17 de mai de 2014

TÚNEL DO TEMPO


O amigo Ricardo Ferreira chegou na minha sala com um livrinho nas mãos:
- Sá olha o que eu achei... É de Porto Velho, um guia comercial da época que você chegou aqui...
- É de 84/85, pouco antes de eu chegar. Pode me emprestar?
Trouxe para casa e comecei a folhear lentamente. É uma espécie de guia comercial, com anúncios de vários setores do comércio. Algumas destas empresas já desapareceram. Poucas permanecem até hoje, como o restaurante "Caravela do Madeira", "Ótica Cabeça Branca" e a Rádio Rondônia".
O "Roteiro de Porto Velho" tem apresentação do jornalista Ciro Pinheiro, então coordenador de Divulgação, Promoção e Turismo da Prefeitura, que tinha como administrador o engenheiro Sebastião Valadares. Além dos aspectos históricos, (a (in)explicação  sobre a origem do nome da cidade, com direito ao "Velho Pimentel" e esposa !!), pontos turísticos - Madeira-Mamoré; cachoeiras de Santo Antônio, Teotônio e Samuel; Caixas d'Água. balneários (alguns não conheço pelos nomes que tinham. Onde é Copacabana?) e os "museus" da Madeira-Mamoré e Marechal Rondon, além das festas folclóricas e o artesanato.
Há trinta anos tínhamos os cinemas Lacerda 'Cinerama', Resky e Brasil; os clubes Botafogo, Ferroviário, Ypiranga, dos Oficiais do 5º BEC e dos Sub-tenentes e sargentos, também do 5º BEC. Teatros do SESC e o Municipal.
Na Imprensa, pontuavam as rádios Rondônia, Parecis, Eldorado e Caiari; Tvs Rondônia e Nacional; jornais impressos Alto Madeira, O Estadão, A Tribuna e O Guaporé.
Há também um guia de ruas e as confusões de sempre: "Abunã, r. Ver R. Joaquim Araújo Lima", "Kennedy - Pres. Av. Vide Av. Jorge Teixeira de Oliveira" (o nome havia sido trocado recentemente e não tinha "pegado" ainda), "Costa e Silva - Pres. Av. Também BR-319" (muito antes da "federalização").
Bom, foi boa a viagem, revi a cidade que conheci em 1986 e que venho descobrindo desde então. Mais uma vez, obrigado, Ricardo!

Nenhum comentário: