23 de jan de 2015

PAULO COELHO E O ESPAÇO ALTERNATIVO

Sou daqueles que diz "não li e não gostei". Abri uma exceção para um livro do Paulo Coelho, por razões fora deste contexto. Pois bem, atribuem ao autor a tal da frase que diz: "o universo conspira" e é sobre isso que vou escrever.
"Sonho de Ícaro" (Ilustra Decom)

As obras do Espaço Alternativo, iniciadas há um ano, já começaram com suspeitas de licitação dirigida, depois vieram outras como superfaturamento, crime ambiental, falta de licenciamento municipal, falta de "aviso" à Infraero e à Aeronáutica (!), para citar alguns. Isso tudo resultou na "Operação Plateias", onde até um constrangido governador Confúcio Moura foi conduzido "coercitivamente" à delegacia da Polícia Federal.

As obras do "Novo" Espaço Alternativo foram suspensas quando faltava bem pouco para serem concluídas. Como em outras ações de suspensão de obras com vestígios de problemas, nesta também a paralisação causa  tanto prejuízo quanto os desvios que podem ter ocorrido.

Nos últimos dias tenho visto vários fatos se sucederem, quase que simultaneamente, mostrando um novo rumo para o assunto. Vamos lá:

1 - Dia 20, o secretário da SEMA, Edjales Brito, disse que aguarda a documentação do Estado para a liberação da licença ambiental das obras do Espaço Alternativo;

2 - Dia 21, o governador Confúcio Moura, no Blog do Confúcio, relata ter observado em sua caminhada no Espaço Alternativo, que mesmo em obras, o local continua sendo utilizado por todos e afirma: "Em breve concluiremos esta obra maravilhosa";

3 - Ontem, em uma reunião no Tribunal de Contas entre conselheiros e técnicos com representantes do Ministério Público Estadual, liderados pelo Procurador-Geral, Héverton Aguiar, foi discutida a busca de soluções para que o Governo do Estado adote e possa concluir as obras do Espaço Alternativo.

Dizem que coincidências não existem, então, neste caso, tenho que concordar com Paulo Coelho. Está havendo uma (boa) conspiração e agora vai. 

Nenhum comentário: