27 de mai de 2015

HEIN?

Ainda abalado com a notícia da morte do Sérgio Mello, fiquei lendo as mensagens de pesar emitidas por amigos, autoridades e entidades. Por hábito profissional e ranzinzice pessoal foi impossível não notar que alguns textos começam na terceira pessoa, passam para a primeira e voltam, no final, para a terceira novamente. Outros fazem uma salada de colagens e ficam sem sentido. Mas a mensagem que achei mais estranha foi a do Sebrae:


Nenhum comentário: