5 de jun de 2012

CARTÃO AMARELO

O padre Eduardo, da paróquia Nossa Senhora do Amparo, fazia sua prédica na benção das instalações da UTI Neonatal do HB. Fazia uma apologia entre o governador da Judéia, Herodes, que mandou matar Jesus junto com todas as crianças com menos de um ano (Lucas 2:14), com o governador Confúcio, que entregava uma obra para salvar recém-nascidos. Como a hora estava adiantada, o Cerimonial entregou ao padre um aviso que ele tinha que concluir em um minuto.
O sacerdote não gostou.

Nenhum comentário: