10 de jan de 2013

FALANDO FINO

Fico surpreso com o que é publicado na Imprensa caripuna. Segundo o redator, os medicamentos veterinários usados nos bois criados em confinamento na região de Vilhena, poderiam causar disfunção erétil aos homens que consumirem esta carne. Um "veterinário" não identificado foi ouvido, juntamente com produtores, um taxista e um médico, todos anônimos, cujas opiniões divergem.
Ao final, o autor esclarece que a mesma matéria foi realizada no passado, mas que "encontramos produtores muito conscientes das normas sanitárias para a ciração do animal". O que me leva a perguntar: Afinal a carne de boi tem ou não tem substância..., vamos dizer.., calmante?
Quando eu era criança pequena em Teófilo Otoni, um assunto parecido com este foi disseminado na cidade. segundo o boato, os homens que comessem carne de boi ficariam falando fino. Muito depois ouvi a mesma história tendo como "vítimas" os suínos e os frangos.

Nenhum comentário: