29 de jun de 2013

NOSSA 'ARENA'

Arena (Imagem puramente ilustrativa)
O conceito de "Arena" ficou famoso mundialmente nas grandes competições, onde os antigos estádios eram destinados somente à prática de futebol ou de esportes atléticos. Com a mercantilização dos esportes (no bom sentido, se tiver), tudo passou a ser um grande negócio. O exemplo mais acabado é a Fórmula 1. Tudo é comercializado. Na Copa das Confederações e Copa do Mundo, primeiro o patrocinador, depois o governo local e, se tiverem paciência, a população.
O Maracanã, por exemplo, ou "Arena Maracanã" foi licitado e concedido a um consórcio de empresas que vai gerenciá-lo, nas modernas normas de governança e, claro, lucro. "Empresário quer ganhar dinheiro", já me disse alguém. Nos outros 'ex'tádios que receberão a Copa de 2014, não será diferente. Tudo feito na planilha.
Mas o comentário mesmo, é sobre a reabertura provisória do Estádio "Aluízio Ferreira", o Aluizão", em Porto Velho. Interditado há um ano e três meses, e sem condições há muito mais tempo, o Corpo de Bombeiros resolveu suspender, parcialmente, a interdição, liberando o local para o jogo Genus x Nacional do Amazonas, no dia 7 de julho, próximo domingo, pela quarta divisão do Campeonato Brasileiro (série D). A restrição fica apenas para a quantidade de público que será permitida entrar no estádio, que são 700 torcedores. Vai sobrar espaço seguro.
Quem ganha um dedo quer a mão, o Genus já se movimenta novamente. Agora, quer a liberação da "arena" para jogos do Sub-20.
Sem maiores informações, pelo que sei, a única obra realizada ate o momento foi a demolição e reconstrução do muro da avenida Farquhar. Os outros problemas continuam lá, do mesmo jeitim que estavam antes. (Foto Loucurasdecarol.Blogsport)
Atualização: A grama está sendo aparada. Estava tão alta, que suspeitam da presença de uma cobra no local.

Nenhum comentário: