11 de fev de 2015

QUEM MANDA NO PT-RO?

O presidente da Executiva Estadual é que não é.

Banzeiros acompanhou a indicação de nomes para ocupar dois cargos no 1° escalão do governo confuciano. Foram quatro indicados, ou sugeridos: o vereador Sid Orleans (PT-Porto Velho) e o ex-vereador de Rolim de Moura Márcio Matheus; os outros dois, a vereadora Val do PT, de Campo Novo e o ex-prefeito de Buritis, José Alfredo Volpi, que foi derrotado na eleição para deputado estadual (8.541 votos ou 1,04%).

Os dois primeiros nomes, do vereador Sid e do ex-vereador Márcio, foram "tirados" em uma assembleia da Executiva Estadual, convocada para este fim após duas semanas de discussões. À "plenária" teriam acorrido cerca de 100 militantes, que os aclamaram aos "gritos e aplausos" os nomes a ser indicados.

No sentido horário: Val, Volpi e posse (Fotos Daiane Mendonça/Decom)

Mas, calados e sem fazer barulho, atalharam os deputados Ribamar Araújo e Lazinho da Fetagro (PT), levando ao governador Confúcio Moura outros nomes para os mesmos cargos. Foram indicados e empossados na tarde de hoje a vereadora Val do PT, como titular da SEAS e Alfredo Volpi, na Idaron.

Não adianta, gente. Cada político vale pelo mandato que tem, já comentei sobre isso aqui. Na balança do custo-benefício, dois deputados estaduais com mandato tem mais peso que um ex-deputado federal. A regra é assim, ou alguém acha que o governador Confúcio Moura iria colocar em risco o plano de governança dele para os próximos quatro anos?

Lamento pelo vereador Sid Orleans ter sido ingênuo.

Sobre este assunto, aqui, aqui e aqui.

2 comentários:

Anônimo disse...

Altas conspirações, companheiros...

Anônimo disse...

É Padre Tom, lembra quando a nacional determinou a coligação com o PMDB e o senhor todo orgulhoso não aceitou, agoraé hora de sair de cena e deixar os deputados trabalhar.