5 de fev de 2015

SONHAR NÃO CUSTA NADA

Até fiquei animado quando vi a iniciativa do vereador Everaldo Fogaça, que foi a Brasília acompanhar as posses de deputados federais e senadores, e aproveitou para buscar compromissos dos parlamentares a participarem de uma audiência pública, que o então suplente de vereador convocaria assim que reassumisse uma cadeira na Câmara Municipal, para discutir o "futuro" dos "viadutos das almas"

Tão logo foi empossado, Fogaça apresentou a proposta de audiência pública que foi aprovada. No entanto, o vereador Cláudio da Padaria resolveu dar "mais vigor" à audiência pública e incluiu nas discussões o tema "duplicação da BR-364", mesmo não sendo deputado estadual, federal ou senador. A possível presença de um técnico do DNIT na audiência não justifica a proposta.

A BR-364, como o vereador sabe, é federal. O trecho que atravessa o município de Porto Velho tem menos de 400 quilômetros, dos quais 28 já foram duplicados, restando aproximadamente 372 quilômetros. Para acontecer a obra é preciso que a bancada federal coloque uma emenda substancial ao orçamento do DNIT para o projeto básico, depois para o projeto executivo e, finalmente, para a obra.

Ou seja, não basta discutir e não é para amanhã. Mas, sonhar não custa nada, já imaginava Marcelino Pão & Vinho...

Nenhum comentário: