7 de jan de 2015

ASUZINA E O (DES)EMPREGO

A matéria da TV Rondônia era para mostrar que aumentou o índice de desemprego na capital por causa da desaceleração das obras dasuzina e que as pessoas estão dormindo na fila, em frente ao prédio do SINE estadual, no centro de Porto Velho, procurando trabalho.

Os candidatos foram em busca de vagas para trabalhar na UHE Tabajara, em Machadinho do Oeste, mas estes postos ainda não foram disponibilizados, informou o gerente do SINE estadual. Não sei nem se o empreendimento já foi licenciado.
Violeta diz que egressos dasuzina foram embora ou abriram negócios próprios
(Reprodução TVRO/JCarlos)
Na reportagem, uma das entrevistadas é a chefe da seção de Políticas Públicas, Trabalho, Emprego e Renda do Ministério do Trabalho, Violeta Sales de Moraes. A repórter faz a introdução: "a desaceleração das obras nas usinas colabora, em grande parte, com a queda da oferta de trabalho".

Violeta confirma e acrescenta (depois confira no vídeo. O linque está lá em cima): "Desaqueceu as usinas e então todo esse povo que veio para cá, para trabalhar, receberam suas rescisões de contrato, as homologações, e voltaram para seus Estados. Uns ficaram e com suas rescisões montaram seus negócios próprios, e outros resolveram trabalhar informalmente aqui, com os recursos que receberam.

O material daria para desdobrar em três novas matérias...

Nenhum comentário: