3 de fev de 2015

FAZENDO A COISA CERTA

Réguas em Fortaleza do Abunã e na antiga cachoeira do Jirau
(Arquivo JCarlos)

O sub-comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Sílvio Luiz Rodrigues, é quem deu a dica: Não adianta ficar vigiando as réguas telemétricas apenas, para saber se o rio Madeira, e outros rios, estão enchendo ou vazando. O coronel Sílvio lembra que mais importante é observar a vazão do rio e de seus formadores. 

O assoreamento interferindo na leitura das réguas, prejudica toda a estratégia...

Nenhum comentário: