29 de dez de 2014

DE REPENTE, FAMOSO

A Mar chamou a minha atenção - ainda na segunda semana de dezembro - para a história do ajudante de pedreiro Leandro Berg, de Porto Velho, que a quase futura sogra botou para correr quando foi pedir a mão da filha em namoro. O cara fez uma música sobre o fato, um amigo dele gravou e colocou no You Tube. Resultado: Sucesso instantâneo.

 Em matéria publicada sábado, 27, o saite "Alerta Rondônia", que eu não conhecia, foi mostrado o retorno do, agora famoso, Léo Nascimento à terra natal, com direito a tietagem dos novos fãs.

No distrito de Triunfo (Candeias do Jamari), onde foi rever amigos, Léo Nascimento desfilou em carro aberto (em camburão não pegava bem) da Polícia Militar. Isso é que prestígio! Como dizia o Vinícius de Moraes, no "Soneto da Fidelidade", e que se aplica muito bem para esta ocasião: "Que não seja imortal, posto que é chama. Mas que seja infinito enquanto dure". É o que desejo. (Ilustras: Reprodução UOL/You Tube e Alerta Rondônia)

Nenhum comentário: