5 de set de 2014

PESAR

Fiquei triste com a notícia que li no G1 de que o Centro Despertar, em Guajará-Mirim poderá encerrar suas atividades. É uma pena. O Centro, mantido pela Igreja Católica, teve apoio por muitos anos do Senai e tinha como público alvo os adolescentes em situação de risco social.
Participei, quando trabalhava na Fiero, de vários eventos no Centro Despertar, seja com a enrega de equipamentos para os cursos profissionalizantes, seja em formatura de turmas.
É muito triste mesmo. Alguma instituição deveria interferir e impedir que o Centro encerre seu trabalho social.

Nenhum comentário: