8 de mai de 2015

PRAGA DE VICE?

E esta operação policial em Cacoal, hein? Parece praga do vice Arcelino Marcon. Lembram?
Mais comentários à tarde.

Atualizando: Agora está explicado a razão porque a Câmara Municipal de Cacoal optou por arquivar o relatório da CPI para cassar o prefeito padre Franco (PT). Quem deve ter ficado com a alma enxaguada foi a vereadora Maria Simões, que mesmo agindo contra a orientação do PT, continua fazendo oposição à administração da cidade.

Nesse rolo todo emerge, mais uma vez, a chefe de gabinete do prefeito. A pessoa que estava na origem e no fim da CPI malograda e que ainda recebeu, em sua homenagem (e não de Roberto Carlos), o batismo da operação policial denominada "Detalhe". Conta a história que nas conversas telefônicas grampeadas, a chefe de gabinete "referiu-se ao povo de Cacoal como mero detalhe".

Será que tudo vai acabar em pizza como há um mês, na já referida CPI natimorta?

Nenhum comentário: