27 de jun de 2013

MESMO REMÉDIO

Estou aguardando a reação dos representantes dos comerciantes que tiveram suas lojas saqueadas na noite de ontem por vândalos infiltrados na manifestação convocada pelo 'Dia do Basta'. Quando ainda existia Expovel, "cavalgadas" Carnaval Fora de Época e outras grandes manifestações populares, sempre aparecia alguém do Ministério Público para impor exigências que "garantiriam" a segurança dos participantes e que quase inviabilizavam os eventos.
Deveria ter sido feito a mesma coisa para as manifestações de rua. As lideranças dos movimentos ou aqueles que fazem a convocação através do Facebook, do Twitter ou de outra rede social, deveriam ter sido chamados e avisados que seriam responsabilizados por qualquer dano aos bens públicos ou  particulares que decorressem em razão das manifestações, mesmo que fossem provocadas por baderneiros infiltrados.
Quem vai pagar os prejuízos das lojas e das lixeiras quebradas nas vias públicas, além dos outros prejuízos do passado? (Foto Eliênio Nascimento / Ag. Imagem News)

Nenhum comentário: