20 de mai de 2015

E DAÍ?

Desde segunda-feira a Imprensa tupiniquim e a caripuna repetem que um avião teco-teco foi interceptado pela FAB no espaço aéreo cearense, quando aterrissava com um carregamento de cocaína. Todo mundo repetiu, também, que a aeronave pertence a uma empresa de Rondônia.

Mas ninguém foi atrás dessa empresa para esclarecer o assunto. O que está havendo com a Imprensa? Só dá furo quando há vazamento? Cadê os repórteres investigativos?

Nenhum comentário: