9 de abr de 2015

HOJE QUASE IGUAL A ONTEM

Em menos de um mês será comemorado o sesquicentenário de nascimento do Marechal Cândido Mariano Rondon, personagem de inegável valor e que nos deixou um legado de ações, na minha opinião, ainda não superado.

Ao ser ver as tecnologias existentes hoje, torna difícil o simples ato de pensar como a Comissão Rondon conseguiu cumprir a missão dada a ela de instalar uma rede de comunicação, através do telégrafo, entre o Rio de Janeiro - então capital da República - e Santo Antônio do Alto Madeira, logo ali.

O itinerário cumprido pela Comissão do Telégrafo seguiu o divisor de águas, de uma forma tão perfeita, que dezenas de anos depois os engenheiros traçaram a BR-364 quase que 100% sobre o caminho aberto pelos homens de Rondon. Eles contavam com teodolitos, trenas, astrolábios facões, foices...

Hoje, passando pela rua Senador Álvaro Maia, entre Marechal Deodoro e Júlio de Castilho, vi um grupo de funcionários que trabalhava na marcação para posterior pintura da sinalização horizontal de trânsito. Em homenagem à Rondon, usavam um barbante com um pedaço de cabo de vassoura amarrado na ponta para fazer o traçado.

Amplie para ver o detalhe (Fotos JCarlos)

Nenhum comentário: