10 de mar de 2015

QUE NOVIDADE!!!

Os coleguinhas da Imprensa tupiniquim ficaram escandalizados quando tiveram acesso aos depoimentos da delação premiada do ex-diretor da Petrobrás Paulo Roberto Costa, que contou ter tido acesso a um aparelho celular na carceragem, tendo usado o telefone para conversar com a família.

Outras coisas que os jornalistas da editoria de política não  sabiam que pudesse acontecer ou "imaginavam" que existisse e ficaram sabendo: Outro preso (Alberto Youssef) encomendou comida de restaurante, pagando com dinheiro em espécie e "ajudou" um asilo onde um dos carcereiros trabalha como voluntário.

Em que mundo estes repórteres vivem? 

Nenhum comentário: