4 de mar de 2015

SELFIERROU

Caros leitores, em primeiro lugar perdão pelo trocadilho sofrível. A história é a seguinte: O Samu foi chamado para atender um homem que foi ferido em uma briga. Deixo o Cléris Muniz, parceiro do brogue, contar como foi:

"Pérolas do trabalho noturno. Às três horas da manhã, o sujeito leva um samba de pau, fica com o rosto desfigurado, perde sangue, mas não perde tempo e faz uma selfie para o Face" (Foto Cléris Muniz)

Nenhum comentário: