4 de abr de 2012

BRINCADEIRAS DA MORTE

Com medo de ser assaltado, Fernando comprou um revólver, registrou e requereu o porte de arma. Tomava aulas de caratê às terças, quintas e sábados. Um mês depois, ao atravessar uma rua, foi atropelado por um motorista que fugiu do local.
Fernando morreu a caminho do hospital.

Outros mini contos:
Jornalista é jornalista 24 horas por dia
Equívoco
Sorte
Curioso
Sem explicação

Nenhum comentário: