11 de set de 2012

ASSIM É FÁCIL

Ontem, 10 de setembro, foi comemorado o Dia Nacional da Imprensa. A data foi escolhida em comemoração ao início da circulação da Gazeta do Rio de Janeiro, em 10 de setembro de 1808. No programa "Papo de Redação" na Rádio Parecis, o jornalista Sérgio Pires disse que o jornalismo impresso está com os dias contados. Concordo em parte. Muitas pessoas - eu entre elas - ainda gosta de manusear o jornal, ler tudo, comparar a edição de um veículo com outro, ver a abordagem que cada editor deu para o mesmo fato, além de uma garimpagem nos classificados, em busca do exótico. Mas há dias que toda esta sede compulsiva de informação fica sem ser saciada. Hoje, por exemplo. Na capa do Estadão do Norte, no alto da página, a chamada "Mais de 150 kg de ouro são extraídos por mês". Fiquei interessado, pois havia lido algo semelhante na semana passada e queria mais informações.
Ao ler o texto, na página seis, encontrei muitas "semelhanças" com aquele que eu tinha lido anteriormente.
Assim, os impressos não farão falta. Lamento.

Nenhum comentário: