23 de abr de 2012

PAI DA CHUVA

O folclórico comerciante Tuíte, que tem um mercado na rua Rafael Vaz e Silva com Padre Augustinho, no bairro Liberdade, está sempre ligado nas coisas da política local.
A um freguês, seu Tuíte fez a seguinte observação:
- Olha, se eu fosse o Roberto [Roberto Sobrinho, prefeito de Porto Velho], eu ia para o Nordeste, para o Ceará...
- Por que?
- Se o problema do  prefeito é atrair chuva, no Ceará não chove. Aí o Roberto levava chuva para lá. Ninguém ia reclamar de buracos nas ruas. Tendo chuva, 'tava resolvido!
Taí, uma sugestão.

Nenhum comentário: