28 de out de 2012

HABEMUS PRÆFACTUS

A eleição acabou, começam a se desmontar os palanques - sei que é demorado, mas uma hora eles têm que ser desmontados - e a vida deve continuar. Venceu Mauro Nazif, um resultado que já era apontado pelas sondagens realizadas pelo grupo que apoiava a candidatura. Esses cálculos apontavam uma vitória de 70% a 30% sobre o adversário, prognóstico que se aproximou do resultado real (63,03% a 36,97%).
Durante a campanha o candidato iniciava suas promessas, digo, seus compromissos com a frase: "No primeiro dia da minha administração vou fazer isso, vou fazer aquilo". Após a proclamação do resultado, o discurso ficou mais adequado: vai dar prioridade ao combate às alagações.
Outra declaração feita pelo dr. Mauro Nazif no calor da hora, foi que a administração dele não foi loteada, e que não deve nada aos partidos/grupo que o apoiaram.
Permitam-me o direito da dúvida. Veremos isso na posse, em janeiro.

Nenhum comentário: