um estabelecimento comercial foi assaltado. Claro, que a culpa é do empresário, que não investiu em segurança particular, por confiar na propaganda oficial de que aqui tá tudo muito bom, tá tudo muito bem. Um prejuízo de vinte mil é besteira...

VÂNDALOS

Cumprindo a promessa do prefeito de "rrrasgar" a Pinheiro Machado, a Prefeitura finalmente ligou a rua Major Amarante à Mamoré, de oeste a leste. Mas a sinalização instalada ontem (29) já havia sido quebrada ou roubada. A constatação foi feita na manhã de hoje.
Mas não é só isso. Todo mundo reclama da Prefeitura, especialmente os sem-mídia, mas ninguém divulga que roubaram uma banco, um poste e um refletor de iluminação da praça das Caixas D'Água, colocados ali na reforma do "logradouro" financiado por Furnas.

ESSA TURMA...

Tem uma turma tentando mudar o lugar da ponte sobre o Madeira na BR-319, por motivos indizíveis. Agora uma outra turma (ou será a mesma?) quer "conversar mais" sobre a construção dos viadutos.
Ora, a empresa que venceu a licitação já está se preparando para iniciar a construção dos viadutos, apresentou um plano viário para que a população sofra menos durante a obra, que está em avaliação na Semtran e os caras querem "conversar".
Vou te contar...

29 de jul de 2009

OUTRA GRIPE

Eu esperava rever o meu amigo Luiz Fajardo, da Assessoria de Imprensa de Furnas, em reunião que teríamos na segunda feira em São Paulo. Ele não foi. Ficou no Rio de Janeiro, abatido por uma gripe. Hoje conversamos por telefone e perguntei pela saúde dele:
- Estou mal, comandante. Peguei a gripe do "porquinho da Índia"...
Estes cariocas...

FRASE

"A nossa incerteza é preenchida pela certeza do inimigo". Jornalista Yara Peres, ao ministrar um Media Workshop. A Yara também é blogueira, comenta assuntos relacionados ao Jornalismo, por isso recomendo uma visita ao Blog da Yara.

CADEIRINHA DA FRENTE

Num 'post' anterior fiz referência à "cadeirinha da frente". Na minha infância, em Belzonte, os coletivos tinham cadeiras individuais, ao lado do motorista, tendo o motor do veículo a separá-los. Os meninos tinham uma atração especial por este lugar, que era chamado de "cadeirinha dos bobos", pelo perigo de ferimentos em caso de acidente.
Uma época, a Prefeitura destinou a tal "cadeirinha", preferencialmente aos idosos e o lugar passou a ser designado como "cadeirinha dos véio".
Lembro de uma ocasião, sai com o meu Bruno, que devia ter uns 5 ou 6 anos. Passamos a roleta e ele foi direto para a cadeirinha. Chamei-o para perto de mim e disse baixinho: "Ali é a cadeira dos bobos, fique aqui com o papai..." Ele obedeceu, mas ficou de olho no lugar almejado. Daí a pouco um homem sentou-se lá e o Bruno, perguntou em voz alta, para deleite dos passageiros que estavam próximos a nós: - Pai, aquele homem é bobo?
Não respondi, mas acho que era.

CHARGE

Reencontrei uma charge que resume a atual situação no Senado Federal. Não consegui entender o nome do desenhista, mas a encontrei no blog Opinativas.

UM VÔO LONGO DEMAIS

Volta para casa, fim do dia, cansadão, avião lotado; duas pessoas embarcaram em cadeiras de rodas; uma outra com a perna quebrada; um cego; um com máscara descartável "anti-gripe"; crianças de montão, de todas as idades e tamanhos. Mais. Um funcionário de um Ministério, cônscio de sua importância, exigindo a cadeirinha da frente. Antes do avião decolar, esse pessoal todo teve que ser acomodado, 'relocando' quem já estava assentado. A loira, chefe das comissárias, corria para todo lado e não contava com a colaboração dos demais passageiros que a chamavam a cada momento.
Ao meu lado, um casal, em que o homem fingia estar "dirigindo" a aeronave, quando esta taxiava. Temi que pudesse haver incompatibilidade entre o sistema de controle do avião com "o" do meu vizinho de poltrona...

FOI ASSIM

Uma tentativa de carinho + um papel que cai ao chão + o reflexo de se impedir a queda = um olho roxo.

28 de jul de 2009

SEMÂNTICA PEJORATIVA

Levei um susto ao ver a manchete de hoje do Diário da Amazônia. Susto que se transformou em indignação. 'Moleque de 13 anos mata comparsa de 15' - gritava a chamada principal. O que me enraiveceu foi a utilização do substantivo 'moleque', que tem uma carga semântica negativa. É claro que o fato de positivo não tem nada, mas há formas e formas de se dizer alguma coisa. Ainda mais uma semana após a divulgação do Índice de Homicídios na Adolescência (IHA). Perdeu-se a oportunidade, mais uma vez, de se tratar um problema social como deve ser tratado: com cuidado e critério.

DE MÍDIA E GRIPE

Hoje, ao assistir ao meu primeiro telejornal do dia, fiquei sabendo que fazia parte de três grupos de risco da influenza A. Depois me conformei com um texto do Celso Lungaretti, que tem o singelo título: "A gripe suína e a epidemia do mau jornalismo". Confira.

LÁ VEM...

A TV Globo está colocando no ar uma série de matérias mostrando a "devastação" da floresta amazônica em Rondônia, inclusive onde não havia floresta e sim cerrado.
Podem preparar que está vindo alguma coisa aí atrás. A simbiose Globo - Governo Federal é forte e perene.

VÔO CEGO (OU E O 'PEOPLEWARE'?)

Porto Velho deverá ser uma das quatro cidades a receber o novo brinquedinho da Polícia Federal, o Veículo Aéreo Não Tripulado (Vant), lançado ontem em São Miguel do Iguaçu (RS), pelo ministro da Justiça e futuro candidato a governador Tarso Genro.
O avião é controlado remotamente, tem autonomia para 37 horas e carrega uma série de câmeras de alta precisão. Aqui, a estrovenga seria usado para vigiar fronteiras e combater o tráfico de drogas.
Até aí tudo bem. Comprar equipamento não é problema, o problema é contratar as pessoas que controlam estas bugigangas. Conheço um certo centro de vigilância que, quando as câmeras funconam, não tem ninguém em frente aos monitores para analisar as imagens.
Não sou pessimista, mas realista. (Foto Isaac Amorim/MJ)

27 de jul de 2009

DICA DE BLOG

Quem vem para a blogosfera é o companheiro Marcos Paulo. Visite o Informeio. É sangue novo na praça.

MEU PAIPAI!

Comentei aqui sobre a majoração do preço da energia gerada em Itaipu, que o Brasil recompra do Paraguai. O preço atual vai ser três vezes a maior (o preço era de US$ 120 milhões e passa a US$ 360 milhões).
Mas não é só isso: Como bonus plus, os paraguaios vão ganhar uma linha de transmissão no valor de US$ 450 milhões, ligando a hidrelétrica de Itaipu a Assunção.
O DEM já esperneia, pois pretende bloquear os mimos no Congresso Nacional. Se for à votação. Se for.

RUBINHO BROS.

Como diz a Mar, "Ô povinho que não perde tempo, B!" (Kibe Loco)

PARA ENCERRAR

Muitos participantes do 12° Interclesial trouxeram como recordação cocares e os tais "paus da chuva". Duas coisas: no imaginário geral, a Amazônia ainda é terra só de índios; dois - pobres das aves, que perdem as penas para a confecção de artigos.
Conversando com a senhora da loja de artesanato na praça Madeira-Mamoré, ela nos dizia que o Ibama proibiu (se pudessem proibir alguma coisa) os índios de usar penas de aves silvestres em suas atividades. Os índios, por sua vez, se recusam a fazer artesanato usando penas de galinhas.

COINCIDÊNCIAS

Enquanto eu redigia a nota anterior, ainda no hotel, ouvi na tevê uma reportagem em que dois suspeitos acusam o dono da Gol, Nenê Constantino, de mandante de um crime, não sei se consumado.
Eu já tinha falado mal da Gol anteriormente, e ao descer para o lobby, onde ia esperar o taxi, vi que havia uma reunião dos funcionários da empresa aérea. Pensei: Pronto! fui descoberto...

CHORÃO

Depois de passar horas em aviões lotados e ficar ao leo em Cuiabá, cheguei a São Paulo, onde os termômetros oscilavam entre 17 e 19°. Tive o desprazer de pegar um taxi da Coopguarulhos. Desprazer por ter que ouvir durante 40 minutos o choro do motorista, que não gostou de eu ter anunciado que o pagamento da corrida seria pelo convênio. Antes de embarcar, fui até o quiosque, me informei e recebi o carimbo de autorização para o pagamento.
Sem paciência nenhuma, cortei a conversa sugerindo ao motorista duas alternativas: que reclamasse na cooperativa dele ou que mudasse de ocupação.
Nada mais disse nem foi perguntado.

TUDO LOTADO

O final do Interclesial provocou um grande congestionamento no aeroporto Jorge Teixeira. Os vôos começaram a sair lotados desde a tarde de sábado, continuaram assim na madrugada e tarde de domingo. Para chegar ao meu destino, tive que ir para o aeroporto de Guarulhos e depois pegar um taxi para Congonhas, atravessando a cidade de São Paulo de ponta a ponta.
Na conexão em Cuiabá, os funcionários da Gol batiam cabeça. Fizeram o check-in na pista mesmo, em meio a uma garoa.
Agora tomo coragem para enfrentar o frio e ir para o escritório na Marginal Pinheiros, do outro lado da cidade. Eita.

26 de jul de 2009

UM PARTIDO QUE FOI GRANDE

Ao ler a chamada da revista Veja, que está nas bancas (PMDB - Da democracia ao fisiologismo), lembrei-me que há alguns anos o dr. Aparício Carvalho perguntou qual era o meu partido de "coração". Respondi de bate-pronto: PMDB. Mas expliquei-lhe porque eu não estava mais no partido. O Dr. Aparício balançou a cabeça em sinal de aprovação.
Com todo respeito ao senador Pedro Simon, ao prefeito Confúcio Moura, à memomória do dr. Ulysses Guimarães e outras exceções, ô partidinho vagabundo!

INEXORÁVEL

O frei Leonardo Boff 'cortou' o professor Adilson Siqueira, quando este quis colocar em discussão a construção "dasuzina", durante o debate no "Sempre um Papo", na noite de quinta-feira.
Gente, vamos discutir o porvir e não o passado. Acho que é por aí.

FRASE

"Ela não tem amiga". Mar, ao comentar a foto da capa de uma revista local, onde uma pessoa posa em uma posição ridícula, com uma roupa ridícula, pensando ser o "o" do borogodó. As demais fotos da revista seguem o mesmo padrão. Roupas, acessórios e ambiente, nada combina com nada. Nem com as gordinhas. Ridículo, repito.

25 de jul de 2009

BAIXA NA F1

Felipe Massa foi nocauteado por um objeto voador não identificado. O Galvão Bueno apresenta as mais fantasiosas explicações para o acidente.
O sábado amanheceu frio, quebrei meus óculos e o Felipe Massa bate o carro. Hoje promete...
Atualizando: A peça saiu do carro do Rubinho.

24 de jul de 2009

UMA PRECE

Dom Moacyr Greschi em visita pastoral ao Presídio Urso Branco. (Foto Decom)

DICA DE CRÔNICA

Quem gosta de história bem contada e de causos, deve ler as crônicas que o doutor Paulo Saldanha está publicando no Gente de Opinião. Não percam.

'QUÉ VIM, VEM!'

Classificados:

NO NOSSO ITAIPU É REFRESCO

O presidente Lula deve anunciar hoje que o Brasil vai pagar, pelo menos, três vezes mais pela energia gerada em Itaipu para o Paraguai. A exigência foi promessa de campanha do presidente deles, Fernando Lugo. O assessor para assuntos aleatórios da Presidência, Marco Aurélio "top-top" Garcia, disse que o atendimento faz parte da política [externa] de boa vizinhança.
Para mim essa política tem outro nome: "Política de Pernas Abertas e de Livre Entrada e Saída".
Perdão pela metáfora.

FALANDO NISSO

Está no ar mais uma campanha da Assembléia. Falam da regularização da profissão de motoboy. Até aí tudo bem. O locutor lê a lista de exigências que o motoboy teria que atender para exercer a atividade. Tudo ilusão. Mas ao final do comercial, você fica com a impressão que estão falando do mototaxi, que hoje é quem ocupa as ruas e o imaginário coletivo.
Eu fiquei confuso e perguntei à Mar: Estão falando do motoboy ou do moto táxi?

DEUSÚLIVRE!

Se a tal friagem chegar por aqui mesmo, estaremos lascados. Às 6h está um calor danado, às 15h parece que o sol está derretendo tudo. Imagine se a temperatura cair assim, de repente. Vai ser gente doente pra todo lado.

SONHO & PESADELO

Assistimos ontem, atentamente, à entrevista concedida pela secretária de Transportes de Porto Velho, Fernanda Moreira ao programa "Jornal da Rede", apresentado por Adão e a Yonnara. Fernanda contou que os taxistas voltaram atrás e acabaram com o taxi lotação; que a regularização da atividade de mototaxi é proibida pela Lei Orgânica do Município e que há R$ 4 milhões "dasuzina" para aplicar no Plano Diretor de Tráfego (tem outro nome, mas só me ocorreu este). Isso tudo é o sonho.
O pesadelo agora: Sonhei que chamava um taxi para a Mar. A operadora perguntou o endereço e eu informei. Ela, então, perguntou em que setor da cidade estava e eu disse que não sabia. A telefonista orientou para que eu olhasse no portão da minha casa, que após o número havia um dígito. Para minha surpresa, estava lá pregado o algarismo 1, em romano. A mulher então disse que eu morava no Setor I, e que à tarifa que fosse apurada no taxímetro, seria somada um percentual em dólar! Acordei.
Pensando bem, eu mesmo levo a Mar no nosso carro.

23 de jul de 2009

NEM ILHA, NEM PRESÍDIO

O urubu pousa no local onde existia o presídio da ilha de Santo Antônio. E agora, José?
(Foto JCarlos)

FRASES

"Onde há fumaça, há fogo". Jornalista Andréia Fortini, abrindo uma matéria sobre queimadas em Porto Velho.
"Nossinhora!" Eu, admirado.

HEIN? - 2

Ligo para a Ceron para falar com uma determinada pessoa.
- Gostaria de falar com o senhor XXX.
- Ele não está, deu uma saída.
- Tá certo. Você poderia transferir para a Assessoria de Imprensa?
- Assessoria de Imprensa? Aqui é a diretoria de XXX...
- Sim, eu sei. Estou estou pedindo para transferir para a Assessoria de Imprensa.
- Olha, eu sou estagiária, se tem Assessoria de Imprensa aqui, nunca ouvi falar...
- Deixa prá lá. Vou ligar de novo na PABX e peço a telefonista. Obrigado...

HEIN?

Lendo a programação do "Amazônia Encena na Rua", que está sendo realizado em Porto Velho, deparei com esta sinopse de uma peça. O material é (deveria ser) dirigido a quem não tem acesso ao teatro, mas o texto... Leiam e me expliquem depois: "(...) Montar Qorpo Santo significa abandonar o teatro realista apoiado em princípio interpretativo da mímese e adentrar num teatro surrealista ou absurdo ou moderno ou outra coisa. É isso que o teatro de Qorpo Santo: Um desfile de imagens que procuram refletir o universo do incosciente do autor através de formas inovadoras. (...)"
Ou outra coisa.

DEU NO JN

"A partir desta quinta-feira, uma forte onda de frio chega ao país. Um ciclone extratropical no oceano e uma área de alta pressão atmosférica na Argentina formam uma espécie de corredor que traz um grande volume de ar gelado. O dia começa com 4ºC em Porto Alegre. À tarde, a friagem chega a Porto Velho, onde a máxima não passa de 28ºC". Comentário da Mar: "Friagem? 28 graus? Que vergonha, meu Deus!" (G1)

EU NÃO DISSE?

Três casos de influenza A em Porto Velho.

PROCURA-SE

Não vale genérico. (Foto JCarlos)

22 de jul de 2009

IN BORD

Hoje, dia de seu aniversário, o prefeito Roberto Sobrinho está navegando de alegria.
Atualizando: Não entendeu? Hehehe...

FRASE

"É, ué". Domingos Araújo Carvalho, taxista maranhense, respondendo em "portovelhês" a uma pergunta do repórter Donaldson Gomes, do jornal A Tarde, de Salvador, que veio a Porto Velho para o evento da concretagem da UHE Santo Antônio.

SEM NOVIDADE

Os mais jovens podem pensar que é novidade a nova modalidade de transporte coletivo, o taxi lotação, mas não é. Antigamente o taxi lotação era utilizado no aeroporto "Belmont" e sempre foi usado na rodoviária.

QUEM AVISA...

Já temos casos de influenza A no Mato Grosso, Acre e Bolívia. Aqui, afora uma entrevista do representante da Anvisa, sobre os casos de gripe na Bolívia, mais nada de concreto.

DEPRIMENTE

A Jovem Pan está rodando as gravações dos filhos e netos do Sarney pedindo emprego no Senado. Já são quase 10 minutos...
Uma vergonha.

21 de jul de 2009

ELEIÇÕES 2010

O que era velado agora é ostensivo: Eduardo Valverde e Fátima Cleide estão de um lado; Roberto Sobrinho de outro.

DIÁLOGO INSÓLITO E FAMILIAR

- O JP está lavando o carro...
- O Sipam acertou, então.
- ???
- Veja a previsão do tempo: "Terça, 21 / Jul - Claro a parcialmente nublado"

FALANDO NISSO

Uma nova comunidade está se formando ao lado da antiga localidade de "Trata Sério", na margem esquerda do Rio Madeira, pouco acima de São Domingos e antes de chegar na Cachoeira dos Macacos.
É que a localidade será atingida pelo reservatório da UHE Santo Antônio, os antigos moradores já foram cadastrados para serem indenizados e os "expertos" querem uma beirinha ou criar confusão. A má fé é visivel ao se notar que as casas novas foram pintadas de preto para parecerem antigas...
Anotem.

PROFISSÃO: SEM TETO

Estava lendo a matéria do Rondoniaovivo sobre uma reitegração de posse no bairro Lagoinha e encontro no meio do tumulto o nome do lider do movimento: José Alves. Se não for homônimo, é o mesmo que ocupou a área destinada à construção da Escola Técnica Federal (que até agora a obra não passa do barraco, que serve de canteiro de obras). Lembram?

INCOMPETÊNCIA ASSUMIDA

Desde ontem os "saites de notícias" de Porto Velho estão publicando uma matéria da Agência Brasil em que se noticia que a retirada dos ribeirinhos da área de Santo Antônio não foi pacífica. Se eu fosse editor de saite, ficaria envergonhado de ter levado um furo de uma pessoa que passou um dia e meio em Porto Velho (contando o intervalo da noite) e "descobriu" o que os jornalistas daqui não sabiam.
Eu, se fosse um desses editores, repito, iria atrás para saber que comunidade é essa que foi violentada em seus direitos humanos e por que a Justiça, a Imprensa e as ONGs, exceto o MAB, não se manifestaram.
Quando a Imprensa caripuna deixará de ser uma mera repetidora de textos alheios e irá investigar o que ocorre ao seu redor?

DICA DE BLOG

Na verdade é um fotolog, pilotado pelo fotógrafo Xando Pereira, do jornal A Tarde de Salvador e que esteve em Porto Velho no evento da concretagem da UHE Santo Antônio.
(Foto Xando Pereira)

SUGESTÃO DE AGENDA
















Adendo ao convite: "Espero vocês lá. E, lógico, que comprem o livro. Lúcio"
Atualizando: O lançamento foi adiado para o dia 30.

QUEM GUARDA TEM

(Fotos JCarlos)

MICARETA

Acompanhei Mar à cerimônia de entrega de troféus e medalhas aos atletas que disputaram as Olimpíadas Universitárias. Fiquei com pena do professor Luiz "Luizão" Gouveia.
O evento parecia com um antigo programa de TV, da década de 1970, que se chamava "Nesta Noite Se Improvisa". O cerimonial chamava quem não estava presente e ignorava quem estava. Eu via a hora em que o Luizão atropelaria os "mestres de cerimônia" com a cadeira de rodas.

AINDA NESTE ASSUNTO

Com relação à aftosa, o governo estadual tomou providências, criou um cordão sanitário e entrou em território boliviano para vacinar o gado. A aftosa, todos sabem, afeta o ser humano no bolso. Espero que a influenza A receba o mesmo cuidado, especialmene nesta época de verão, tempo seco, queimadas e aparelhos respiratórios debilitados.

20 de jul de 2009

ALERTA

Vi apenas na TV Candelária (RO Record): Na Bolívia foram detectados inúmeros casos da influenza A, especialmente em Santa Cruz de La Sierra,onde estudam jovens residentes em Rondônia. Pois bem, esse povo está voltando para casa, seja por causa das férias escolares, seja por medo da contaminação. E não há nenhum plano de contingência por aqui.

E AGORA SEDAM?

Está no ar há uns dias um alerta da Sedam à população: quem queimar mato, pasto, floresta ou papelzinho vai levar pesadas multas. Ah, tá. Pena que isso sirva apenas para quem está do lado de cá do balcão. Hoje à tarde uma área enorme pertencente ao governo do estado estava ardendo em fogo, deixando o ar ainda mais pesado e a cidade mais suja. E aí, senhores protetores da terra? Multa é só para os pés-rachados?

DIA DO AMIGO

Recebi uma simpática ligação do meu amigo Hokney França, pela passagem do Dia Internacional do Amigo.
Um grande abraço e saiba que o sentimento é recíproco.

E ENTÃO?

Os taxistas, ao protestarem contra os moto taxistas, pintaram nos parabrisas de seus carros o dístico "Cidade sem lei", numa provocação às autoridades constituidas. Agora, leio no Gente de Opinião que os mesmos taxistas vão aderir à ilegalidade do taxi-lotação. É o roto falando do mal lavado...
Ou seria o contrário?

19 de jul de 2009

O CARA

Revia ainda há pouco o comentário do Éverton Leoni, no Câmera 11, sobre a ausência do Léo Ladeia, naquele dia no programa. Éverton disse que a Santo Antonio Energia e a Odebrecht o convidaram para ser capataz da usina, mas que ele não aceitou. Na verdade não é isso. Quem descobriu o que o Léo faz nas horas vagas foi o Marcelo Prado, que o fotografou no mega empreendimento soteropolitano, que ele toca quando ninguém está vendo.
(Foto e edição Marcelo Prado)

PASSARELAS

Após ter sido vencida pela Lei da Gravidade, que ainda não foi revogada, a empresa que constrói as passarelas sobre a BR-364, no trecho duplicado, iniciou a instalação de passarelas metálicas. Anteriormente, foram instaladas passarelas em concreto e uma caiu, infelizmente matando um operário.
Não sou engenheiro, mas continuo sentindo falta de uma estrutura de apoio sob a passarela, no meio da pista. Aliás já disseram que como engenheiro, sou ótimo jornalista... Espero estar errado desta vez.
(Fotos JCarlos)

'PRACAS'

(Fotos JCarlos)

17 de jul de 2009

MAIS UMA DO LÉO

A ver o vereador Zequinha Araújo, Léo Ladeia deu-lhe um forte abraço e falou alto: - Meu deputado!!!
Depois explicou para quem estava perto: - O Zequinha já foi vereador por cinco vezes. Pode ser "promovido" a deputado!

ALUGAÇÃO

Não torço por time nenhum, mas por ser mineiro, não param de me azucrinar.

Camisa do Cruzeiro= R$ 150,00
Ingresso para o jogo do Cruzeiro= R$ 80,00
Faixa de campeão antecipado= R$ 10,00
Comemoração antecipada no buteco= R$ 30,00
Ver o Veron acabar com o Cruzeiro não tem PREÇO!!!!!!!!
PRO RESTO TEM, HAN, TEM MASTER CARD!!!!

DIPLOMA

O leitor envia esta observação:
Penso que o diploma é necessário sim.... Abaixo segue uma chamada do rondônia agora...
"Inep adia inscrições do Enem até o próximo domingo"
Não seria melhor escrever "prorroga"?

FRASE

"Quem, de vocês dois, é o Zé de Nana?". Emerson Castro, se dirigindo ao Léo Ladeia e a mim. O Léo respondeu que o Zé é ele mesmo, o Zé de Nana, e que nós dois somos admiradores da franqueza dele. Mas o vice-prefeito não se convenceu... Vamos ter que pedir uma audiência e apresentar o Zé ao Émerson.

SÓ FALTAVA ESSA

Não sei se é a CIA, o FBI, a revista Veja, ou algum inconformado. O que sei é que semanalmente some o lixo lá de casa, sem o caminhão da Marquise passar. Não pode se dizer que é o pessoal que recolhe material reciclável, o consumo de cerveja e refrigerante em lata não vale o esforço. Outra coisa: eu não tenho costume de imprimir extrato da conta bancária (se esse for o motivo da espionagem, coitado dele...).

EU É QUEM SOU EXAGERADO

Ouço na Parecis (mais ou menos assim): "Não perca o 'clássico' Genus e Nacional, de Manaus, pela série 'D' do Brasileirão. Antes do jogo, uma apresentação de uma 'super banda de forró!'"
Me incluam fora dessa!

16 de jul de 2009

VAMOS APARATAR


O JP, como muitos outros garotos de 11 anos, é fã do Harry Potter e esperava com ansiedade a estréia do Enigma do Princípe. Ontem fomos matar a curiosidade e saudade da turma de Hogwarts. Assim como nos filmes anteriores, a fotografia é ótima, mas agora o clima é mais sombrio. Parece até "mais real", apesar de que ficaram muitas coisas soltas. Vou assistir novamente mais tantas vezes, assim como os outros cinco, e esperar pelos dois últimos episódios. (Foto: Omelete)

NO PALANQUE

O Léo tem razão quando diz que o melhor marqueteiro do gov é ele mesmo. O palanque montado em Jirau é de tirar o chapéu. Literalmente.

15 de jul de 2009

JÁ COMEÇOU

O verão começou e os idiotas começaram a botar fogo no mato. (Foto JCarlos)

SEM REVISÃO


Esse 'desvio ortográfico' não é assim uma coisa absurda. Parece mais falta de atenção mesmo. Sempre quando vejo esse tipo de coisa fico pensando: como é que a criatura aceita um trabalho porco como esse? E olha que o propósito é vender algo. Lembro-me do outdoor que ficava em frente a uma faculdade ali da Jorge Teixeira em que anunciava um curso de "Econômia". Vai ver que a história é a parecida com a que o Zé Carlos me contou. Quando deram conta de um erro ortográfico em uma faixa para a Seduc foram reclamar com o seu menino que fez o serviço. Entre um tantão de papel ele encontrou a frase que veio pronta da secretaria e provou que apenas havia reproduzido a macacada. E olha que veio da Secretaria de Educação. (Foto: Eliênio Nascimento)

QUE PAÍS É ESSE?

Chamada do "Jornal da Manhã", da Jovem Pan (Rádio Parecis), hoje: "Lula vai a Alagoas dar um abraço em Collor e elogia Renan Calheiros". Putz! O mundo mudou e eu não vi.

14 de jul de 2009

POESIA GRÁTIS


O cineclube CineOca volta a fazer sessões gratuitas de exibição de filmes. A reestréia é nessa quarta, às 20h, no Audicine do Sesc. Patativa do Assaré- ave poesia, de Rosemberg Cariri é o título da noite, que dará o gostinho de coisa boa das quartas-feiras seguintes. Vamos lá, pessoal! Poesia não faz mal a ninguém.

FLOZÔ

Quem está gostando do bloqueio lá no canteiro de obras da UHE Jirau é o meu vizinho. Hoje ele não precisou levantar às 5h e após o almoço pôde tirar um chochilo. Agora há pouco estava ali na calçada jogando conversa fora sob a sombra do jambeiro. A programação do final da tarde é os telejornais para saber se o protesto acabou ou não. Digo a ele que é melhor telefonar para empresa, se quiser ficar bem informado.

SEM SALÁRIO MATERNIDADE

Duas amigas minhas estão "de cara" com a falta de respeito com a qual estão sendo tratadas pela administração do jornal em que trabalham. As duas estão de licença maternidade e até agora (8h45) não receberam o salário do mês!! Bons tempos aqueles em que o INSS cumpria com esse dever. Já disse a elas: denunciem! Mas as meninas acham que não adianta. Então tá, os nenéns vão ficar sem ver a estréia do Harry Potter.

INDIGESTO

É de perder o apetite. A comparação é um pouco exagerada mas foi o que eu lembrei quando vi essa foto. Domingo de feira lá no Cai n'Água. Pastéis, sucos, bolos, sangue de galinha escorrendo pelo chão, esgoto fazendo as vezes de tapete. Ah, sim. Antes que me apedrejem, cenas assim não são exclusividade de Porto Velho, mas por isso pode continuar desse jeito? Acho que não. (Foto: Eliênio Nascimento)

10 de jul de 2009

AO VENTO

(Foto: Eliênio Nascimento)

FALTA DE ÉTICA OU O QUÊ?

Já pensou chegar em casa e encontrar a sala lotada de gente que foi convidada para uma festa que não foi organizada por você? O exemplo serve para ilustrar o que aconteceu na tarde de quinta-feira na sede do Ministério Público Federal, em Porto Velho. O governador agendou audiência com o procurador-chefe do MPF, Francisco Marinho, e o Decom aproveitou para convocar entrevista coletiva, com a promessa de que seria “bombástica”. Isso sem avisar os donos da casa. Resultado da deselegância: a tal coletiva aconteceu do lado de fora do prédio. E ainda teve coleguinha que não entendeu o motivo. Haja!

IMPRENSA EM RONDÔNIA

Aguardo, com ansiedade, a sexta-feira dia 24, quando está marcado o lançamento do livro "Da caixa francesa à Internet - 100 anos de Imprensa em Rondônia", do Lúcio Albuquerque, que já é um imortal.
No livro, muita pesquisa sobre a Imprensa caripuna e causos dos coleguinhas. Eu também conto umas lorotas, por bondade do Lúcio.

Sobre a tal caixa francesa, o autor explica: "O que é “Caixa Francesa? perguntarão alguns, mesmo quem tenha se formado em Comunicação e que, pela própria evolução técnica, o termo caixa francesa nem conste mais nos currículos.
Em síntese: Atualmente a composição gráfica é eletrônica, computadorizada. Antes dela o meio mais moderno era a feita por uma linotipo, uma espécie de máquina de escrever que operava compondo textos em peças de chumbo. Sua antecessora foi a tipografia, onde os gráficos de então compunham os textos feitos pelos redatores usando para tal peças de madeira ou metal que nas pontas tinham um dos sinais gráficos. Eram empilhados numa peça chamada “componidor” onde os sinais gráficos formavam o texto.
Os gráficos de então chamavam a esse método de caixa francesa."

SEM REMORSO

Como o Aluizão está fora do páreo para sediar as solenidades de abertura da Copa do Mundo de 2014 (lá vem o verde-amarelo sazonal!), atendi ao convite do Lúcio Barros e votei em Beagá como cidade sede da abertura.
Quem quiser participar, clique aqui: X. Do lado direito, no fim da página, tem um box onde deverão votar.

UMA BOA PERGUNTA

"A ironia no seu melhor estilo: 2000 pessoas contraem a gripe suína e todo mundo já quer usar máscara.25 milhões de pessoas têm AIDS e ninguém quer usar preservativo.."
(Obrigado, Ivalda)

A TROCA

Se a oposição pressionava para o início dos trabalhos da CPI da Petrobrás, dando corda às denúncias contra o presidente do Congresso, José Sarney, ALÉM DE parentes e assessores dele; com a instalação da dita cuja, fica tudo "zerado"? Passa-se a régua em todas as denúncias?
É uma pena que a crise "acabou" sem que o pmdb ter cumprido o que prometeu: devolver todos (eles disseram "todos") os cargos que o partido tem no governo.
Também ninguém acreditou...

9 de jul de 2009

CHEGA DE SAUDADE

A Imprensa caripuna está muito saudosa nos últimos dias e noticiou seguidamente: "Última festa junina na Vila de Teotônio"; "Última procissão de São Pedro por este percurso"; "Última festa Flor de Maracujá no local 'tradicional'"; "Último carnaval fora de época na BR-319"... E assim vai a falta de criatividade.

EM ESPANHOL

(Foto: Eliênio Nascimento)

AI, AI

Radiouvinte compulsivo, mesmo que em alguns (muitos) momentos prefira desligar o rádio, ouvi essa pérola matutina: "O tempo vai continuar quente em Porto Velho, com a temperaturas variando entre 22º a mínima e de 34º a máxima. A previsão é do Serviço de Meteorologia da Base Aérea de Porto Velho. Como dizem... esse aquecimento global... o tempo já não é o mesmo... Parece que o verão chegou para valer... (...)" Não quis ouvir o restante da previsão...

SALA DE QUÊ?

Para mim, sala de espera é sinônimo de sala de tortura. Não gosto de esperar ninguém e não gosto de fazer ninguém me esperar. Então quando vejo as revistas disponíveis nesses espaços "para passar o tempo", já vou sofrendo com antecipação. Na foto, o detalhe do que há disponível na recepção de uma estatal, em Porto Velho. (Foto JCarlos)

8 de jul de 2009

MINERIM BÃO

O Seu Antônio, aproveitando a viagem a Belzonte, foi ao médico fazer um 'xecápi'.
Pergunta o médico. - Sr. Antônio, o senhor está em muito boa forma para 40 anos.
- E eu disse ter 40 anos?
- Quantos anos o senhor tem?
- Fiz 57 em maio que passou.
- Puxa! E quantos anos tinha seu pai quando morreu?
- E eu disse que meu pai morreu?
- Oh, desculpe! Quantos anos tem seu pai?
- O véio tem 81.
- 81? Que bom! E quantos anos tinha seu avô quando morreu?
- E eu disse que ele morreu?
- Sinto muito. E quantos anos ele tem?
- 103, e anda de bicicleta até hoje.
- Fico feliz em saber. E seu bisavô? Morreu de quê?
- E eu disse que ele tinha morrido? Ele está com 124 e vai casar na semana que vem.
- Agora já é demais!
- Diz o médico revoltado.
- Por que um homem de 124 anos iria querer casar?
- E eu disse que ele QUERIA se casar? Queria nada, ele engravidou a moça...
(Obrigado, Querino)

SE NÃO TEM CÃO...

Se não tem índio isolado, encontram macaco raro. Não entendeu? Crica aqui.

CADA UMA

O post da Mar, contando a aventura do nosso tantã, me lembrou essa foto, cuja legenda (maldosa) é "Baiano no tiroteio". (Foto: Internet)

AFASTA AÍ

Imagina a cena: Um menino jogando videogame em uma lan-house é interrompido pela entrada súbita de “três caras com armas na mão”. Ele continua jogando, mas em dado momento se irrita com a confusão. “Ei, dá pra você roubar um pouquinho mais pra lá que eu to jogando?”. E o ladrão diz pro garoto: “Tu ta é jogando, cara? Deita no chão agora!” E o menino, teimoso como só ele sabe ser, continuou apertando os botões. Os ladrões fugiram levando quatro playstations. “Menos o meu!”, diz com tom vitorioso o JP. Eu não sabia se chorava ou se ria.

BARSA PARA TODOS

Quem disse que a internet acabou com a tradicionalissíma enciclopédia Barsa? Tem gente que nem se importa com o horário do trabalho. "Hoje vou fazer só o do almoço", disse o rapaz ao Eliênio. E continuou deitado, lendo com interesse um dos tantos volumes da quase falecida. Nessa manhã alguns motoristas que estacionam na Floriano Peixoto não foram abordados pelo flanelinha.
(Foto: Eliênio Nascimento)

CONTINUO INSISTINDO

DIPLOMA? PARA QUE?

O Antônio me envia algumas manchetes de jornais para mostrar que o ministro Gilmar Mendes está certo. Diploma, para que? Algumas:
"Zé, já que você está em campanha, seguem "palavras de ordem". Confira uma coleção de erros em frases de jornal publicadas sem uma revisão adequada e que muitas pessoas nem percebem.

A nova terapia traz esperança a todos os que morrem de câncer a cada ano:
Jornal do Brasil
Apesar da meteorologia estar em greve, o tempo esfriou ontem intensamente.
O Globo
Os sete artistas compõem um trio de talento.
Extra
A vítima foi estrangulada a golpes de facão
O Dia
Os nossos leitores não vão nos desculpar por esse erro indesculpável.
O Globo
No corredor do hospital psiquiátrico os doentes corriam como loucos.
O Dia
Ela contraiu a doença na época que ainda estava viva
Jornal do Brasil
Parece que ela foi morta pelo seu assassino
Extra
Ferido no joelho, ele perdeu a cabeça
O Dia
O acidente foi no triste e célebre Retângulo das Bermudas
Extra
O tribunal, após breve deliberação, foi condenado a um mês de prisão
O Dia"

7 de jul de 2009

SE QUISER

Ser mal atendido, mal servido e "malovido" não é novidade nenhuma aqui em Porto Velho. Todo bichinho de orelha sabe disso. Mas peralá! Uma semana inteira já é demais! Pedreiros incompetentes e irresponsáveis, comerciante desonesto, cliente enrolado... Agüentei até a hora que a desgramada de uma secretária ou sei lá o quê de uma assistência técnica me liga pra dizer que o técnico só poderá "estar vindo" à minha casa na quarta-feira à tarde. Como é que é? "Se a senhora quiser, se não..." Isso depois de me deixar três dias esperando o 'especialista' aparecer para fazer a antena funcionar. Fiz questão de relatar o episódio à Sky e gerar o famoso protocolo. Não sei se a empresa dela vai perder o contrato com a Sky (me disseram que há outras reclamações), mas que uma bela chamada ela vai levar, ah isso vai! Acho é pouco.

SEM LEGENDA

(Foto Gonzalo Fuentes/Abril)

FRASE

"Ninguém precisa ficar deprimido por isso, mas o noticiário da semana dá a entender que o único cara decente, lúcido, honesto e corajoso em Brasília é o senador Tião Viana. É duro, né não?" Tutty Vasques. Bom, como sempre.

"COLABORADOR"

Viram, aí do lado? A Mar resolveu banzeirar também. A estréia seria hoje de manhã, mas ela se enrolou e não postou o comentário, o que deve acontecer a qualquer momento.
O título está entre aspas para não gerar vínculo empregatício...
(Tô brincando, B!)

MICHAEL JACKSON

TV Globo e Record News: Programação normal e o melhor do funeral. (Foto Mark J. Terril/AP)

TEM COISAS QUE EU NÃO ENTENDO

Deu no Gente de Opinião: "Carnaval fora de época da Uniblocos". Mas esse pessoal não era contra o carnaval fora de época?

E A CEFET?

O nome certo é Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia, mas chamo de Cefet. A pedra fundamental foi lançada dia 28 de maio e desde então só foi construído o canteiro de obras.
Perguntei o porquê e obtive várias respostas. O terreno não está liberado. Deram o que não tinham e a obra parou, ou melhor, nem começou.
Outro entrave: o lançamento da pedra fundamental foi na tarde de uma quinta-feira, na segunda, quando os operários da construtora chegaram para trabalhar encontraram várias famílias ocupando o terreno. Os caras passaram o final de semana construindo os casebres e eram representados por uma ong, cujo nome ainda não sei, mas quando souber conto.
Ô Brasil!

NÚMEROS INFLADOS

Já questionei aqui (e ninguém respondeu ou contradisse) o número que é reproduzido há "trocentos" anos que Porto Velho tem apenas 2% da cidade servida de rede de esgoto.
O município tem, aproximadamente, 400 mil habitantes. Destes, pelo menos, 300 mil foram ao Arraial Flor de Maracujá, segundo o professor Luizão.
Já o pessoal do Bloco Maria Fumaça espera, só de pipoca, 80 mil pessoas por noite, no carnaval fora de época, que começa esta semana.
Tem alguma coisa de errada na matemática ou nas cabeças dos organizadores de eventos.

SEM MEMÓRIA

O Decom noticia, com atraso, a apreensão de gado que seria levado para o Mato Grosso, sem o pagamento de tributos. Ora, ora, ora. Esse tipo de contrabando é mais antigo que a serra (para não dizer outra coisa). No governo Jerônimo Santana, a pedido dos moradores do Cone Sul, foi construída uma ponte sobre o rio Cabixi, que separa Rondônia do Mato Grosso. Era por ali que saiam as vacas. E onde a vaca vai o boi vai atrás, já dizia uma musiquinha idiota, também do passado.

DEFINIÇÃO

Uma repórter, ao apresentar um programa de coleta seletiva, deu esta definição para o resíduo: "O lixo é tudo o que sobra das atividades domésticas ou industriais". Lembrei de uma redação escolar do JP.
Tá faltando editor competente na cidade.
E escola de Jornalismo, também. Credo!

TROTE

Ouvia o programa do Mução (ou Mussão?) no carro onde eu pegava uma carona. O cara ligou para uma mulher e disse (reprodução 'de orelha'):
- O seu telefone foi cadastrado como uma possível doadora, para ajudar o deputado Fulano. Pra doar R$ 100,00 digite o número um; para doar R$ 200,00 digite o número dois; para doar R$ 300,00 digite o número três; se desligar o telefone estará doando R$ 500,00.
A mulher foi a loucura. Se o trote parasse por aí teria sido uma boa pegadinha, mas a intenção era, depois de irritar a mulher, chamá-la pelo apelido do qual ela não gosta. As pessoas no carro riam da desgraça alheia. Trote é a coisa mais antipática que existe, mesmo engraçado.

6 de jul de 2009

EX-ILHAS

Nas fotos abaixo, duas ex-ilhas: A do presídio, ou Grande, ou do Curicão e a ilha do Piquenique ou da Dona Jacaroa, ambas na cachoeira do Santo Antônio. (Fotos JCarlos).

VOCÊ SABIA?

"Momento Rádio Rondônia": Você sabia que uma das denúncias que levou o Ministério Público Federal a acionar a Polícia Federal, o que resultou na 'Operação Abate', é muito mais grave que problemas com documentos e prevaricação, foi a venda de carne estragada? Veja no saite do MPF, no linque do programa Interesse Público no nosso Opinião TV.

4 de jul de 2009

LÁ E CÁ

Acompanho o dr. Assad Darwich em uma vista às obras da UHE Santo Antônio. Ele foi um dos pesquisadores do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA) que participou dos estudos de viabilidade para implantação das usinas de Jirau e Santo Antônio, na área de hidrogeobioquímica.
Assad está trabalhando agora para a Petrobrás, na impantação do gasoduto Coari-Manaus. Lá é igual a cá: a culpa é do gasoduto. Prefeituras, igrejas, ribeirinhos, grupos folclóricos, mendigos, drogados, o Ramalho, pedem coisas à Petrobrás. Antes era o "Nada", agora a culpa é "dasuzina", digo, do gasoduto. Ô raça!

EU TÔ QUE TÔ

Sábado não deveria existir. É um dia... sei lá.
Acordo com o pessoal que está "consertando" o telhado chegando. Durante a semana eles destelharam a casa no dia em que choveu. Prejuízo no bolso. Mais. O pior é que a chuva molhou meus livros.
A semana foi uma *erda. Ontem, para tentar recompor a mente, saimos. A Mar sugeriu o Emporium, boteco que eu gosto (gostava). Fomos para lá, pedimos as comidas e bebidas. As bebidas vieram, foram renovadas, uma hora depois o pedido das comidas, nem nem. Paguei, praguejei (não necessariamente nessa ordem) e viemos tomar um caldo na avenida Amazonas.
Agora os caras estão lavando o telhado e vejo que não resolveram o problema das goteiras. É caso de morte.
Deveria estar distante do computador, mas tenho que fazer algumas coisas que não foram feitas ontem, por eu não dominar a ubiquidade...

3 de jul de 2009

HEIN?

(Foto: JCarlos)

NACIONALIZAÇÃO* DA MADEIRA-MAMORÉ

Conversei ontem com um ferroviário aposentado, que agora faz parte da cooperativa dos ex-ferroviários (tem outro nome, mas não importa, é a mesma coisa). Ele me disse que dia 10, na próxima sexta-feira, eles irão tocar fogo na locomotiva. Traduzindo: vão colocar a locomotiva para funcionar, "nem que seja só para apitar". Dia 10 é o dia da "nacionalização da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré".
*Esse termo "nacionalização" gera controvérsias, já que a construção e funcionamento da ferrovia era concessão. Mas isso é assunto para os 'professores' debaterem no saite Gente de Opinião, que está a cada dia mais acessado e com material diferenciado.
(De nada, Chico)

2 de jul de 2009

A PEDIDOS

O Flávio chegou aqui, agora, injuriado. Irmãos pertencentes a uma denominação, entre as milhares que estão com a "verdade", interromperam o tráfego de uma das pistas da avenida Migrantes, entre Jorge Teixeira e Rio Madeira.
No local, o caos se instalou e, para variar, não há ninguém orientando o trânsito. Com tantas igrejas, templos e assemelhados, os caras vão fazer manifestação religiosa em uma avenida de grande movimento, na hora do rush! Depois reclamam da opinião da Eliane Brum...

COMO É QUE PODE?

Como os puristas porto velhenses permitiram tal ultraje aos costumes e cultura locais? Uma profanação ao "tradicional", como diz o Éverton. Leio no Gente de Opinião que montaram um paredão para escaladas em pleno recinto do "Arraial Flor de Maracujá". Assim não pode, assim não dá... Vai virar bagunça! (Foto 'chupada' do G.O.)

PERFORMÁTICO

Me senti no Rio de Janeiro ou na locação de um filme "B", ao ver o comboio que levava os novos habitantes para o presídio federal de segurança máxima, apelidado pelo Dalton Di Franco de "Tamanduá Bandeira". Viaturas com sirenes ligadas, batedores, policiais civis e militares usando balaclavas e fuzis, davam um ar sinistro ao evento. Já ia esquecendo do helicóptero, que dava cobertura aérea à transferência.
Os coleguinhas da Imprensa caripuna entraram no clima e fizeram imagens e fotos de todo jeito. Não vi se entrevistaram algum preso remanejado, para saber das condições de habitabilidade da casa nova...

FALANDO NISSO

A Amazônia.Org publicou na terça-feira uma matéria dizendo que um grupo de ONGs, todas bem intencionadas, pediram a suspensão das obras "dasuzina". Até aí tudo bem. Pela grana que os executivos dessas organizações recebem, quase todos em €uros, têm mais que fazer isso. Mas esses cara deveriam ser um pouco mais criativos. Os argumentos não convencem ninguém...

Ô RAÇA!

Coloquei no título "Ô raça!", mas trata-se de outra raça. Desde que aqui cheguei em 1986, o local onde funcionavam as oficinas da EFMM sempre esteve abandonado e servindo de abrigo para sem tetos, marginais, depósito de lixo e, ocasionalmente, o cenário para um estupro, um assalto, uma coisa errada qualquer. Houve por ali os carnavais, promovidos pela empresa do ex-deputado federal e ex-prefeito Carlinhos Camurça; houve concentrações de evangélicos para louvor e concentrações de pessoas de outros credos, em busca de prêmios sorteados por políticos em "bingos beneficentes". A Madeira-Mamoré já foi ponto de concentração de várias cavalgadas e de outras manifestações. E nunca ninguém foi reclamar que a vizinhaça estava ameaçada, que os moradores da vila ferroviária estavam sendo incomodados.
Hipocrisia pouca é bobagem. Não entendeu nada? Leia aqui. (Foto JCarlos)

1 de jul de 2009

DICA DO FRED

O QUE FAZER NO AVIÃO QUANDO O PASSAGEIRO AO LADO É UM SACO? Passo a passo:
1. Tire o laptop da mala;

2. Abra o laptop bem devagar;

3. Ligue;

4. Assegure-se que o vizinho está olhando;

5. Acesse a Internet; 6.

Feche os olhos por breves momentos, abra-os de novo, dirija o olhar pro céu e finja que está orando baixinho;

7. Respire profundamente e abra este site: http://www.myit-media.de/the_end.html

8. Observe a expressão do vizinho.

'VELHO PIMENTEL'

Vocês já viram o anúncio da Prefeitura de Porto Velho, em que o morador fica placidamente sentado à varanda, vendo o mato crescer, só dando com a mão para os conhecidos? Eu conheço um monte, um monte mesmo, de pessoas iguais a ele.
Por coincidência ontem, quando acabei de comentar o assunto com a Mar, o Edwaldo ligou e começamos a rir antes de falar qualquer coisa.
O personagem do anúncio mostra que não tem nenhuma intimidade com a enxada, mas isso não é vantagem, eu também não tenho. O produtor deveria ter feito o trabalho completo: capinar o mato, pintar a casa, fazer a barba e trocar de roupa.

PRAGA DE MADRINHA

(Foto Nilson Nascimento/Folha de Rondônia)

MUDANDO O MOTE

Tô vendo que tem gente, que ao invés de repetir a "culpa é dasuzina", vai passar a dizer: "a solução é asuzina". Aguardem.