31 de jan de 2010

CAUSOS NO CAFÉ

Capitão Alípio, coronel Saldanha e Jorge Teixeira foram alguns dos personagens da história rondoniense lembrados no café da manhã de hoje. Paulo Saldanha e Zécarlos trocaram causos e, sem saberem, enriqueceram meu livrinho. Por falar em livro, o Paulo já está rascunhando o terceiro, o segundo está esperando edição e o primeiro, 'O alferes e o coronel', pode ser encontrado em uma boa livraria perto de você. (Foto Marcela Ximenes)

PAKAAS, ENFIM 2

Há aproximadamente três anos o dr. Paulo Saldanha nos convidou para passármos um final de semana no Pakaas. Sempre pensando "não vai dar", "tô sem tempo", "o trabalho não deixa" e ainda tínhamos que conciliar as agendas do casal. Pois bem, desta vez deu tudo certo, inclusive uma trégua na chuva. Fomos recebidos pela família Paulo Saldanha, sua esposa Olgarina e os filhos Audrey, Delman, Dayan e Dayanne.
Agora vimos o tempo perdido longe deste paraíso. (Foto Mar)

VIAJANDÃO

Vendo as águas do Pacaás se misturarem às do Mamoré, fiquei cismando e logo “via” as galeotas portuguesas subindo o rio indo em direção às minas de ouro de Vila Bela da Santíssima Trindade. Era uma moção do Norte, que viajava quase um ano para ir até o garimpo levando comida e trazendo ouro para Portugal. Os barcos passavam ali na minha frente, quando a Mar me tirou do devaneio. Mas que eu viajei, viajei. (Foto Mar)

VOODOO

Quinta-feira, enquanto esperávamos o ministro Edison Lobão, que não veio, pisei de mau jeito e fiquei o resto do dia e na sexta-feira de repouso. Pense numa dor miserável! Parecia que atravessaram meu tornozelo de lado a lado com uma agulha. Se eu acreditasse, pensaria que fizeram um boneco com minha feição e ‘tacaram’ agulhas, num ritual de vudu.

ELEIÇÕES 2010 - 3

Com a atual configuração de campanhas já postas na rua, falei com a Pipira: Será que o TJ vai emprestar outro desembargador para ocupar a vacância, já que o governador Cassol sai ao senado; o vice, Cahulla, a governador; o deputado Neodi deve sair para a reeleição, se não mudou de idéia de abandonar a política...
- Você tem razão em parte, disse a Pipira pulando em um galho de imbaúba. O Neodi está sendo “convencido” a assumir o governo do Estado a partir de abril. O difícil vai ser domar o nervosismo do deputado, que quando está 'naqueles dias' bate os punhos fechados na cabeça e grita: “É o Demonho! É o Demonho!”.
Essa Pipira...

ELEIÇÕES 2010 – 2

Aproveitei que a Pipira e esposa estavam hospedadas aqui (nas proximidades) do Pakaas e quis saber das novidades políticas deste lado de cá. “Você taí aproveitando a piscina e a paisagem e não viu uma reunião que durou toda a tarde de ontem, com as presenças do prefeito Atalíbio, secretários e vereadores...” Hum.

ELEIÇÕES 2010 – 1

Os comissionados já receberam o recado: ou trabalham pela eleição do X ou “desincompatibilizam” com ele, em março. Como diz a Pipira, é uma escolha fácil, fácil.

CÃES SRD

A inspiração para este post foi uma matéria sobre adoção de cães e gatos que assisti na semana passada. O veterinário chamava os “vira-latas” e “fura-sacos” de “SDR”, o que significa em tucanês “Sem Raça Definida”.
Comentei com a Mar que em uma cidade mostrada os cães são castrados antes de serem adotados. Em Porto Velho pede-se aos adotantes que levem uma corrente e uma coleira para buscar o animal. Comentário da Mar: “Pedem a coleira e a corrente para os cães serem devolvidos, quando o pai adotivo enjoar do bicho. O pior é que com criança é a mesma coisa.”

30 de jan de 2010

PAKAAS, ENFIM

Após três longos anos de espera, finalmente conseguimos tempo para um final de semana no Pakaas Palafitas Lodge, em Guajará-Mirim. O dia foi de muito sol (ufa!) e a noite de um luar incrível. (Fotos Marcela Ximenes)


As famosas três águas: o escuro Pacaas, o barrento Mamoré e a azul e deliciosa piscina. Apesar da ameaça, a quarta água não apareceu.









A dona Lua, poderosa, observa os loucos que aqui de baixo a admiram.

29 de jan de 2010

CIDADE SEM LEI

A Gabi e João Paulo receberam a visita dos amigos do alheio. Vejam a narrativa do fato:
"Minha casa entrou em obras desde o início da semana para uma reforma de ampliação. Desde então, materiais de construção estão por toda parte. Também por isso resolvemos descarregar o caminhão com um milheiro de tijolos ao lado da casa, em uma rua pouco movimentada, onde também tem uma entrada, para dar entrada no trabalho do dia seguinte. No final da tarde de ontem minha sogra deparou-se com um carro parado, como se estivesse com problemas. Ela foi então perguntar se ele precisava de ajuda, já que estava com o capô do seu Del Rey (isso mesmo, um Del Rey) aberto. O senhor disse que estava tudo bem, mas que precisava colocar álcool no carro. No outro dia de manhã a surpresa: O senhorzinho do Del Rey roubara mais de 400 tijolos!!! Acho que amanhã ele volta para levar areia e mais tijolos, pois como diz a minha mãe, do alto de sua sabedoria popular nordestina: “o desmantelo só presta grande”!"

PASSAREDO

A Mar enviou-me um rilise em que se avisa sobre a chegada da empresa Passaredo Linhas Aéreas em Rondônia, com vôos entre Ji-Paraná e Uberlândia, Goiânia, Cuiabá, Brasília, Barreiras, Salvador, Vitória da Conquista, São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizonte, São José do Rio Preto, Marília, Presidente Prudente, Bauru e Ribeirão Preto, com aeronaves EMB120 Brasília e jatos ERJ145.
A nossa próxima ida a Beagá vai ser a partir de Jipa.

JAVALIS

O JP está tentando convencer a Mar a comprar um cachorro ou outro bicho qualquer para ele. Mas pela experiência já sabemos que vai sobrar para nós a alimentação e a coleta dos dejetos.
Hoje, assistindo um programa do Discovery, ele arranjou um argumento que poderia ser decisivo: os norte-americanos perderam o controle sobre a população de javalis e estão usando cães para espantar os bichos.
A Mar cortou logo a história: "Tem muito javali por aqui, é?"

28 de jan de 2010

PORCÃO

O passageiro de uma picape Pampa, cuja placa infelizmente não anotei, jogou uma sacola cheia de lixo na Rua Rogério Weber com Carlos Gomes, na maior cara de pau.
No nosso carro todos protestamos por esta falta de civilidade.

TRABALHO INFANTIL

Quando o Patrick pediu para lavar o carro, lembrei-me do meu amigo Eliênio Nascimento. Há alguns anos quando recebi o diploma 'Jornalista Amigo da Criança', da Agência de Notícias dos Direitos da Infância (Andi), ele disse: - Xis, se souberem o que você faz com seu filho, te tomam esse título. Referia-se aos carões que eu passava no JP para ele encher as garrafas d'água.
No caso do Patrick eu não "mandei" nada, ele se ofereceu e de quebra ainda acabou com um "grito" horroroso que o carro estava emitindo (o meu Celtinha até ri) . Diz O Sobrinho que era problema numa tal de correia. (Foto JP)

NENENZIS

Duda e Nena, como toda criança, gostam de livros. Estamos aproveitando para incentivar o interesse. É grande a satisfação de vê-las imaginando histórias a cada página folheada. Duda, 4 anos, está na escolinha desde o ano passado, Neninha, 3, espera ansiosamente o dia 1° de fevereiro para acompanhar a irmã.


(Fotos Marcela Ximenes)
Atualizado às 10h20

DESPERTADOR MINISTERIAL

Fui empurrada da cama meia hora mais cedo com o telefone do Zécarlos tocando. Era de Brasília, avisando o cancelamento da visita do ministro Edison Lobão, de Minas e Energia, àsuzinas. O ministro foi acometido de uma forte gripe e cancelou a agenda de hoje, que era a viagem à Rondônia. Pelas minhas contas esse é o terceiro cancelamento.

27 de jan de 2010

MORRENDO EM TRÊRREAU

Quem está acostumado a economizar R$ 3 e estacionar os carros nas ruas próximas ao shopping, uma má notícia. A Semtran está fazendo caixa lá, multando todos os veículos. É uma mão na roda para quem administra o estacionamento oficial, não é?

PRESTÍGIO

O prefeito de Ariquemes, Confúcio Moura, virtual candidato do pmdb ao governo de Rondônia (como governador ou vice) chega a Porto Velho amanhã na comitiva que acompanha o ministro Edison Lobão, que visitará asuzina.

PERDIDO

Vi um moto-taxista perdido na Rua Abunã, ele tentava ir pela contra-mão na Rua Gonçalves Dias, mas deu de cara com um monte de carros seguindo no sentido oposto. O mesmo aconteceu na Rua Julio de Castilho. Afinal acertou a direção na Rua Campos Sales. No semáforo, na esquina com Calama, eu o alcancei e vi que a placa da moto era de Ariquemes.
Será que já estão fazendo moto-taxi-lotação?

TRADIÇÃO INSTANTÂNEA

Talvez por estar falando em comida com o estômago vazio, o Emerson Lopes, do "Camera 11" tenha se empolgado. Ele anunciava as maravilhas de um restaurante e sugeria a sexta-feira do camarão, [evento] "que já se tornou uma tradição" em Porto Velho. O problema é que o restaurante anunciado ainda não tem uma semana de vida!

DIRETO DA SERINGUEIRA

Os rondonienses vão se divertir este ano com ajuda do Acre. É que o lote de preservativos que será distribuído durante o carnaval, pelo Ministério da Saúde, foi produzido na fábrica Natex, de Xapuri. Informação é da Agência de Notícias do Acre.

DICA DE BLOG

Cheguei a Adélia Carvalho ao ler o jornal do Instituto Federal de Minas Gerais - Campus Ouro Preto, que a Mar me presenteou. Na coluna "O que estou lendo", uma das alunas do curso de Mineração falou sobre os textos da escritora e diretora de teatro. Consultei o oráculo Gúgol e encontrei o blog, que ora recomendo.

IPTU

Assistindo ao anúncio da Prefeitura de Porto Velho sobre o IPTU, notei que tem duas palavras escritas errado. Como se gasta uma grana na produção e na exibição e se esquecem do  básico, que é a revisão?
Por falar em IPTU, quando fomos comprar nossa casa, tivemos de passar a documentação do imóvel para o nosso nome, inclusive o IPTU, sob pena da Caixa Econômica Federal (a burocrática) não liberar o financiamento. Quase um ano depois, o carnê do imposto vem no nome dos antigos proprietários. Isso é que é uma bagunça organizada... Ou seria uma organização bagunçada?

AI, AI

Zapeando pelos canais da tv aberta, enquanto o sono não vinha, deparamos no Shoptour Porto Velho com uma "matéria" em que o apresentador tentava entrevistar a proprietária de uma loja. Fiquei com dó da mulher. Ela não sabia responder as perguntas sobre o seu estabelecimento. Não sabia falar, para resumir a ópera. Quando ela disse "o pessoal ligam", desistimos e fomos dormir.

26 de jan de 2010

SERVIÇO (DE) PORCO

Não sei se recolheram o monturo de terra e lixo que foi retirado de um dos bueiros da esquina das ruas Abunã e Gonçalves Dias antes da chuva desta tarde.
Não entendo porque as turmas de limpeza e coleta trabalham dissociadas. (Foto JCarlos)

É O LEMA

Hoje pela manhã quase entrei para o índice de acidentes de trânsito de Porto Velho. Um Palio azul me ultrapassou pela direita ali na Vieira Caúla perto da Sadia. Evitei a batida por puro reflexo. E o cara foi em frente fazendo barbeiragens. A ironia é que no pára-brisas traseiro estava colada a frase: "Amo minha família".

FRASE

"O problema da [Rua José] Vieira Caúla é espitual! Tem uma caveira de burro enterrada ali, que vou te contar". Léo Ladeia ao entrevistar o secretário Municipal de Embromation, digo de Obras, Marcelo Fernandes, no "Câmera 11", de hoje.

QUEM VEM LÁ?

Na viagem de férias descobri que minha visão já não é mais tão poderosa. Quase endoidei (a Aerllen perguntará: mais?) quando percebi que não conseguia ler as placas que o Zécarlos insistia para que eu enxergasse a um quilômetro de distância. Eu era a única da família que não tinha problema algum "nosói", todos meus irmãos começaram a usar óculos bem antes dos 20. Como disse o Fábio: tarda mas não falha.
É, a tal crise dos 'enta' chegou com força total. Para recebê-la um Kliping básico, por favor.

GENTE QUE CHEGA, GENTE QUE SAI

A jornalista Regiane Tosatti, que prestou assessoria de Imprensa à Santo Antônio Energia, através da empresa CDN, passou a trabalhar na A.I. do banco Santander. Desejo muito sucesso, Re. Quando puder volte a nos visitar.
Aproveito para sugerir uma visita ao blog "Depois dos 30. Porque pimenta arde", que ela mantém.

25 de jan de 2010

'PRACAS'



Eu: - Apagaram o "n" de "enchen"...
JP: - Ixi, nada a ver... Cobrar para encher pneu...
Mar: - Bandiléso! (Foto JCarlos)

APELIDO


Gostei do apelido que inventaram para a ponte de papel da BR-319, sobre o Rio Madeira: "Ponte da Balsa".
Pelo menos é criativo. (Ilustração: DNIT)

DENGUE

A quantidade de matérias desencontradas sobre dengue que leio e assisto, induz a acreditar que está todo mundo perdido, inclusive a Imprensa caripuna.
É reunião daqui, é boato dali, é secretaria fechada para borrifação acolá...

MAIS MULTAS

O leitor Filipe Aragão reclama da incoerência de se proibir estacionar na área do 'Espaço Alternativo' local utilizado há mais de 10 anos para a prática de atividades físicas. Ele questiona: não seria mais coerente estipular os horários de proibição, resguardando o período utilizado por centenas de pessoas para caminhadas?
Enquanto não se pensa como o Filipe, dá-lhe canetadas a quem parar naquele trecho da avenida Jorge Teixeira.

ASSIM NÃO DÁ; ASSIM NÃO PODE!

Sempre reclamei nestes Banzeiros sobre a ausência de policiais da Companhia de Trânsito na ruas, organizando o tráfego, etc.
A primeira notícia que li hoje nos saites foi essa: "Convênio: PM começa a multar carros estacionados de forma irregular".
Como diz meu amigo Blair Miranda, "a grana é a mola-mestra do mundo".

RECLAME

Conversávamos quando começou o intervalo e o locutor anunciou algo como "Volta às aulas Gonçalves..." Paramos de falar pois amanhã está agendada a compra de material escolar para o JP e podia ser alguma promoção irresistível...
Mas o que estavam anunciando era batata inglesa, maçã, cenoura, amaciante...
Caimos em mais uma pegadinha publicitária.

24 de jan de 2010

SALVE, DOUGLAS

O Douglas completa hoje nove anos, enquanto o município de Porto Velho comemora 95 anos de instalação. Só sei da festa do Douglinhas; oficialmente o aniversário do município passa batido. Pelo menos não sei de nenhum bolo com guaraná.
Ontem antecipamos o "parabéns prá você" e teve até chá imaginário. Abaixo, nas fotos da Mar, o JP, Douglas e a Emmili.


23 de jan de 2010

HEIN?

A Rádio Parecis está anunciando o show (força de expressão) da banda Deja Vu, "a original". Quer dizer que aquela que o Governo do Estado trouxe para a "Virada da Paz" era "Made in Paraguay"?
Eu só queria entender...

22 de jan de 2010

PERGUNTA INOCENTE

Se você usar uma tinta com data de validade vencida, o que acontece? A parede cai? Veja aqui.

ELAS, DE NOVO

Ouvi um trecho da entrevista do gerente da Saga, o Ivan Rocha, no programa 'Falando a Verdade', do Eudes Lustosa. Segundo ele, há três anos a empresa abriu uma filial em Porto Velho apostando nasuzina. Resultado, estão vendendo carro que nem garrafão de água mineral e entulhando as ruas...
A culpa, só podia ser dasuzina!

CRIATIVIDADE ZERO

Para que ficar queimando pestana para colocar nomes em operações policiais, como faz a Polícia Federal?
Operação Visconde, Operação Abrantes, Operação Harpia, Operação Excalibur, Operação Grau Zero, Operação Uauiara, Operação Exérse, Operação Pentateuco, ou a conhecida Satiagraha, entre outras.
Em Rondônia, o papo é direto: "Operação Bom Dia Foragido" e ponto final.

PIADISTAS

O Rondonotícias arranjou um redator que é um grande piadista. No texto anterior, falava de um novo empreendimento em Porto Velho e elogiava/sacaneava um dos sócios. Na matéria de hoje, a personagem é outra, mas a linha "editorial" vai na mesma direção.
Só pode ser brincadeira.

DIÁLOGO INSÓLITO

Vendo o livro "Ferrovia do Diabo" sobre minha mesa, meu colega pediu informações sobre a obra.
- Conta a história da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, mas o escritor recua no tempo até a passagem do bandeirante Raposo Tavares por aqui, por volta de 1650...
- O Raposo Tavares esteve aqui?
- Pois é, os paulistas nos pertubam há tempos...

OBA, FUI BEM ATENDIDO!

Meia dúzia de almas foram salvas do purgatório. Ao contrário do que acontece nas lojas de serviços da Oi, fui muito bem atendido e o meu problema resolvido em menos de cinco minutos, através do call-center. O atendente, Anderson, foi gentil e mesmo não conhecendo o modelo do meu aparelho (é tão simples que está fora do catálogo da LG), foi sugerindo procedimentos e pronto.
Ah se o mundo todo fosse assim!

ELEIÇÕES 2010

Em fase pré-eleitoral e já aproveitando da animosidade entre o prefeito de Porto Velho e o governador do Estado, o caso da jovem que morreu de dengue hemorrágica é usada como cavalo de batalha e troca de acusações entre os responsáveis pelas redes públicas estadual e municipal de saúde.
Ô falta do que fazer!

21 de jan de 2010

ESTRANHO

Se é para aprovarmos a emancipação da Ponta do Abunã, a campanha lançada para o plebiscito pelo TRE-RO induz a votar "não". Veja o cartaz, o "não", que tem o número 77, vem em primeiro lugar que o "sim", cujo número é 55. Só alfabeticamente pode-se explicar a coisa.

APAGÃO

Onde eu estava não houve interrupção de energia, mas recebi informações de outros setores da cidade que estavam sem "luz". A diferença desse apagão para os anteriores foi a rapidez com que a Assessoria de Imprensa da Ceron informou o motivo do desligamento.
É um consolo, não?

CAMELÔS


Tem coisa cuja natureza é dificil de ser mudada. É o caso dos camelôs, cuja essência é a rua, a calçada. A Prefeitura quer enquadrá-los, os colocar em um box... Esse é um tipo de coisa que não dá certo em lugar nenhum do mundo. Nem aqui, nem no Haiti.
A foto, feita no passeio do Banco do Brasil da Pedro II, mostra a mobilidade que é intrínseca à atividade dos camelôs. (Foto JCarlos)

QUER SABER PORQUE?

O jornalista Sérgio Pires (TV Candelária, colunas na Folha de Rondônia e Gente de Opinião) indaga porque os Correios perderam a credibilidade pública que detinha há mais de um século.
A resposta, caro Sérgio, me foi dada por um taxista (o que seria do Banzeiros e do mundo se não fosse a filosofia dos motoristas de taxi?). "Enquanto os Correios, a Petrobrás, as empresas de eletricidade estavam nas mãos de técnicos, a coisa funcionava. Colocaram políticos nas empresas estatais e acabaram com tudo."
Precisa dizer mais alguma coisa?

"PARA ENGANAR BESTA"


A Prefeitura colocou e espalhou cascalho no trecho esburacado da Avenida Sete de Setembro, entre a Mamoré e a rua Lino Leal, bairro Escola de Polícia, que ficou interditado por uma semana.
O título deste pôste foi o comentário feito pela Mar, que já viu este filme antes. (Foto JCarlos)

JUSTIÇA COMPLACENTE

Assistíamos a um dos telejornais nacionais enquanto esperavámos a hora de ir ao cinema. Por alto ouvi o comentário sobre a condenação do jogador de futebol Jobson, do Botafogo, que foi pego no exame do dopping. Ele recebeu um 'gancho' de três anos e não foi banido do esporte, como é comum nestes casos de doppings recorrentes.
Me pareceu que a reduçaõ da pena é que a defesa alegou que Jobson usou crack e não cocaína...
Comentário da Mar: "Existe uma 'hierarquia' de drogas? Pode essa, não pode aquela?" Uma boa pergunta.

O DOCUMENTARISTA

Em algum momento na década de 80, um futuro jornalista rondoniense - que nem tinha idéia que vinha parar por essas bandas - documentava o fim de uma quadra boêmia de Belo Horizonte.

SHERLOCK & WATSON



Assistimos ao filme "Sherlock Holmes", do diretor Guy Ritche (2009). Gostamos. Indo para casa, a Mar comentava os erros de continuidade que ela notou (numa cena o ator tinha mais barba que na sequência; maquilagem sugerindo ferimentos trocavam de lugar, tamanho e quantidade); por minha parte, critiquei os efeitos especiais das explosões. Já vi coisa melhor. Mas o filme, como um todo, manteve a tradição do detetive criado por Sir Conan Doyle e o "bandido" fez o papel dele com destaque.
Chegando em casa me empolguei e aluguei a Mar até de madrugada, falando sobre os livros e filmes que li e assisti sobre Holmes e Watson. Eu era um "sherlockiano" e não sabia. (Foto Salada Cultural)

NA FILA

Na minha frente, na fila da bilheteria, dois jovens conversavam alto:
- Quem é esse Sherlock Homes?
- Vi o treiler do filme, parece que é um polícia, sei lá, sabe como é?
Os dois compraram ingressos para assistirem ao filme "Alvin e os esquilos".

20 de jan de 2010

PIPIRA NEW$

Quando a ficha descer, vereadores de todos os matizes cairão matando sobre o prefeito Roberto Sobrinho, que terá este ano um faturamento extra de R$ 30 milhões, só em ISS pagos pelas empresas que constróem a UHE Santo Antônio. A informação foi dada pelo diretor de Contratos da Odebrecht e do Consórcio Construtor Santo Antônio, engenheiro José Bonifácio, no programa Câmera 11. O vídeo está no Opinião TV. (Ilustração blog Sociologialimite)

TROCANDO AS BOLAS

Que os caras estão em plena campanha política, disputando o mesmo eleitorado, ninguém pode discutir, por isso não estranhei este rilisi que recebi: "Detran disponibiliza curso de direção defensiva a mototaxistas".
E agora, quem poderá nos salvar, se nós é que temos que nos defender deles?

FRASE

"Além da queda, o coice. O Haiti tremeu de novo. Dessa vez sem danos, até porque não havia o que cair. E continuam aparecendo sobreviventes para se contraporem ao eufemismo do ministro Jobim, o grosso". Léo Ladeia, no encaminhamento do Política & Murupi de hoje.

MANDALA


Para quem gosta, o dia de hoje é prato cheio: 20/01/2010. Quase um palíndromo. (Ilustração M. C. Escher)

PEC DE VERGONHA

De onde menos se espera, acontece uma surpresa. Leio no G.O. sobre a tramitação de uma PEC que proibe a reeleição das mesas diretoras de Assembléias Legislativas e Câmaras de Vereadores no mesmo mandato. Taí uma PEC que vou acompanhar.
A minha surpresa é a origem da idéia: o deputado Ratinho Junior (PSC-PR).

19 de jan de 2010

AGORA VAI

No taxi o assunto eram as ruas esburacadas que sou obrigado a usar para chegar em casa. Comentei:
- Isso aqui não vê uma máquina há tempos.
- Eu moro ali na Sete de Setembro e falta um pedacinho só para asfaltarem, mas as máquinas sumiram de lá antes da conclusão...
- Eu não consigo compreender por que a Viera Caúla, por exemplo, não fica pronta nunca.
- O senhor espere até março...
- ???
- Ano de eleição, doutor, eles asfaltam até o rio Madeira...

ESPELHO, PRA VOCÊ

"Por acaso, surpreendo-me no espelho: Quem é esse que me olha e é tão mais velho que eu?
Parece meu velho pai - que já morreu!
Nosso olhar duro interroga:
"O que fizeste de mim?" Eu pai? Tu é que me invadiste.
Lentamente, ruga a ruga... Que importa!
Eu sou ainda aquele mesmo menino teimoso de sempre
E os teus planos enfim lá se foram por terra,
Mas sei que vi, um dia - a longa, a inútil guerra!
Vi sorrir nesses cansados olhos um orgulho triste..."
(Mario Quintana)

18 de jan de 2010

NA TRANCA


Em um hipermercado metido a besta de Porto Velho: saída de emergência obstruída com um carrinho e a porta com cadeado e selo de segurança. Sai dessa. (Foto JCarlos)

DE LUXO


Um maluco norte-americano criou um ambiente mais clean para as galinhas. Na foto, o galinheiro do Século XXI. (Foto Globo Rural)

NOVIDADES

 O blog do Zé de Nana oferece agora a seus fiéis leitores videoclips. Zé tá contando com o apoio técnico do seu Chico Lemos e do gosto apurado do seu Léo Ladeia.

SOS


Procure sempre um lugar seguro durante a enchente! (Obrigado Cláudio)

16 de jan de 2010

AI, AI

Amanhã estará nos jornais impressos deste mesmo jeito: "Ji-Paraná: Policiais Civis e Militares descobrem que traficante preparava droga no alto de um pé de manga".
Coitados dos leitores...

DICA DE BAR

Fomos ao Café Madeira (antigo Mirante I). Muito bom. Música boa no volume certo. Os atendentes não são garçons profissionais, mas não deixam a desejar. Ainda tem o visual do Rio Madeira e as luzes dasuzina.

CAUSA & EFEITO

Tivemos no início da noite de ontem outro apagão. Pelo que ouvi de muitas pessoas, praticamente toda cidade ficou sem energia elétrica por uma hora, aproximadamente.
Fui à distribuidora buscar bebidas e o estabelecimento estava lotado. Uma pessoa que entrou no mesmo momento em que eu, disse:
- A cidade está toda sem luz. Lá no centro tá tudo confuso... Tá faltando energia todo dia, não sei para que estão construindo duas barragens...
Uma boa pergunta. O apagão é culpa dasuzina.

15 de jan de 2010

HEIN?

A cada dia que passa, (des)aprendo um pouco mais sobre Jornalismo: "Homem que foi preso pela PM usou faca de matar bode para retirar fato de amigo".

ATO FALHO

Em entrevista coletiva concedida após um café da manhã hoje na Prefeitura, o prefeito Roberto Sobrinho, ao falar das ações de saúde de sua administração, disse que estava dando um "tapa com luva de pelúcia".

NADA

Essa foto não é a mesma que foi publicada dia 11, mas é do mesmo lugar. Há uma semana a rua está interditada e não aconteceu absolutamente nada. Nem foram arrumar nem desobstruir. O pessoal está sem prestígio com as autoridades e com a Imprensa caripuna. (Foto JCarlos)

14 de jan de 2010

HEIN?

Titulo do rilisi: "GIC e PM cumprem dois Mandados de Busca e Apreensão e encontram coletes da Polícia Civil e mira a laser" (Grifo meu)
Texto do rilisi: "Policiais do GIC (Grupo de Investigações e Capturas da Secretaria de Segurança do Estado), juntamente com policiais militares do G.O.E (Grupo de Operações Especiais de Cacoal), prenderam na manhã de ontem, 13, Josué de Oliveira Souza, Claudemir Pereira de Oliveira e Marcelo Mendes, em cumprimento a dois Mandados de Busca e Aprensão expedido pela comarca do município.
Na residência de Josué de Oliveira Santos e Claudemir Pereira de Oliveira, os policiais encontraram um revólver calibre 22, com sete munições intactas, uma camiseta de cor preta com emblema da Polícia Civil, uma moto CG 125 cor azul, ano 98 e dois capacetes pretos.
A Polícia informou que na casa de Marcelo Mendes dos Santos foi encontrada uma mira laser com encaixe para arma de fogo, três munições, sendo uma de calibre .40, duas de calibre 380 e um talkabout, marca motorola, modelo T-5720. Todos foram apresentados na delegacia de Polícia Cilvil local."

E cadê o raio dos coletes?

PIADA INFAME

- O que quer dizer pourquoi?
- Por que?
- Nada, eu só queria saber...

O HAITI NÃO É AQUI

Overdose de Haiti nos telejornais e saites nacionais. Uma alta dose de pieguice. Com todo respeito às vítimas, mas não é só de terremoto que se faz notícia.
Aliás, aconteceu um terremoto na Papuásia e ninguém falou nada.

13 de jan de 2010

SÓ NO PAPEL

Leio em muitos saites que o prefeito vai assinar decreto que regulamenta o serviço de mototaxi. Segundo o texto, serão distribuídas 574 placas; as motos terão taxímetro; serão seguidos critérios para seleção dos profissionais; haverá a padronização das cores das motos; exigência de capacete e toca descartável e condução do veículo com segurança.
Olha, a vontade é de rir e rir muito. Quem vai colocar o guizo no pescoço do gato, ainda mais em ano eleitoral?
Esta semana o Marcos Paulo publicou a opinião de um taxista, que também é a minha.

PORTOVELHÊS



A foto ilustra o falar do portovelhense. Ainda tem "bânana" e "câmisa"...  (Foto FCarlos)

SEM NOÇÃO


Que sentido faz instalar um quebra-molas em uma rua esburacada? E quem permitiu? (Foto JCarlos)

12 de jan de 2010

E POR FALAR EM FAZER GRAÇA...

"Foragido é preso pelo GIC na Rua Teclado tocando viola". Essa é do Lenilson Guedes...

AI, AI

- Alô, pois não?
- Eu falo com quem?
- XXXX
- É da empresa YYYY?
- Isso mesmo.
- Eu só de Pimenta Bueno e me deram o telefone daí... Arranja um emprego prá mim, aí?
- Não é assim... O senhor tem que enviar o seu curriculo para cá.
- Ah! O curriculo... Mando para onde?
- asuzina@asuzina.com.br...
(Os nomes e endereços eletrônicos foram omitidos para fazer graça)

DEU BOBEIRA


Leio no Gente de Opinião: "TRANSPOSIÇÃO: Valverde avalia precipitada atitude de governo estadual na divulgação de lista". Parece a fábula do Esopo, "A Raposa e as Uvas".
O senhor bobeou, dançou, deputado.

DESCASO OU DESLEIXO? OU OS DOIS?

A primeira foto foi tirada dia 02 de outubro de 2009. No dia anterior, o proprietário do terreno que fica na esquina das ruas Mamoré e Miguel Ângelo,  no bairro Escola de Polícia, derramou uma caçamba de entulho no "passeio". Vi que os dejetos impediriam a água da chuva de escoar para o ralo existente na esquina.
Ontem ao retornar do trabalho, parei praticamente no mesmo lugar e não precisava ser profeta, adivinho ou sabidão para imaginar o que aconteceria. (Fotos JCarlos)


EPARRÊ, CHICO!

O Léo Ladeia foi se referir ao Chico Lemos e evocou "Chico Mendes", no programa "Câmera 11" de hoje. É o efeito da dengue, que ainda não deixou meu amigo...

COPA 2010

Que forma mais estranha de "eliminar" adversários! Foi o que pensei ao assistir nos telejornais o atentado que a Seleção de Futebol de Togo sofreu ao chegar em Angola, onde disputaria o Grupo B da Copa Africana.
Morreram o assessor de Imprensa, o auxiliar técnico e o motorista do ônibus.
No curso de Turismo, o professor de Sociologia, que agora não me recordo o nome, falava do início desta ciência no Século XVIII, etc., etc. e perguntou para a turma: "Alguém sabe para que foi utilizada a Sociologia?" Levantei a mão e respondi: "Para colonizar os povos africanos. Colocaram etnias secularmente inimigas como habitantes do mesmo país e hoje tem essa guerra que não acaba..." Não sei o que respondi de errado, mas recebi um olhar tristonho do professor, que não contestou.

11 de jan de 2010

O MUNDO É UMA BOLA

O ROAgora dá conta que o Instituto Brasileiro do Consumidor - IDEC (a matéria foi reeditada, mas a informação original continua no linque: http://www.rondoniagora.com/noticias/idec-reprova-agua-mineral-produzida-em-rondonia-2010-01-11.htm) fez análise em diversas marcas de águas mineral de dez estados brasileiros, reprovando muitas.
Lembrei-me que em 1992, quando trabalhava no Alto Madeira, chegou lá uma denúncia parecida, com um agravante: um laudo da Caerd sugeria que a água mineral, cuja amostra foi analisada pelo laboratório, fosse fervida antes do consumo.
Água mineral fervida, deixa de ser mineral, mas é mais segura...

SAUDADES

Desde que retornamos de viagem não vimos carteiros nem recebemos correspondência em casa, o que é incomum. Achamos estranho, mas poderia ser uma entressafra pós greve.
Ainda há pouco dois colegas falavam sobre o Sedex, cujo prazo de entrega é de quatro a cinco dias. O Sedex 10, que foi estrela da tevê, jáoera.
Será boicote?

DEU NAS FOLHAS

Publicado pelo "Correio da Semana", de Sobral (CE): "O resultado do Censo Escolar 2009, divulgado nesta semana pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), aponta um crescimento de 38% nas matrículas da educação profissional no Ceará. Foi o segundo maior crescimento nesta área em todo o Brasil entre 2008 e 2009. Na frente do Ceará apenas o estado de Rondônia. (...)"
Agora podem falar que a culpa é dasuzina, que eu não me importo.

ACABOU A PACIÊNCIA

Moradores da Rua Sete de Setembro, entre Avenida Mamoré e Rua Lino Leal, no bairro Escola de Polícia, fecharam duas quadras para protestar contra o estado em que se encontra o trecho, onde outrora era itinerário do ônibus coletivo, que foi mudando de rota até sair do bairro. (Foto JCarlos)

DESORIENTANDO


Esta placa está instalada há muito tempo no Trevo do Roque, mas como eu não prestava atenção a ela, só no sábado a ficha caiu. Caso o motorista desavisado siga a indicação, vai parar em Cuiabá, passando longe do distrito de Jacy Paraná. (Foto JCarlos)

ATUALIZANDO E ANDANDO

Não se espantem se comento notícias da semana passada. É que estou colocando, só agora, a leitura dos saites e impressos em dia.
Como dizíamos na minha infância: "Foi-se o que era doce". Dormir até 11 horas, nem pensar...

CANO

De vez enquando falo aqui sobre a falta de profissionalismo de alguns coleguinhas. A Mar foi procurada pelo pessoal da revista Brasil Centro Norte, que pediu duas matérias sobre turismo em Porto Velho e Rondônia. O combinado era da grana ser depositada 30 dias após a publicação. Os textos foram enviados em junho e publicados em setembro. Após vários contatos com o editor da revista, temos uma certeza: a Mar tomou mais um cano.

PRIMEIRO MUNDO

Que a bandidagem é sempre mais rápida que a polícia, isso é conhecido no mundo todo. O que vi hoje foi a reação imediata da polícia em Mirante da Serra (133 quilômetros de Porto Velho): Num dia caiu um genérico do Banco Central; em outro, um laboratório para fabricação de crack. Desúlivre!

ELEIÇÕES 2010

Dobradinha à vista?


Visita do Diretor Geral Joarez Jardim e da Secretária Jaqueline Cassol a Ponta do Abunã. (Legenda e foto: DETRAN)

DE TATUS E BOVINOS

Leio duas matérias e as relaciono com a nossa viagem. Uma que um policial da Polícia Rodoviária Federal abateu um boi a tiros, que apresentava perigo para os motoristas na BR-040, perto de Belo Horizonte. A Associação dos Amigos e Protetores dos Animais protestou. Na Revista Globo Rural, uma matéria sobre criação de tatus. Dizem que o casco e a carne tem valor econômico...
Na estrada, vimos dezenas de tatus mortos, especialmente no trecho onde há plantio de soja. Um verdadeiro "tatuícidio".

10 de jan de 2010

TOLERÂNCIA ZERO

Fui ao centro da cidade resolver probleminhas domésticos - trocar o modem da internet, pagar contas e copiar algumas fotos da viagem  do modo digital para o (antigo) papel. Por uma questão de comodidade, estacionei o carro e fui fazer as coisas a pé. Minha paciência começou a volatilizar na operadora de telefonia. Fiquei mais de meia hora na frente do caixa, já que o tal 'sistema' caiu. A funcionária não podia receber em dinheiro e, muito menos, em cartão - o computador travou e não poderia baixar o modem do estoque, ou algo assim.
Depois fui a uma loja de fotografia, onde só havia duas atendentes. Aguardei a minha vez. A pessoa que foi atendida antes de mim logo foi embora e deve ter levado a vendedora com ela. Esperei mais alguns minutos e desisti. Só então vi um cartaz pregado na parede avisando que ali não recebiam pagamento em cartão de débito e de crédito. Só lamento por eles.
Estou fazendo uma campanha para que os comerciantes adotem a maquininha de cartões, é mais seguro para todos. Esta semana vi uma notícia informando que a partir de 2018 a Grã-Bretanha vai abolir os cheques. Bom exemplo. Em Ouro Preto, na feira de artesanato de Belo Horiizonte e até no "Jeca Tatu", um restaurante-museu, todos tinham maquininhas.

ORANDO PELA LUZ

O Patrick ganhou um computador do tio Fábio, com a recomendação que a máquina fosse levada a uma oficina especializada para reconfiguração. No dia marcado para buscarem o computador, a oficina não abriu. O Patrick, de férias, contava com uma opção de lazer, mas teve que adiar o momento. No dia seguinte acordou cedo e esperou a mãe para irem à oficina. Voltaram para casa, montaram o aparelho e na hora de ligá-lo... houve o apagão.
Por volta das 11 horas tivemos notícias que Patrick estava sentado na frente do computador, rezando para a energia fosse religada, o que só aconteceu algumas horas depois.

8 de jan de 2010

APAGÃO - 2

Entendeu? Nem eu...

EXAME MÉDICO NA AULA DE DIREÇÃO

Dona Docarmo estava na aula de direção. Ela é técnica em enfermagem. O instrutor do curso, lá pela metade da aula, começou a dizer que estava sentindo dores no braço esquerdo e que isso poderia ser o início de um infarto:
- O que a senhora acha? Esses formigamentos, essa dor no peito...
Dona Docarmo fazia uma manobra num retorno da Cidade Nova, e o cara não parava de "passar mal":
- O médico me receitou 'aquele' remédio... Lembra? Lembra? Lembra???"
E Dona Docarmo lutando sozinha para manter o carro na direção...
- Meu filho, é melhor você procurar um psiquiatra.
De volta à auto-escola, ela pediu para mudarem o instrutor.

SEM NOÇÃO

Acompanhei a Mar em uma compra de última hora. Resolvemos procurar perto de casa, pois o calor estava demais. Na terceira loja encontramos o vestido que se aproximava com a necessidade. A vendedora disse que o preço era R$ 95, sem desconto. A Mar agradeceu e saimos. Resolvemos ir ao shopping, pensando que não iríamos encontrar a roupa por preço menor. Aquela lenda que no shopping você paga a vitrine, o aluguel...
Achamos o que queríamos e sobrou dinheiro para comprar outras duas peças, tudo por R$ 99!

APAGÃO

Revivemos hoje a situação de falta de energia elétrica por um longo período - mais de 5 horas - que nos anos 70 e 80 era a rotina por aqui. Até há pouco ainda buscavam o culpado pelo defeito.
O Chico Lemos lembra que pode ser aquele estagiário, que obedeceu a ordem do chefe, apagando tudo quando saiu do trabalho.

6 de jan de 2010

FAZENDO CAIXA

Com pouco orçamento e sem contar com a grana dasuzina, o jeito é fazer caixa com o talão de multas. Estes dois agentes de trânsito multavam motocicletas estacionadas nas proximidades da agência central do Banco do Brasil, na rua D. Pedro II. (Foto JCarlos)

5 de jan de 2010

DINHEIRO (PÚBLICO) JOGADO FORA

Em Pimenta Bueno nos deparamos com esses monumentos ao desrespeito a todos nós. Duas pilastras de um viaduto absolutamente inútil. Não sei a história da coisa, nem se foi algum órgão que determinou a interrupção da obra. O fluxo de veículos continua normal, exceto pelo estado das pistas próximas às construções. (Fotos Mar)



VOCÊ TEM CORAGEM?

Você deixaria o seu carro nesta oficina?

Ela fica "instalada" em um posto de gasolina, ao lado do hotel em que estávamos hospedados.

O dono da "oficina", é esse refastelado ao lado dos "galgos", que fazem a segurança de seu estabelecimento. (Fotos Mar)

4 de jan de 2010

OUTRAS MENTIRAS

Estávamos ansiosos para chegar em casa, mas mantive a velocidade média de 90km. O JP queria chegar logo para: brincar com os colegas de rua; sair do carro ou ficar livre de mim (a terceira alternativa é a mais provável). Em Ji-Paraná, ele perguntou "já estamos em Rondônia?" A Mar disse que "desde ontem. Prestenção, meu filho". Fiquei calado, pois o espírito de Seu Lunga estava pronto para se incorporar.
Vimos placas indicando as distâncias, completamente malucas. Em menos de dois quilômetros, três informações conflitantes. Na placa do DER-RO, em Jaru: "Porto Velho 282 km", nas placas do Dnit: "Porto Velho 293 km" e "Porto Velho 285 km". No entroncamento para Rio Crespo, placa do Dnit "Porto Velho 170 km"; 200 metros além outra placa do Dnit informava: "Porto Velho 173km". Menos de 50 metros, outra placa nos desesperou, pois dizia que nossa casa estava a 180 km, ainda...
Comentário da Mar: "Melhor ficar com a de 170, né?"

PLACAS MENTIROSAS E IGNORADAS

Nas estradas vimos centenas de placas absolutamente inúteis. Dividimos em dois grupos: Mentirosas e Desobedecidas.
No primeiro grupo: "Velocidade controlada por radar"; nesse tempo todo de viagem, vimos três carros da PRF nas estradas; "DNIT trabalhando"; vimos um tapa-buracos precário e homens desobstruindo as canaletas ao lado da estrada e mais nada; "Próximos 'x' quilômetros pista defeituosa"; já estávamos há horas em estrada ruim.
Outro grupo: "Dirija com prudência"; é uma piada. "Ao construir ou colocar publicidade nas margens da rodovia, consultar o DNIT". Quimera. Vimos entre Comodoro e Vilhena uma placa de restaurante colocada, literalmente, na frente de outra do Dnit.
Aproveitando o tema. Esse negócio de "Operação Final de Ano" (não sei o nome oficial) só deve ter acontecido no Rio e São Paulo ou para a TV filmar. Não vimos uma blitz sequer em mais de sete mil quilômetros rodados. Não fomos parados, identificados, nada. Puro marketing. Ou "pura conversa", diz a Mar.

TRILHA SONORA

A trilha sonora da viagem ficou a cargo da Mar, cumulativamente com as funções de navegadora, co-piloto e comissária de bordo. Ouvimos Chico, Djavan (ídolo dela), Emerson Nogueira, Rita Lee, Demônios da Garoa, Carole King... Mas o que fez sucesso mesmo foi a seleção, em MP3, que ganhei do coronel Severo: Abba, "Os" The Beatles (era assim que falávamos em Teófilo Otoni), Bee Gees, Lobo, Elton John, Elvis Presley, Neil Diamond e John Lennon. De 'premera'.
Nas áreas urbanas por onde passávamos, tentavamos sintonizar emissoras de rádio locais. Na terceira vez que ouvimos "fulano, vou estar tocando a música que você pediu", desistimos. Em Beagá travamos o dial na rádio Oi FM. Muito boa.

ESTRANHO

Dona Ângela, do hotel Mirage, de Vilhena, chegou quando tomávamos café. Ela viu o JP se servindo e disse:
- Que menino bonito! Dá um beijo para passar sua formosura para mim...
O JP sorriu, mas se recusou peremptoriamente, como diz o presidente Lula. A Mar perguntou:
- Por que você não deu um beijo nela?
- A senhora disse para eu não falar com estranhos.
Não resisti e entrei na conversa. - Ele não beijou com medo da 'Magrela' dele saber e enchê-lo de porradas...

FALANDO NISSO

Ao chegar ao posto da Polícia Roviária Federal em Pimenta Bueno, estranhei não ver aquelas placas para redução de velocidade. Só havia a que dizia "Polícia Rodoviária Federal a 500m". ao chegar mais perto entendi. O asfalto está tão detonado, que não dá para passar com velocidade acima dos 10 quilômetros por hora.

TRINCHEIRA

Ontem, ainda no hotel em Vilhena, escrevi que chegaria em casa, se Deus quisesse. Pois bem, na BR-364, na altura do Km 400 aproximadamente, entre Ouro Preto do Oeste e Jaru, um conjunto de buracos quase nos envia desta para melhor. O local fica no alto de um morro e não há visão, a não ser quando você está em cima (dentro) deles. Três carros estavam parados, com pneus estourados. Não há sinalização, nem avisos. Abaixo alguns buracos na mesma região,  mas as fotos não dão noção, nem aproximada, da situação.
Seu Oliveira, tende piedade de nós. (Fotos Mar) 




HERESIA

Da boca prá fora o JP diz que gostou da comida mineira (comemos tutu e feijão tropeiro quase todos os dias), mas ao chegar aqui, quando lanchávamos na Fazendinha, ele pediu um pão de queijo e colocou molho de pimenta dentro. Isso é uma heresia que nem o Papa tem poder de perdoar.

3 de jan de 2010

DE VOLTA PRÁ CASA

Já estamos em Rondônia. Daqui a pouco, se Deus quiser, estaremos em casa.

MAU GOSTO

Uma das coisas ecologicamente corretas que há hoje em dia é o reaproveitamento da praga da garrafa PET. O problema é que a maioria das pessoas que se mete a fazer isso inventa coisas feias e de mau gosto. Este "enfeite" de natal (para mim é um espantalho) está na entrada/saída de uma cidade de Mato Grosso, cujo nome não lembramos. Na praça da matriz, os troncos das árvores foram envolvidos com papel das cores verde e vermelha. Parecia a E.S. Mangueira. (Foto JCarlos)

2 de jan de 2010

A IMAGINAÇÃO DE UM MENINO ENTEDIADO

Às vezes fico com dó do JP. São quilômetros e quilômetros de estrada, com paisagens que se repetem até a exaustão. Ele logo que entra no carro, senta em seu cantinho, coloca o cinto de segurança (sempre a nosso pedido, claro); fica por ali, depois dorme; acorda; se deita; coloca os pés sobre as bagagens; se vira, coloca a cabeça entre os bancos dianteiros; volta a se deitar, se apoiando agora nas bagagens.
O travesseiro é mutante. Ele se transforma em bola de basquete, bola de futebol, taco de beisebol, fuzil, metralhadora, etc., etc., etc...
Se o JP encontrasse o gênio da lâmpada, com certeza pediria para que o carro se transformasse em avião para ele chegar em casa logo, se deitar na poltrona e assitir ao Ben 10.

SANTA INVEJA

Nós, aqui nessas lonjuras e o pessoal de Porto Velho a se fartar de shows. Primeiro a Rita Cadilac; depois DJ Maluco & Dejavu do Brasil...

Porto Velho não merece. Deve ser coisa dasuzina. (Foto Decom)

1 de jan de 2010

AI, AI

A Mar resolveu 'patrocinar' a pizza neste dia primeiro, já que ontem fomos nanar cedo, cansados, e nem vimos a indefectível "contagem da virada".
A pizzaria foi escolhida por um método pouco usual. A Mar pediu uma indicação ao pessoal do hotel. Um deles ligou para as casas do ramo. Ninguém atendia. Ele resmungou:
- Que vergonha, uma cidade turística e ninguém trabalha no feriado...
- ...
- Pode ser que esteja tudo lotado e ninguém pode atender ao telefone (riso forçado). Vou tentar mais uma... Epa! O telefone está ocupado, deve estar funcionando...
- Qual o endereço?
...
Estamos aqui e a cidade toda, também.
Os números das mesas foram distribuídos aleatoriamente, por isso o garçom anda entre elas procurando quem pediu. O dono da pizzaria grita pelos garçons: "A pizza da 24 está no balcão esfriando..." (lembrei do atendimento no "banho" Cachoeirinha, aí em Porto Velho). Vi também a pizza chegar antes dos pratos, ou a bebida antes dos copos.
O que salvou foi a pizza ser deliciosa e eu nem estava com fome, que é o melhor tempero de qualquer prato.
Na foto, o "sachê" de condimentos, também conhecido como "mela-mela". (Foto JCarlos)

CRUZES

Às margens das rodovias sempre são vistas cruzes em madeira ou ferro marcando o local onde alguém morreu vítima de acidente com veículos. Vi cruzes solitárias, em grupo - de um lado da rodovia quatro cruzes e de outro, uma; algumas bem trabalhadas, outras com coroas de flores; casinhas em alvenaria, com marcas de que foram queimadas velas.
Um grupo de quatro cruzes grandes e uma cruzinha bem pequena me chamou atenção. Mais adiante, também em Mato Grosso, uma enooorme, em madeira.
Falei para a Mar: - Será que foi um padre quem morreu aqui?
- E era um padre grande...

TUCANÊS

Na pequena e pacata cidade de Naveslândia (MT), um aviso à margem da BR-364: "Ondulações Transversais". Ficamos esperando a 'coisa' aparecer e nada mais era que o nosso antigo conhecido 'redutor de velocidade'.
Tucanaram o "quebra-molas".

BIG FRAUDE

Frustração. Este foi o nosso sentimento ao visitar o "Big Shopping", existente no bairro Eldorado, em Contagem (MG). As lojas não têm variedade de produtos e o atendimento é "daqueles" que eu gosto.
O oposto ocorreu com o "Itaú Power Shopping" e Wall Mart, que estão anexados um ao outro. O Itaú funciona na atinga fábrica de cimento do mesmo nome, que até, mais ou menos, o final da decáda de 1970, poluia tudo ao redor e provocou tanto protesto que a Prefeitura de Contagem determinou o fechameno da indústria.

ENFORCADOS



Quando entrávamos em Araxá, a Mar viu uma placa que indica atrativos turísticos, onde estava escrito "Árvore dos Enforcados". Ela só disse "Que será isso?" No Memorial Araxá, onde fomos nos informar sobre os pontos turísticos, o atendente forneceu um mapa e contou que na árvore foram executados os escravos que se rebelaram contra os seus senhores. A lenda conta que nas noites de vento frio, quem passa nas proximidades ouve o gemidos dos condenados.
Adaptando uma máxima muito conhecida:  "A corda sempre 'aperta' no lado mais fraco". (Foto JCarlos)

'ESPREMENTA!'


Na estrada, em São Pedro da Cipa (MT), este convite irresistível: "PÃO C/ LINGUIÇA ESPREMENTA, ESPREMENTA"
Claro que 'esprementamos' e gostamos. (A foto não saiu nítida porque tinha um caminhão atrás de mim e foi o que a Mar pode fazer)

NA GRUTA

Em Lagoa Santa, visitamos a Gruta da Lapinha. Esse lugar eu só conhecia pelos livros do meu curso primário. Nunca tinha ido ver as descobertas do Dr. Lund, o cientista que mudou a história da arqueologia e da paleontologias mundiais. Descobriu um monte de fósseis na região de Lagoa Santa, Cordisburgo, Sete Lagoas e etc. Está tudo na Dinamarca, quem quiser conferir, é ir lá.
A equipe do Banzeiros, num esforço de reportagem (tenho claustrofobia; imaginária, mas tenho) foi até a gruta (Fotos Mar e JCarlos)


Estalactites e estalagmites. De cima para baixo (hehehe)

Salão da catedral
Berçário dos morceguinhos.


Contribuição do JP para a Espelhologia: Ele enxergou nesta pedra "um cachorro ou lobo ou dinossauro, sei lá..."


Olha a pose, moleque doido...


Sem medo.


Dando pitaco na prosa da guia.