17 de set de 2012

TENHAM DÓ

Hoje, os coleguinhas assessores estão caprichando nos rilisis. O Decom anuncia a I Conferência de Desenvolvimento Regional e abre o texto com a palavra "territorialização". É mole? Não, porque tem mais. Já a Assessoria da Polícia Civil envia informações sobre o início do curso básico de armamento e tiro. Vou me ater ao estilo.
Para não repetir o nome do evento, desenterram das profundezas o termo: "o treinamento em tela". Tem mais:  "com efeito", "muito gentilmente", além do "apoio irrestrito", citando ainda os nomes completos de cada autoridade, antecedidos do indefectível "Dr.".
E para fechar, uma declaração de amor ao chefe: "Vale salientar que nunca houve na história da Polícia Civil de Rondônia treinamento de tal magnitude, o qual só foi possível em razão do apoio do secretário de Segurança Pública, Dr. Marcelo Nascimento de Bessa".

Atualizando: Ainda teve um rilisi da PM de alto (auto) interesse jornalístico: "(...) sob a presidência do coronel PM Cesar, teremos duas trocas de chefia na Polícia Militar. Uma do tenente coronel PM Machado para o major PM Aurélio, no SEASSO. A outra no mesmo local, do chefe do CI do major PM Aurélio ao major PM Jardel (...)".
Aliás, não precisa explicar. SEASSO e CI todo mundo sabe o que é. A minha referência sobre esta entidade é "aquela" bandeira hasteada de ponta cabeça. E a referência à sigla "PM" após o posto dos oficiais é para não confundir com outras corporações.

Nenhum comentário: