3 de abr de 2015

TOMARA QUE 'PEGUE'


O deputado Alceu Moreira do PMDB gaúcho apresentou projeto de lei (PL 104/2015) que proíbe o uso de aparelhos eletrônicos portáteis - como celulares e tablets - nas salas de aula da educação básica e superior de todo o país. Em 2007, outro deputado gaúcho apresentou proposta semelhante proibindo apenas o uso de celulares em sala de aula, mas foi arquivado no final da legislatura passada. O projeto admite o uso de aparelho que estejam integradas às atividades pedagógicas, com a devida autorização do professor.

(Ilustra G1.Globo e Internet)

Atualmente as experiências dos professores é a pior possível. Eles têm que concorrer com o WhatsApp, Facebook e não sei mais o quê. E ai do professor que mande o aluno desligar o aparelho! Para dar exemplos de casa, a Mar só chama atenção dos alunos dela se a conversação perturbar a aula. Já o JP  ouvia música em sala de aula, pois o professor não fora, mesmo assim foi parar na diretoria.

Pessoalmente acho que esse projeto de lei, mesmo se aprovado, vai para a vala comum das boas intenções. Será lei, mas ninguém cumprirá. Aliás, por muito menos, vemos comumente professores apanhando de alunos, com as cenas sendo filmadas com celulares...

Nenhum comentário: