28 de out de 2012

MEDO DE MUDAR

O mote "mudança" deu o tom das eleições 2012 em Porto Velho e em praticamente todo Brasil. Houve quem apostasse no novo (às vezes nem tão novo assim, só recauchutado), e quem se apegasse ao modelo "antigo", a àqueles que pregavam o café-com-leite, o arroz-com-feijão ou o papai-com-mamãe.
Foi o caso da conservadora Porto Velho. Não se pode dizer que Mauro Nazif é o novo; muito menos Lindomar Garçon. Ambos fazem parte de uma geração de políticos forjados à maneira tradicional. Havia outros, mas foram estes dois quem chegaram ao segundo turno.
Pessoalmente não tenho nenhuma expectativa. Quero que o dr. Mauro faça um bom governo e que não seja "tentado" a renunciar antes do final do mandato para concorrer a outro cargo público.
Amém.

Nenhum comentário: