27 de abr de 2012

PASSOU BATIDO

Só na madrugada de hoje, lendo no Twitter as bravatas do conterrâneo Aécio Neves (veja no espaço de comentários), que lembrei-me do aniversário de morte do Tancredo Neves, dia 21 de abril. Naquele dia, falei de Tiradentes, falei de Brasília e esqueci do velhinho, que morreu em 1985.
Mesmo não tendo assumido a presidência da República um dia sequer, Tancredo contribuiu com as mudanças que estamos vivendo no Brasil até hoje. Podem dizer que ele fez conchavos com os militares, que tinha o imortal José Sarney como vice, etc. Nada disso vai reduzir a importância histórica dele.
Há dias, arrumando os arquivos, encontrei a cópia de uma moção de aplauso da Câmara Municipal de Belo Horizonte à equipe de Jornalismo da Rádio Guarani - da qual eu fazia parte -, pela cobertura da paixão e morte de Tancredo Neves.

Um comentário:

José Carlos Sá disse...

UOL Notícias ‏ @UOLNoticias
Aécio: mesmo prefeito, Serra pode disputar Planalto em 2014 http://uol.com/btctyZ
Aécio: CPI precisa de transparência total http://uol.com/bsctlV L
Dilma é nota 5 e não tem a coragem de Tancredo, diz Aécio http://uol.com/bqcttG
Prévias do PSDB podem ocorrer em 2013, diz Aécio http://uol.com/bcctGk
Aécio se diz ser preparado para disputar Presidência http://uol.com/btctzf
Imprensa fez faxina, não Dilma, afirma Aécio Neves http://uol.com/blctJZ
Aécio diz que indicou prima de Cachoeira por qualificação http://uol.com/bwctKM
Probabilidade maior é Demóstenes ser cassado, diz Aécio http://uol.com/bncty5